Veja replica delação de Palocci:"Kadafi deu US$ 1 milhão para o PT eleger Lula"

A delação de Palocci reforça as denúncias de que Lula é traidor da Pátria.

A capa da revista Veja deste fim de semana, que já circula em São Paulo, replica delação inédita feita ao MPF pelo ex-ministro e ex-líder petista Antonio Palocci:

- O PT recebeu US$ 1 milhão do ditador líbio Muamar Kadafi, morto em 2011, para a campanha de Lula em 2002.

Veja, em reportagem de capa, mostra foto de Lula com Kadafi. 

Kadafi, como se sabe, foi justiçado pelo próprio povo que roubou e oprimiu.

"A bomba de Palocci", diz Veja. 

É mais uma delação que terá que resultar inevitavelmente na proscrição do PT e na prisão de Lula.

Palocci, segundo a revista, prometeu contar a história no acordo de delação premiada que está negociando.

A lei eleitoral proíbe dinheiro de “procedência estrangeira”, o que pode levar à cassação do registro do partido.

67 comentários:

Anônimo disse...

LULA TRAIDOR DA PATRIA

CRIME LESA PATRIA

JA ERA HORA, JA PASSAVA DA HORA

LULA,O DEMONIO METAMORFOSEADO EM JARARACA,JÁ ESTAVA QUERENDO BOTAR MORO COMO CULPADO

OUSADIA E CARA DE PAU NÃO LHE FALTAM

CADEIA JÁ, COMO CRISTINA NA ARGENTINA JA NA GAIOLA.

PT EXTINTO

Anônimo disse...

O " mais honesto " dos CONDENADOS é , na verdade, um ladrão internacional com passagens em mais de 30 países.!

Anônimo disse...

Quem vai devolver esse dinheiro para o POVO Libio se a procedência também é de roubo !!

Se o dinheiro da Petrobras roubado foi devolvido pelos gatunos, o da Líbia também deve ser devolvido !!

Anônimo disse...

O " mais honesto " dos CONDENADOS é , na verdade, um ladrão internacional com passagens em mais de 30 países.!
Incrível é que ele continua solto, fazendo campanha eleitoral antecipada , ilegal, e afrontando a Justiça .!!!

ganhatudo disse...

Um povo que não respeita sua pátria é capaz de nem ligar para esse tipo de coisa. Vai achar que é só um detalhe.
Querem ver que é capaz de na próxima pesquisa ele ter mais intenções de voto, apesar dessa delação.
E quem acompanha a evolução do PT não tem motivos para duvidar do que delata o Palocci.
E não foi só isso. Como eles receberam dinheiro de outras pátrias, fizeram o mesmo, dando dinheiro para os seus amigos do Foro de São Paulo.
Ou seja, são duplamente traidores.

Anônimo disse...

Qual será a desculpa desta vez? O lula é que precisa ser proscrito!

Anônimo disse...

E sobre a Globo nada? Aliança entre procuradores e Globo fica cada dia mais evidente.

Anônimo disse...

O MPF deverá exigir PROVA dessa acusação! Obviamente, Palocci não a tem!!

Entendam, o valor desse tipo de "acusação" é juridicamente ZERO, quando não acompanhada pela PROVA documental!!

Anônimo disse...

>>

Andei lendo por ai que a delação de Palocci empacou porque o delator não está conseguindo provar com consistencia suficiente o que ele delata.

Dizer que o Kadafi mandou dinheiro pro PT é uma coisa. Provar é outra bem diferente.

Na realidade, como naquela época o PT ainda não tinha a chave do cofre e nem a Petrobrás para roubar e se financiar, não foi apenas o Kadafi que ajudou na campanha de 2002: Hugo Chaves e os Castros também mandaram dinheiro para Lula e o PT, mas há que se provar e isso é muito dificil.

<<

livio disse...

Se o pt não for banido após essa denúncia ser comprovada, não sei mais o que pode servir de motivo para isso.

Anônimo disse...

Para quem ainda não entendeu que a aliança esquerdo-islâmica já está entre nós...

Anônimo disse...

Não demora vai aparecer, aqui, mais uma masoquista GALINHA PETISTA ANÔNIMA a defender o indefensável, usando de todas as mentiras possíveis para defender, insanamente, o MULA, a DILMANDIOCA e seus asseclas.

Como se sabe, a GALINHA é um animal - com um microcérebro!!! - que adora tomar no fiofó para sair feliz cantando, ou seja, o protótipo perfeito de um PETISTA, cuspido e cagado, sem tirar nem pôr.

É por isso que, aqui, comparecem as GALINHAS PETISTAS, pois estão todas - totalmente desnorteadas e histéricas - a cacarejar tresloucadas os seus infortúnios, pois sabem que o seu galINÁCIO não vai mais poder satisfazer o masoquismo inerente delas, e sim será a vez dele de servir de NOIVINHA permanente para os tarados do presídio, para onde será mandado.

Anônimo disse...

A HORA DA VERDADE

SE DEPOIS DISSO DEIXAREM LULA SOLTO E O PT LIVRE

É HORA DE IR EMBORA DO PAÍS

MAS NÃO IREMOS EMBORA

LULA É QUE IRA PRESO

Anônimo disse...

Analistas confirmam denúncia de Tacla Duran contra Moro e dizem que juiz falsificou documentos:

Plantão Brasil - 29/09/2017

Tacla Duran é advogado espanhol e foi doleiro da Odebrecht, ele fez pagamentos à esposa de Moro

O livro-bomba sobre a Lava Jato, prometido pelo doleiro espanhol Tacla Duran, começa a dar frutos.


Tacla é o doleiro cuja declaração de renda comprovou pagamentos a Rosângela Moro, ao primeiro amigo Carlos Zucolotto e a Leonardo Santos Lima.

Alguns capítulos do livro ficaram por alguns dias no site de Tacla. No livro, ele diz que a delação da Odebrecht teve vários pontos de manipulação, com a montagem de documentos, provavelmente por pressão dos procuradores, atrás de qualquer tipo de prova contra Lula.

O juiz Sérgio Moro facultou apenas aos procuradores da Lava Jato o acesso ao banco de dados especial da Odebrecht. Aparentemente, os procuradores entram lá e pinçam apenas o que interessam.
?
Analistas foram atrás das dicas levantadas por Tacla e quase todas se confirmaram.

Mais que isso: há indícios de que alguns dos documentos foram montados.

Evidência 1 – extrato da Innovation tem somas erradas.

Evidência 2 – os extratos com erros são diferentes de outros extratos do mesmo banco apresentados em outras delações.

Evidência 3 – os extratos originais do banco apresentam números negativos com sinal -, ao contrário do extrato montado, em que eles aparecem em vermelho.

Evidência 4 – a formatação das datas de lançamento é totalmente diferente de outros documentos do banco, que seguem o padrão americano: Mês/Dia/Ano.

Evidência 5 – a formatação nas datas de lançamento é idêntica ao da planilha PAULISTINHA, preparada por Maria Lúcia Tavares, a responsável pelos lançamentos no Departamento de Operações Estruturadas da Odebrecht.

Evidência 6 – nos anexos da delação de Leandra A. Azevedo consta ordem de pagamento, com data de 28 de setembro de 2012, de US$ 1.000.000,00 da conta da Innovation para a Waterford Management Gourp Inc. Mas no extrato bancário supostamente montado, a transferência consta como saída de 27 de setembro de 2012, ou seja, antes da ordem de pagamento.

Agora, se coloca o juiz Sérgio Moro em situação complicada. Como pretende julgar o processo sem facultar o banco de dados da Odebrecht à defesa, para se identificar os documentos falsificados e os verdadeiros.

102441 visitas - Fonte: Jornal GGN

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Já que estamos no campo de que a palavra de delator é "verdade" então é "verdade" o que o advogado Tecla Duran disse do Juiz Moro?

Anônimo disse...

Moro recorre ao “argumentum ad amicum”. Compadre de juiz deixa causa de procurador. Entenda:

Reinaldo Azevedo - 29/08/2017 - Uol

Leiam o que informa Mônica Bergamo, na Folha. Volto em seguida.

DESPEDIDA
O advogado Carlos Zucolotto Junior, amigo do juiz Sergio Moro, renunciou na segunda (28) ao mandato para representar o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, da Operação Lava Jato, em uma ação trabalhista. O processo corre no STJ (Superior Tribunal de Justiça).

NO PRAZO
A renúncia ocorre um dia depois de Zucolotto ter sido acusado pelo ex-advogado da Odebrecht Rodrigo Tacla Duran de tentar intermediar acordo favorável a ele na Lava Jato, onde teria bons contatos. Carlos Fernando afirma que não tem relação com Zucolotto e que seu defensor, na verdade, é Vicente Paula Santos, de quem o amigo de Moro já foi sócio.

SALDO EXTRA
Na ação, Carlos Fernando pede o pagamento de diferença de 101 diárias que recebeu por deslocamentos a serviço, em 2005. Ele já perdeu em outra instância e agora apela ao STJ para que a decisão seja revista em seu favor. O valor da causa, sem atualização, é de R$ 26 mil.

CRÉDITO
A acusação contra Zucolotto foi rebatida com veemência por Moro. Para ele, Duran é foragido e não merece crédito. Os procuradores dizem o mesmo e lembram que ele é acusado de 104 crimes. O advogado não coloca Moro sob suspeita.

CRÉDITO 2
Duran diz que a diferença dele para outros delatores é que, como está livre, na Espanha, fala sem sofrer qualquer tipo de coação ou ameaça de prisão, o que tornaria sua história “mais crível”. (…)

Comento
Pois é…

Acho, sim, que devemos ver com muito cuidado as acusações feitas por Rodrigo Tacla Duran. Ocorre que eu vejo com cuidado a fala de todos os delatores. Especialmente como as coisas se dão por aqui.

Pra começo de conversa, não deveria ter direito a delação quem já está sentenciado, ainda que em primeira instância. Não faz sentido o criminoso já saber até a que pena a que está sujeito e, só então, resolver colaborar. Por quê? Ora, ao não delatar antes, a pessoa fez uma aposta. A credibilidade de quem troca uma condenação de 15 anos por acusações contra Deus e o mundo é qual? (...)

Por que falo isso? Em tese, Tacla Duran está em melhores condições de dizer a verdade do que, deixem-me ver, Lúcio Funaro. Aquele não está obrigado a falar o que querem ouvir em troca da liberdade. Já um Lúcio Funaro…

Carlos Fernando
Carlos Zucolotto está fora da ação em que o procurador Carlos Fernando cobra da União uma indenização de R$ 26 mil. Fui atrás desse caso. Chega a ser divertido. Mas não entro nisso agora. Essa República de Curitiba é mesmo um punhado de feijão. O melhor amigo de Moro — seu padrinho de casamento e sócio de sua mulher — é advogado do Número Dois da Força Tarefa… Acontece. Não há crime nenhum nisso.

O escritório de Zucolotto operava, na área trabalhista, com o de Rodrigo Tacla Duran, que acusa o compadre de Moro de lhe ter pedido propina de US$ 5 milhões. Duran afirma que a Força Tarefa lhe havia feito uma oferta: multa de US$ 15 milhões. Depois da suposta intervenção do amigão de Moro, o advogado que está morando na Espanha teria recebido uma segunda proposta do MPF nos termos em que Zucolotto disse que chegaria: multa oficial de US$ 5 milhões e pagamento, por fora, de outros US$ 5 milhões.

Todos negam tudo, claro. E aí que vem o fato, quando menos, especioso: Moro decretou a inocência do seu amigo com base em argumentos que são de chorar quando se é Sérgio Moro. Abaixo, lembro uma vez mais a sua nota, transcrita em vermelho, e comento em azul:

“O advogado Carlos Zucolotto Jr. é advogado sério e competente, atua na área trabalhista e não atua na área criminal;
E daí? Tacla não disse que Zucolotto se ofereceu para advogar em favor da causa. Ele acusa o amigo de Moro de uma ação ilegal.

O relato de que o advogado em questão teria tratado com o acusado foragido Rodrigo Tacla Duran sobre acordo de colaboração premiada é absolutamente falso;
Como assim? O juiz fala depois de uma investigação, de uma apuração? Por que é preciso que seja ele a falar por Zucolotto? (...)

Anônimo disse...

Para comprovar a delação do Palocci, não seria o caso de "ressussitar" Kadaffi para depor expedir um "mandado de condução coercitiva" para que venha depor em curitiba e confirmar a veracidade da delação?

Anônimo disse...

Nesse caso, considerando que Kadaffi está morto, talvez exumando o corpo para verificar o DNA e, através do DNA, a PF aecista encontrar uma forma de provar o que o Palocci disse é verdade?

Anônimo disse...

A Veja estava desacreditada pela direita raivosa. Agora depois dessa matéria, passa a ser novamente a revista preferida deste segmento da população

Anônimo disse...

Kadaffi morto, enterrado em terras estrangeiras e tal, não seria o caso da acusação contratar o "perito espirita" para fazer alguma espécie de "laudo psicografado" do Kadaffi, confirmando que doou 1 milhão para a campanha do PT em 2002"?

Já tem jurisprudência pró-absolvição, porque que não pode ter por condenação?

Anônimo disse...

ENVOLVIDO NO CASO DO 'HELICOCA' É PRESO AO TENTAR ENVIAR 246 KG DE COCAÍNA PARA A ESPANHA

Elio Rodrigues, um dos sete homens detidos na última na quarta-feira (06) por agentes da Polícia Federal em uma operação que resultou na apreensão de 246 kg de cocaína no interior de um contêiner, responde a um outro processo por tráfico de drogas, este ligado ao caso do helicóptero apreendido em 2013 com 445 quilos de cocaína, no que ficou conhecido como caso do "helicoca"; Elio respondia em liberdade ao processo de participação no caso do "helicoca"; aeronave pertencia à empresa Limeira Agropecuária, de propriedade do ex-deputado estadual e atual secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Gustavo Perrella, aliado do senador Aécio Neves (PSDB-MG)
7 DE DEZEMBRO DE 2017 ÀS 17:02 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

Após nova recusa de Moro em ouvir Tacla Durán, defesa de Lula pedirá nulidade do processo:

7 dez 2017 - DCM

A defesa de Lula mandou a seguinte nota ao DCM:

É intrigante que mesmo após o denso depoimento prestado pelo Sr. Rodrigo Racla Duran na CPI da JBS o juízo da 13a. Vara Federal Criminal de Curitiba negue à defesa do ex-Presidente Lula a possibilidade de ouvi-lo como testemunha no incidente de falsidade que questiona a idoneidade de documentos apresentados pela Odebrecht e pelo MPF na Ação Penal n. 5063130-17.2016.4.04.7000.

Tacla Duran fez referências específicas em seu depoimento na CPI sobre supostas adulterações de documentos que estão relacionados ao incidente de falsidade proposto pela defesa de Lula, dentre outros temas. Por isso, seu depoimento se mostra relevante para contextualizar a forma como os documentos questionados pela defesa do ex-Presidente foram produzidos e levados ao processo. A mera autorização para a juntada do depoimento prestado por Tacla Duran na CPI não se mostra suficiente para a completa elucidação dos fatos, – deveria ser um guia para os questionamentos a serem formulados.

Além do cerceamento de defesa, a decisão mostra que Lula não está tendo o mesmo tratamento dado à acusação, para a qual foram deferidas as oitivas das testemunhas arroladas também no âmbito de incidente de falsidade. É mais um ato que contamina o processo de nulidade insanável.

Sheila. disse...

PR não é partido...é facção criminosa.

Anônimo disse...

Moro faz em público o que Joesley só teve coragem de fazer nos subterrâneos do Jaburu:

Carlos Fernandes - 7 dez 2017 - DCM

O circo montado pela revista IstoÉ! para a entrega da premiação dos ilustres agraciados com o título “Brasileiros do Ano 2017” serviu, para além da confirmação do quão descolada está dos tempos em que vivemos, para ser mais um palco da degradação pública de nossas instituições.

Não bastasse a insignificância política, econômica, social, educacional e cultural da imensa maioria de seus “escolhidos” – uma boa parte já bastante afeiçoada aos gracejos dos holofotes da grande mídia brasileira –, o evento tornou-se, já há muito, uma extensão da politicagem rasteira tanto praticada no submundo do poder nacional.

Não é surpresa, pois, que tenha sido justamente neste evento que o mais festejado dos atuais “super-heróis” de nossa indefectível classe média, o também juiz federal Sérgio Moro, fez uso de sua palavra para escandalizar de vez o resto de decência que ainda sobrou das ruínas desse país destroçado pelo desprezo às regras democráticas.

Como que num surto de completo desprezo pela sagrada independência dos poderes, Moro não se intimidou ao pedir ao denunciado Michel Temer que utilizasse de seu poder para intervir nos julgamentos do Supremo Tribunal Federal.

Referia-se, claro, ao novo julgamento que pode reverter a possibilidade de prisão de réus condenados em segunda instância. O próprio Girolamo Savonarola não teria descido tão baixo para saciar sua sede inquisitória.

A coisa continuou.

Inebriado pelos efusivos aplausos que emergiam de uma plateia bestificada pela degradação ética pela qual passamos, o herói da paulicéia mambembe aproveitou o momento para fazer o seu lobby e arrecadar mais verbas para o que considera, acredito eu, suas próprias empresas.

Dirigindo-se para o ministro da fazenda, Henrique Meirelles, a quem atribuiu um “magnífico trabalho”, o agora também especialista em economia exigiu mais verbas para a Polícia Federal.

Não entendeu – os se fez de desentendido – que falava para uma profusão de criminosos investigados na sua própria operação Lava Jato cujos interesses apesar de serem infinitos, passam longe de querer fortalecer a PF.

Gafes e constrangimentos à parte, a noite foi uma festa à altura de seus partícipes.

Guardadas as devidas proporções impostas pelas condições e particularidades de cada personagem, o que Moro fez em público e frente as câmeras, foi exatamente o mesmo que Joesley Batista fazia na garagem do Palácio do Jaburu nos seus encontro noturnos com Michel Temer.

Utilizar do cargo para intervir nas investigações, processos e julgamentos que faz parte no judiciário e exigir dinheiro e benefícios para suas empresas eram pedidos recorrentes do senhor Joesley Batista ao presidente da República.

Ele, ao menos, meio que seguindo o “protocolo” das negociatas de Brasília, os fazia às escondidas. Moro, por sua vez, sequer se ruboresce ao querer se meter em assuntos que não estão em absoluto sob sua competência.

Isso é o que resultou do poder dado pela grande imprensa brasileira a um servidor público que deveria ater-se exclusivamente a fazer uso da lei para que a justiça se exerça plenamente, sem autopromoção, sem espetacularidades, com isenção e sobriedade. Exatamente o que se espera de um representante honesto e competente do poder do Estado.

Na contramão desse funcionário exemplar, forjaram, na ânsia de redimir os próprios pecados, um monstro que já não reconhece mais os seus próprios limites.

Cabe agora a todos, desconstruí-lo. Afinal, como, sem querer, nos ensinou o hipócrita Titirica: pior do que está, pode ficar. (...)

Anônimo disse...

Delação de Palocci que prometia tirar Lula das eleições e atingir bancos emperrou, diz revista:

7 dez 2017 - DCM - Da Revista Piauí:

Há pessimismo nas trincheiras de Antonio Palocci e sua delação. Os advogados do escritório de Adriano Bretas, que negociam a possível colaboração premiada do ex-ministro petista – homem-chave dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff –, não deixam transparecer nenhuma animação quando tratam do assunto. “Imagina uma carruagem pesada, na subida, o terreno molhado, os cavalos cansados… E nós lá atrás, empurrando”, comparou um deles, na última terça-feira de novembro, quando conversamos em Curitiba.

Dias antes, um integrante da força-tarefa da Lava Jato no Ministério Público Federal me contara, numa conversa informal, que o problema crucial da proposta de delação de Palocci era “a dificuldade dele em se incriminar”, além do natural embaraço que o fato de estar preso há mais de um ano impõe à produção de provas que corroborem o que o outrora grão-petista diz ter a entregar aos investigadores.

O advogado que atende o ex-ministro rebateu. “Essas são dificuldades superadas”, disse. “Fazer delação é como ir ao analista. De início, você não consegue falar nada, mas, com o tempo, começa a admitir o que fez. Palocci já trilhou esse caminho. E é um homem que ouve e respeita seus advogados”, afiançou o causídico, que acredita que parte considerável do obstáculo a ser vencido pelo cliente está a centenas de quilômetros de Curitiba: a sede da Procuradoria-Geral da República, em Brasília.

“Tudo mudou por lá. Tínhamos até o WhatsApp dos caras. Isso acabou”, relembra, falando dos tempos de Rodrigo Janot, que deixou o comando da PGR em setembro. “Agora, tem que mandar um e-mail para a secretária para marcar uma reunião com a nova turma”, exasperou-se, explicando os novos procedimentos instaurados pela mandatária Raquel Dodge. A nova procuradora-geral é certamente mais cautelosa que o antecessor no que toca às delações. Há algumas semanas, a revista Época relatava que, a interlocutores, Dodge já afirmou acreditar que Janot exagerou ao eleger as delações como as principais peças das investigações.

“Nos tempos do Janot, a PGR era um restaurante repleto de advogados propondo colaborações premiadas, com ‘garçons’ da PGR circulando de mesa em mesa, ouvindo os pedidos, cozinha a todo vapor. Agora, quase todos os assentos estão vazios, mas é difícil chamar a atenção de um atendente”, comparou um defensor que já negociou delações premiadas para pesos pesados da Lava Jato.

Como parte de quem está na mira da delação de Palocci são políticos ou agentes públicos com foro privilegiado, não há como a colaboração driblar a PGR. Em Curitiba, ainda que as conversas entre os defensores do ex-ministro e os procuradores da Lava Jato nunca tenham de fato cessado, o óbice parece ser outro. “Aqui a investigação está já na maturidade. A tendência é ir diminuindo, até porque o que não se refere à Petrobras foi retirado daqui”, disse-me, há algum tempo, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos cabeças da operação. Com isso, naturalmente, a baliza colocada pelos investigadores quanto ao que se exige de um candidato a colaborador está elevada. É a regra de mercado, como já definiu Santos Lima. “Se você precisa muito de alguma coisa, vai ceder mais. É uma questão de lógica de negociação.”

Anônimo disse...

Só isso já é motive de sobra para que o PT seja proscrito, afinal isso é vedado pela lei eleitoral né. Mas o que esperar de nosso TSE!??? Deveria fazer cumprir a lei.

ebuenogm disse...

Ou seria isso apenas uma contrainformação para desqualificar o andamento do processo?
Comunas são experts nessas coisas.

Anônimo disse...

Eugênio Aragão: O falso moralismo do juiz pança-cheia:

7 dez 2017 - Blog do esmael

O ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão, em artigo especial, acusa o juiz Sérgio Moro de fazer farra com dinheiro público para lustrar seu próprio ego com fartas diárias, prêmios, sem contar que deixa de jurisdicionar e ganha subsídios muito acima do razoável para uma massa de brasileiras e brasileiros.

Eugênio Aragão*
O país se vê assaltado, neste fim de ano, de recomendações políticas inapropriadas daquele que deveria evitar a política partidária e se concentrar na interpretação equidistante, imparcial e equilibrada das leis. Sérgio Moro, o juiz de sempre.

Viaja a nossas custas para cima e para baixo, mexe e se remexe, para proselitar contra os legítimos interesses da maioria da população. Ganha, para isso, fartas diárias, prêmios, sem contar que deixa de jurisdicionar e ganha subsídios muito acima do razoável para uma massa de brasileiras e brasileiros cada vez mais desprovida de meios e de direitos.

Do alto da cadeia alimentar do serviço público ousa dar lições de sua gorda, empanzinada moral para os que nada têm: “repensem em quem vocês vão votar!”, prelecionou, mesmo metido em controvérsias sobre o papel que exercia o amigo do peito em negociação milionária de delação mais que premiada junto a sua vara.

Não bastasse a advertência ao eleitor, claramente destinada a refrear o maciço apoio que Lula vem mostrando nas pesquisas de voto, o Sr. Moro ainda tem o desplante de pedir de público ao Sr. Michel Temer, aquele que chama de presidente, que use seu cargo para pressionar o Supremo Tribunal Federal para que não reveja sua equivocada jurisprudência sobre a execução provisória da pena após o duplo grau de jurisdição.

Não se enxerga. Pretende que a mais alta corte do país receba pressões do chefete do executivo para satisfazer seu discurso moralista punitivista.

Se o Sr. Temer se arvorasse a atender o esdrúxulo pedido, estaria, tout court, cometendo mais um grave ilícito para sua coleção. Afinal, atentaria descaradamente contra a independência dos poderes, o que implica crime de responsabilidade. E o Sr. Moro entraria junto, por instigação à prática do crime.

Na sua cegueira, não consegue o juizinho de província disfarçar seu profundo mal-estar com o sucesso de Lula, que, como governante, mais mudou o quadro de exclusão social no país. Deve ter se contorcido de bronca ao saber, pelo DataFolha, que seu índice de rejeição foi para as nuvens, prestes a superar ao daquele que elegeu seu réu-inimigo. (...)

Moro se tornou, com seu moralismo punitivista, a principal fonte do ódio político que se disseminou na sociedade. Um juiz que, ao invés de pacificar conflitos, os acirra e direciona contra seu inimigo eleito.

Falar em imparcialidade desse indivíduo seria piada de mau gosto, pois a cada discursinho mequetrefe pelos palcos da direita política mundo afora, faz questão de pré-julgar e conjecturar sobre feitos por decidir (...)

O Sr. Moro, ao se lançar sem trégua contra o réu que elegeu ser seu inimigo, se tornou cego para o estrago que causou à paisagem econômica e social do Brasil. (...)

Anônimo disse...

Não sobra nenhuma denúncia para o presidente do partido? Ou ele também não sabia de nada? Como é padrão no PT.

Anônimo disse...

TUDO CARNIÇA COMUNISTA. PARA LAVAR ESSA MERDA TODA SÓ ÀS FORÇAS ARMADAS É FICANDO PELO MENOS DEZ ANOS PARA ACABAR COM O FORO DE SP E TODA A COMUNISTADA ESCROQUE!

Anônimo disse...

Gilmar Mendes diz que Lava Jato passou a adotar prisão provisória 'eterna':

Em evento em Brasília, ministro do STF voltou a criticar decisões judiciais tomadas por juízes responsáveis pelos processos da Lava Jato. Ele afirmou ainda que, talvez, objetivo seja 'obter delação'.

Renan Ramalho, G1, Brasília - 04/12/2017

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), voltou nesta segunda-feira (4) a disparar críticas contra decisões judiciais que determinam a prisão preventiva – aquela aplicada antes de qualquer condenação judicial –, sobretudo nos processos da Operação Lava Jato.

O magistrado fez o comentário ao participar de um seminário sobre ativismo judicial na sede do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O evento reuniu magistrados, procuradores, advogados e estudiosos do direito.

Em meio ao painel, o ministro fazia reflexões sobre várias decisões do STF que avançaram sobre a pauta do Legislativo, quando passou a falar sobre divergências dentro do próprio Judiciário na área criminal.

Gilmar Mendes relembrou a decisão da Corte no ano passado que permitiu a prisão de criminosos após a condenação em segunda instância. À época, ele próprio votou a favor da detenção antes mesmo de se esgotarem as possibilidades de recursos, o chamado "trânsito em julgado".

Nesta manhã, Gilmar Mendes disse que esse entendimento se tornou dispensável já que as prisões passaram a ocorrer antes da primeira condenação.

“A prisão em segundo grau, em muitos casos, especialmente no contexto da Lava Jato, se tornou algo até dispensável. Porque passou a ocorrer a prisão provisória de forma eterna, talvez, até com o objetivo de obter a delação. Sentença de primeiro grau, o sujeito continuava preso, confirmava-se a provisória, e com certeza no segundo grau ele começa a execução”, ironizou o ministro.

Para o magistrado, tal prática “empodera de maneira demasiada a Justiça de primeiro grau e o Ministério Público, em detrimento inclusive de cortes superiores”, lembrando de decisões do STF e do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que absolvem condenados presos ou diminuem suas penas de modo que possam deixar a cadeia no regime semiaberto ou aberto.

“Precisamos de técnica e política judicial para examinar essa temática. Porque do contrário, esvaziamos garantias, inclusive a de ter juízo definitivo, por tribunais como o STJ ou o STF”, completou depois. (...)

Anônimo disse...

Cada vez mais fica comprovado que Lula não pode ser cAndidato a nada neste país. Uma chuva de ilícito e.

Anônimo disse...

💚💛💙
Kadafi só foi morto em 2011, então o ditador deve ter repetido as doações ao PT em 2006, em 2010 pras campanhas de Luladrão😈 e Dilmaléfica😈. Mas Luladrão e todos os políticos continuam corruptos e SOLTOS!! E Putin + o ditador chinês estão BEM VIVOS, ATUANTES E TRAIÇOEIROS, EXPANDINDO SEUS PODERES,com impactos em todo o mundo, principalmente no Brasil,por causa dos 98% de nióbio/grafeno do mundo todo concentrado no Brasil + muito ouro, água, terra e madeira para saquear, tudo em abundância na região Norte, como no Amazonas, em Araxá/Minas Gerais, e nos demais estados do Norte!
Todos os traidores que estão vendendo o Brasil e os trabalhadores escravos, são lacaios dos chineses vermelhos genocidas, e de Vladimir Putin o maior ditador e mafioso do mundo atual, ex-agente da KGB! Cruel e sanguinário!! Genocida que bombardeou agorinha as escolas, hospitais, e dizimou o povo civil da Síria, que fazia oposição ao ditador Assad na Síria, e se tornaram refugiados, expulsos de casa!!
Como nós brasileiros 💚💛💙roubados e explorados,
"sem políticos de estimação", estamos em relação ao PT😈😈😈 e ao Luladrão😈!

Anônimo disse...

💚💛💙
Kadafi só foi morto em 2011, então o ditador deve ter repetido as doações ao PT em 2006, em 2010 pras campanhas de Luladrão😈 e Dilmaléfica😈. Mas Luladrão e todos os políticos CONTINUAM CORRUPTOS e SOLTOS!! E Putin + o ditador chinês estão BEM VIVOS, ATUANTES E TRAIÇOEIROS, EXPANDINDO SEUS PODERES,com impactos em todo o mundo, principalmente no Brasil,por causa dos 98% de nióbio/grafeno do mundo todo concentrado no Brasil + muito ouro, água, terra e madeira para saquear, tudo em abundância na região Norte, como no Amazonas, em Araxá/Minas Gerais, e nos demais estados do Norte.
Todos os traidores que estão vendendo o Brasil e os trabalhadores escravos, são lacaios dos chineses vermelhos genocidas de meninas, e de Vladimir Putin o maior ditador e mafioso do mundo atual, ex-agente da KGB! Cruel e sanguinário!! Genocida que bombardeou agorinha as escolas, hospitais, e dizimou o povo civil da Síria, que fazia oposição ao ditador Assad na Síria, e se tornaram refugiados, expulsos de casa!!
Como nós brasileiros 💚💛💙roubados e explorados,
"sem políticos de estimação", estamos em relação ao PT😈😈😈 e ao Luladrão😈!

Anônimo disse...

Como disse a Anta Rousseff, vamos fazer o diabo para ganhar as eleições. Na maioria das vezes como ficou comprovado, o PT junta-se se ao diabo!!!

Luiz Vargas disse...

Ninguém lembra mais, mas eu não me esqueço:
Denúncia feita por um integrante da ABIN, que monitorou o evento, de que durante um churrasco em um sítio nas imediações de Brasília pelo integrante das FARC, Padre Olivério Medina, que entregou 5 milhões de dólares para a campanha de 20002 do Lulladrão.
Além disto há uma outra denúncia que se perdeu no mar de outras tantas que trata de muito dinheiro vindo de Cuba, mandado pelo coma andante Fidel, também para a campanha do Lulladrão.

Anônimo disse...

Khadafi é o ditador que foi esquartejado pelo povo. Lá o povo não dá moleza prá bandido corrupto. Espero que por aqui pelo menos a justiça funcione como deve ser.

Anônimo disse...

Mortadelas estragadas da Friboi detectada

Anônimo disse...

Detected mortadela

Anônimo disse...

Com certeza deixaram rastro meu amigo. Não existe crime perfeito.

Anônimo disse...

Lá o povo não atura bandido não. Esquartejaram o ditador amigão do Lula.

Anônimo disse...

Salame detected

Anônimo disse...

Não existe crime perfeito. A verdade toda vira à tona.

Anônimo disse...

Exumando o corpo do Kadafi quem sabe se encontre um fio da barba do Lula.
Kkk...! É, a pessoa aposentada com fartos ganhos, quando não tem nada mais pra fazer na vida, dá nisso...

Anônimo disse...

Kkkk. Pelo LULADRAO o processo seria eternizado, usa de todos artifícios procrastinatorios possíveis. O douto juiz Moro que não é nenhum idiota, mais um juiz muito preparado e competente, obviamente impõe limites, assim que deve ser. Como juízo do caso ele tem este poder. Não brinca em serviço. Trabalho, seriedade e competência, por isso consegue fazer o melhor. E dá-lhe Moro!!!

Anônimo disse...

Moro é extremamente competente e faz a coisa certa, obviamente os corruptos e desvirtuados não as aceitam, gostam mesmo é da bandidagem que impôs dor e sofrimento aos brasileiros nestes 13 anos de desgovernos petista.

Anônimo disse...

E dá-lhe Moro!!! Enche os brasileiros de orgulhos. E a dinherama que já recuperou da Petrobrás!!? Realmente é o cara! Deixa os esquerdopatas corruptos em apavorados.

Anônimo disse...

07;22, BEM PENSADO!
-----------------------------------

KADAFI ROUBOU DINHEIRO DA LIBIA PARA DAR AO LADRÃO LULA ,VÃO DEVOLVER O DINHEIRO PARA A LÍBIA?

Anônimo disse...

http://noblat.oglobo.globo.com/noticias/noticia/2005/03/o-que-veja-trouxe-sobre-pt-as-farc-1-21254.html

Anônimo disse...

Essa é a raiz das pesquisas compradas do PT, no datafoia, iBrope etc... Sempre antes de vir uma revelação bombástica, Lula e seus patifes compram pesquisas eleitorais para esquentar as costas do Lula.

Anônimo disse...

Se não for possível provar que kadaffi doou 1 milhão para campanha de lula em 2002, já que foi assassinado, é bem possível a República de Curitiba arrumar um "Teoria" que foi lula que mandou matar Kadaffi para não ser "conduzido coercitivamente", caso tivesse vivo, para testemunhar a favor de Palocci.

Nessa caso é só arrumar um laranja qualquer que diga que viu ou ouviu lula dizer que mandou matar kadaffi, certo?

Carlos Mota disse...

E os jumentos petistas seguem postando merdas que ninguém com um mínimo de cérebro consegue ler.

Anônimo disse...

Saldo da Operação Lava Jato:

Total de ressarcimento pedido: R$ 38,1 bilhões

Valores alvo de pedidos de recuperação judicial: R$ 10,3 bilhões

Valores devolvidos à Petrobrás: R$ 1,45 bilhões

Impactos na Petrobrás entre 2014 e 2016

Perda de valor de mercado: R$ 96 bilhões

Quanto que a empresa deixou de investir neste período: R$ 49 bilhões

Perdas com desvalorização de ativos: R$ 112,4 bilhões

Privatizações realizadas: R$ 41,521 bilhões

Quantos empregos foram perdidos na cadeia produtiva do setor: 2 milhões

Reflexos na economia do país: redução de 2,5% do PIB

Quanto o país deixou de arrecadar em impostos: R$ 10 bilhões

Isenção fiscal de Temer às petrolíferas

Quanto o Brasil deixará de arrecadar em 25 anos: R$ 1 trilhão

Prejuízos anuais ao país: R$ 40 bilhões

Anônimo disse...

Cadeia para o CONDENADO .!!!

Anônimo disse...

VEJA QUER CASSAR REGISTRO DO PT COM DELAÇÃO DE PALOCCI

Diante da impossibilidade de se derrotar Lula nas urnas e talvez nos tribunais, a revista Veja lança um novo balão de ensaio a partir da suposta delação premiada do ex-ministro Antônio Palocci; trata-se agora de cassar o registro do PT a partir de uma denúncia de financiamento internacional para a campanha de Lula em 2002; segundo a revista, o ditador líbio Muamar Kadafi, morto em 2011, teria enviado secretamente ao Brasil 1 milhão de dólares para financiar a campanha eleitoral do petista em 2002; esta não é a primeira vez que a revista Veja faz uma acusação sem provas; a publicação da editora Abril trouxe no passado uma capa sobre dólares de Cuba que jamais se confirmou

8 DE DEZEMBRO DE 2017 ÀS 06:45 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

Este TSE só cassa prefeitos, duvido que tenha a coragem e a decência de cassar o PT. Queira deus que eu esteja muito errado, mas deus deu muitas provas de não ser brasileiro.

Anônimo disse...

BOLSONARO EMPREGOU ESPOSA EM GABINETE NA CÂMARA
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
A prática de nepotismo parece ser recorrente com o deputado e presidenciável Jair Bolsonaro; o parlamentar empregou por um ano e dois meses a atual mulher, Michelle, em seu próprio gabinete na Câmara dos Deputados; no período, ela ainda foi promovida; contratação e a promoção fizeram Michelle ter seu salário quase triplicado em relação à atividade anterior, na liderança do PP, então partido de Bolsonaro; na semana passada, foi revelado que Bolsonaro empregou a ex-mulher, e parentes dela, em cargos na Alerj
8 DE DEZEMBRO DE 2017 ÀS 05:43 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

JUÍZA QUE AUTORIZOU INVASÃO À UFMG SOLTOU NEONAZISTA

A juíza que autorizou a ação policial na UFMG é a mesma que, em janeiro de 2013, declarou-se incompetente para julgar o assassinato, nove anos antes, de três fiscais do trabalho e um motorista servidor público, na famosa chacina de Unaí (MG); em outra decisão polêmica, Raquel Vasconcelos Alves Lima, que é juíza da 9ª Vara Criminal Federal de Belo Horizonte, mandou soltar o neonazista que postou foto agredindo morador de rua e foi preso pelo assassinato de um outro
8 DE DEZEMBRO DE 2017 ÀS 06:55 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

OLHA O PELEGO DO PT AI EM CIMA VOMITANDO MENTIRAS E TEXTOS COLADOS - CAI FORA DEIXE DE SER IDIOTA TEU CHEFE É UM LADRAO CONDENADO ATE O PALOFFFI CABEÇA DELE JA O ENTREGOU

Anônimo disse...

É CLARO Q É VERDADE O LARAO LULA JA TEVE 26 MILHOES BLOQUEADOS POR 2 JUIZES É REU 6X FORA O QUE VEM POR AI SE FOSSE MENTIRA ELE TERIA PROCESSADO OS DELATORES E O PALOCI SEU CABEÇA

Anônimo disse...

CUBA, COREIA DO NORTE, IRÃ ,aQUELA DITADURA SANGUINARIA SAO ADORADOS PELO PT NANICO MORIMBUNDO- MORTO VIVO sao de casa = se amam o jean wilians do psol deputado federal que era BBB da globo é era BBB apoia o estado islamico

Anônimo disse...

Lula fOi DELATADO COM RICOS DETALHES por varios delatores TAMBEM por paloci E por mantega q eraM seuS aliado de anos= o cabra ainda diz q estao mentindo hahahha assim como o ladrao cabral q é aliado de lula e dilma cabral ia ser o vice da bandilma mas deixaram o temer ser O VICE SIM cabral e lula dizem Q os delatores estao mentindo contra eleS hahaha qUer dizer q os deLatores quaNDO falam de temeroso e dos outros é verdade mas quando falam de lula dilma e cabral é mentira ora ora ate os marqueteiros de lula e dilma entregaram dilma e lula a monica disse Q dilma tinha o e mail onde elas se comunicavam o codinome de dilma era iolanda tambem apontou os valores a grAna q vinha de conta do exteiriOr p as campanhas d dilma e lula o friboi tambem aliado de lula disse q tinha conta de 500 milhoes na suiça p dilma e lula delator nao pode mentir senao perDe o direito é claro q é verdade e se fosse mentira lula e dilma ja teriam processado

LULA LADRAO TEU LUGAR É NA PRISAO

Anônimo disse...

PALOFFFI CABEÇA DE LULA TA COM SUA NEGOCIAÇAO DE DELAÇAO PARADA- VAMOS LA O BRASIL TEM PRESSA.... PALOCI DISSE Q PROCUROU A JUSTIÇA E QUER DELATAR DISSE QUE TEM PILHAS E PILHAS D PROVAS ELE É MUITO ORGANIZADO - LULA E DILMA ESTAO EM COLICAS

Anônimo disse...

Chamem os libios pra pegar de volta com o 9 dedos !!


Aposto que pra Libio ele devolve !!

Kkkk

Anônimo disse...

POLIBIO BRAGA ESPERO QUE VOCE APAGUE ESTE MORTADELA AI DE CIMA O CARA O DIA TODO COM ESTES TEXTOS MENTIROSOS COLADOS POR QUE VOCE DEIXA ESTA AFRONTA

Anônimo disse...

PENA QUE A MIDIA PELEGA NA MOSTRA NEM 10% DA PODRIADO DO CONDENADO LULA QUE SE DIZIA O SANTO O PURO A DEFENSOR DE POBRES HAHAH MANAH SAI MAIS UMA PESQUSIA MENTIROSA DIZENDO QUE ESTE LADRAO CONDENADO LIDERA AS PESQUISAS MIIDIA IMUNDDA QUE DEFENDE ESTE LADRAO LADRAO CONDENADO E REU 6X EM SAO PAULO BRASILIA E CURITIBA QUE SEMPRE FOI ALIADO DE DITADORES SANGUINARIOS É TAMBEM DEFENSOR DE TERRORISTAS E PEDOFILOS. PENA QUE O TSE E STF ESTEJAM CONTAMINADOS SAO VERMELHOS VARIOS SAO INDICADOS PELO PT ATE O DELCIDIO AMARAL PETRALHA EX SENADOR QUE FOI CASSADO QUE ERA Q ERA LIDER DO DESGOVERNO DILMA NO SENADO DISSE QUE DILMA TEM 5 MINISTROS NO STF ENTAO NAO DÁ EM NADA .DILMA E LULA HA MAIS DE 1 ANO OBSTRUIRAM A JUSTIÇA E ATE HOJE NAO FORAM PRESOS

Anônimo disse...

esse kadafi fez cagafi

Unknown disse...

Você esqueceu que o primeiro a relatar esse fato foi um senhor chamado caio Fábio? Isso há muito tempo atrás...