Veja, aqui, a íntegra da decisão do CNJ que inocentou Moro, Favretto e Gebran Neto

Favretto, Moro e Gebran.

No link a seguir, o leitor poderá examinar a íntegra da decisão do Conselho Nacional de Justiça, que resultou na improcedência das representações feitas contra os desembargadores Rogério Favretto e Gebran Neto, como também contra o juiz Sérgio Moro, tudo no âmbito do atrapalhado episódio da abortada libertação do preso por corrupção e lavagem de dinheiro Lula da Silva.

O CNJ concluiu que todos são inocentes.

É uma peça arcaica, mas vale a pena ler para entender os malabarismos do CNJ no exame das representações que recebe.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

10 comentários:

Anônimo disse...

Alguem esperava outra coisa?

Anônimo disse...

Favretto inocente e o povo brasileiro, que paga os nababescos salários dos membros do CNJ, feito de palhaço!

Carlos Edison Domingues disse...

POLÍBIO ! Bom dia. Pragmática a decisão do CNJ: o Fravetto ganhou por 1 a 2. Carlos Edison Domingues

Anônimo disse...

Para não aplicarem a lei incluiram 2 inocentes para não punir o ato ideológico ,pseudo jurídico de Favreto que estava claramente articulado com políticos para beneficiar um criminoso. Como se chama mesmo este tipo de articulação?

Anônimo disse...


Bem, pelo menos agora conhecemos o desembargador do PT-RS.

Anônimo disse...

O corporativismo na magistratura é visível há longo tempo. O CNJ mostrou quem é em uma de suas primeiras deliberações, quando decidiu que os magistrados estaduais perceberiam o que fosse por ela determinado, de modo que os governos estaduais nada poderiam discordar.

Cris disse...

Favreto ser absolvido foi um grande erro...
Inaceitável !!!
Quem confiará em qualquer decisão que sair de suas mãos?
Você gostaria de ter um processo que definiria rumos de sua vida ou negócios em mãos tão abaixo da postura mínima exigida de um juiz????
Perde a justiça como um todo e ele tornasse o boi corneta do TRF4 ...
A piada viva circulando por aqueles corredores...
Vai poder conversar só com a senhora do cafezinho... e isto quando ninguém estiver olhando...
Um zumbi !!!
Pode ter sido absolvido por seus "iguais" mas a população inteira deste país e seus colegas honrados não o absolverão jamais...

Elis Regina disse...

Quá-quá-rá-qua-qua.

Anônimo disse...

NIVELARAM TUDO POR BAIXO, COMO SEMPRE! O FAVARETO DEVERIA ESTAR PRESO E SEM CARGO. OS DEMAIS NEM DEVERIAM TER SOFRIFO PROCESSO! ESSE CNJ É UM MONSTRO COLOCADO PELO PT E SEUS COMUNAS, PARA CONTROLAR E AMORDAÇAR A JUSTIÇA! É UM ELEFANTE BRANCO! TEM QUE EXTINGUIR ESSA COISA!

FAÇANHA, o ADVOGADO do POVO. disse...

Malabarismos cerebrinos, ardís sofismáticos, são comuns nos arrazoados processuais.