STF manda arquivar outro inquérito aberto contra Eliseu Padilha

O STF  determinou, ontem,  o arquivamento do inquérito que investiga o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, por suposta prática dos crimes de prevaricação ou advocacia administrativa. 

O inquérito  que investigava Padilha foi instaurado no início de outubro para apurar tratativas com a possível participação do ministro para a pactuação de acordo extrajudicial celebrado com dirigentes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para desapropriação do imóvel rural "Fazenda Estreito Ponte de Pedra" localizada nos municípios de Paraúna e Rio Verde (GO), com prejuízo ao erário. Um mês depois de pedir a abertura do inquérito para investigar o ministro-chefe da Casa Civil, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, solicitou ao ministro-relator Luiz Fux o arquivamento do caso no início desta semana.

Em seu parecer, a chefe do Ministério Público Federal diz que houve prescrição da pretensão punitiva estatal devido à idade do ministro. 

3 comentários:

Mordaz disse...

Hipocrisia. Para continuar a delinquir ele tem idade, para pagar pelos crimes não tem.

Anônimo disse...

SE NÃO É FILIADO AO PT ESTA BLINDADO!!!!

Anônimo disse...

Puxa, é só de um partido que os processos vão até o fim.

É uma safadeza só.