Começa processo de introdução de GPS na frota de táxis de Porto Alegre

Todos os táxis de Porto Alegre serão obrigados a se equipar com GPS.

E a prefeitura poderá rastreá-los.

A lei é municipal e está em vigor.

A prefeitura abriu edital para pedir credenciamento de fornecedores. Só eles poderão vender os dispositivos para os taxistas.

3 comentários:

Anônimo disse...

A prefeitura abriu edital para pedir credenciamento de fornecedores. Só eles poderão vender os dispositivos para os taxistas.

POA cada vez mais parecida com a China ou Cuba...

a lei é um mimo do controle estatal: todos serão OBRIGADOS a usar GPS e somente DETERMINADOS fornecedores é que poderão lucrar...

é a famosa junção da fome com a vontade de comer...

lembram do kit de emergência obrigatório?

venderam horrores daquilo e depois disseram que não seria mais preciso...

quem sera que vai fornecer os aparelhinhos e o serviço de rastreamento, hein?

Anônimo disse...

Quando falou em "credenciamento", perdeu credibilidade. Por quê? Os taxistas só poderão comprar o equipamento nessa empresa? É mais uma mamata imposta ao povo?

Anônimo disse...

Ok, ótimo. Mas Uber pode funcionar de qualquer jeito? Sem qualquer fiscalização?