Artigo, Fábio Jacques - A hipocrisia do PI

O Brasil é o país da hipocrisia.

A exposição de uma criança apalpando publicamente o corpo de homem nu, acompanhada e incentivada pela mãe é considerada arte e a sua crítica é taxada de censura.

Exposições públicas de cenas de nudismo e incentivo a perversões sexuais e morais como pedofilia, zoofilia e racismo encontram amparo na mídia e arrebanham multidões de defensores em todas as classes sociais.

Novelas em horário nobre enobrecendo a infidelidade, a sacanagem, o crime organizado e o reinado das drogas são aceitas como se nada de estranho houvesse em desrespeitar a lei que criminaliza o racismo, a pedofilia, o aborto e a apologia às drogas.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

18 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Ivan Alencar disse...

Será que estamos vivendo numa ditadura?
Será que a ditadura na qual estamos vivendo está nos levando ao suicídio?
Será que os promotores destas aberrações pensam alguma coisa decente?

Anônimo disse...

A Globo e os partidos de esquerda contribuem todos os dias com a fragilização da família, da fé crista e da sociedade como um todo.

Anônimo disse...

País da corrupção e da hipocrisia .!!!

Anônimo disse...

“A exposição de uma criança apalpando publicamente o corpo de homem nu, acompanhada e incentivada pela mãe é considerada arte”

– Mesmo que a criança não estivesse apalpando o tal homem, mesmo que a mãe não estivesse incentivando ou mesmo presente ao ato, e até mesmo se a criança estivesse ausente daquele espaço ou que ela estivesse localizada a hum milhão de kilômetros da referida exposição, ainda assim tudo aquilo ainda poderia ser considerado como uma exposição de artes. Não é o fato de ter um público com determinada faixa etária, que aquilo vai deixar de ser uma exposição de artes! O que poderia ser passível de condenação é o fato da mãe levar o seu filho a um lugar desses. Mas a crítica deve ser direcionada à mãe (a responsável pela guarda do menor) e não ao artista ou à exposição.
__________________________________________________________
“Novelas em horário nobre enobrecendo a infidelidade, a sacanagem, o crime organizado e o reinado das drogas são aceitas como se nada de estranho houvesse em desrespeitar a lei que criminaliza o racismo, a pedofilia, o aborto e a apologia às drogas.”

- Novelas e todos os demais programas televisivos possuem um alerta de faixa etária recomendável, de classificação indicativa para os telespectadores! É justamente esse tipo de classificação que querem implementar nas exposições de arte. Aqui o autor misturou alhos com bugalhos!
___________________________________________________________
“Até mesmo filme pornográfico apresentado no canal HBO no horário da tarde somente foi retirado do ar devido à reação imediata pelas redes sociais de pessoas que ainda prezam pela dignidade e pelos bons costumes.”

- As crianças tem acesso a filmes pornôs e nem precisam esperar pela HBO ou pela tevê a cabo! Aliás a indústria do filme pornô movimenta bilhões de dólares e todo esse faturamento não é por causa da televisão a cabo! Mas é claro que se a HBO liberou um filme pornográfico no horário da tarde, sem fazer um controle do acesso (como faz o canal SexHot), então realmente errou feio!
_________________________________________________________
“Ensinar as crianças ainda na tenra idade que ninguém nasce menino ou menina e que cabe a cada um decidir seu “gênero” faz parte do currículo oficial da maior parte de nossas escolas de primeiro grau.”

“Fazer teatro em escola incentivando a indecência na dança, fazendo meninos se vestirem de meninas e obrigando-os a usar até mesmo batom já não provoca espanto.”

- Com a palavra o Secretário da Educação do Sartori e o Secretário da Educação do Marchezan!

Anônimo disse...

O articulista acha que é "hipocresia" ou "abuso mesmo" aumentar a gasolina, gás de cozinha, oleo diesel duas vezes por semana?

Anônimo disse...

MINISTRO QUE PROMETEU ENERGIA MAIS BARATA DIZ AGORA QUE CONTA VAI FICAR MAIS CARA
REUTERS/Bruno Kelly
O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, que havia prometido à população que a energia ficaria mais baratada com a privatização da Eletrobras, admite agora que a conta de luz pode ficar ainda mais cara; "Não há um risco mais severo de desabastecimento, porém vai ter um impacto como já vem tendo na tarifa para o consumidor", afirmou
30 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 16:02 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

Blog do Polibio Braga.....

Petrobras anuncia novas altas nos preços da gasolina e do diesel
A Petrobras anunciou um novo reajuste para os combustíveis, com aumento de 2,10% no preço da gasolina nas refinarias e mesmo porcentual para o preço do diesel. Os novos valores valem a partir da terça-feira.

A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente.

Anônimo disse...

BRASIL REGISTRA MAIOR NÚMERO DE HOMICÍDIOS DA HISTÓRIA EM 2016
REUTERS
Brasil registrou 61.619 assassinatos em 2016; é o maior número de homicídios da história e representa um aumento de 3,8% em relação a 2015; segundo o estudo, sete pessoas foram assassinadas por hora no ano passado; os mais de 61,5 mil assassinatos cometidos em 2016 no Brasil equivalem, em números, às mortes provocadas pela explosão da bomba nuclear que dizimou a cidade de Nagasaki no Japão, em 1945, durante a Segunda Guerra Mundial; a taxa de homicídios para cada 100 mil habitantes ficou em 29,9 no país
30 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 12:30 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

MINISTRO ALERTA QUE PODE FALTAR DINHEIRO PARA A CIÊNCIA EM 2018
Antonio Cruz/Agência Brasil
Ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, manifestou preocupação com o corte de recursos do governo Michel Temer e alertou para o sucateamento do setor; "Temos uma preocupação grande em relação ao final do ano, preocupação em relação aos recursos que podem não ser suficientes para que a gente possa atingir os objetivos definidos. E uma preocupação ainda maior em relação a 2018, que está muito aquém do necessário para que a gente possa continuar os trabalhos que estão sendo desenvolvidos", disse; segundo ele, todas as linhas de pesquisas financiadas com recursos federais poderão ser descontinuadas
30 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 13:34 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

Pesquisa destrói mito de Justiça Trabalhista ser “madrinha” de empregado:

FERNANDO BRITO · 30/10/2017 - O Tijolaço

A pesquisa de André Gambier Campos, do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada, cujas conclusões a Folha publica hoje como manchete, destrói o discurso de que ela é uma armadilha para o empregador que trata o empregado como uma “madrinha”, justificativas que a direita busca para a extinção de um mecanismo criado por Getúlio Vargas como forma de atenuar os conflitos no mundo do trabalho.

Na maior parte das vezes, ela é acionada para garantir o acerto de verbas rescisórias não pagas, como saldo de salário e aviso prévio e, de modo diferente do que pensa o senso comum, não pode ser considerada “pró-trabalhador” —que recebe, em média, R$ 4.500 por reclamação.(…)
Das demandas julgadas, as reclamações consideradas totalmente procedentes foram apenas 2% do total, embora a ideia de que a balança tombe para o lado do trabalhador seja bastante disseminada.
O estudo mostra que os resultados mais frequentes envolvem decisões parcialmente favoráveis, seja por meio de conciliações entre patrões e empregados (quase 40%), seja por meio de decisões de mérito (28%).
Mas, mesmo quando a Justiça se manifesta a favor do empregado, o valor devido demora a ser pago e, em alguns casos, não ocorre.

O fato de as reclamações trabalhistas chegarem a milhões, falta dizer na matéria, deve-se, em grande parte, à rotatividade no emprego, num país onde quase 15 milhões de pessoas – um terço da força de trabalho celetista – são demitidas todos os anos. Justo por esta rotatividade, a maioria se dá com menos de um ano de trabalho e, portanto, nem o controle da homologação em sindicato elas têm.

Também falta comparar com os prazos e resultados dos outros ramos da justiça. Conto um exemplo, que conheço muito bem porque é meu: uma ação de dano moral (cível, não trabalhista), ganha em última instância em 1998, só agora, 20 anos depois, começa a ser paga e há quatro anos se arrasta uma discussão sobre se são devidos juros de mora, além da correção do valor, muito embora uma Súmula (a 254) o STF tenha decidido que estes são automáticos e obrigatórios, independendo até de serem pedidos.

O objetivo de uma direita escravocrata não é simplificar a Justiça do Trabalho – o que precisa ser feito, sem dúvida, em moldes semelhantes aos dos tribunais de pequenas causas – para questões envolvendo valores reduzidos, a imensa maioria deles, como prova a pesquisa. Até porque, mostra o estudo, quase metade (40%) se resolve por acordo.

Como nos juizados especiais, as causas são sobre questões repetitivas e podem ser resolvidas por com o mesmo grau de facilidade.

O argumento de que é preciso criar “sucumbência” – ou seja, pagamento pelo empregado, caso este perca a ação – é estúpido, porque ele é hipossuficiente. Vai deixar de procurar seus direitos com medo de, perdendo, não ter com que pagar. É o mesmo que acontece nos Juizados Cíveis, onde o consumidor goza desta proteção, porque não teria sentido reclamar o valor de um liquidificador e ficar sujeito a pagar dois.

Quanto ao custo a Justiça Trabalhista, sofre dos mesmos males do sistema judicial brasileiro, não é seu privilégio.

Anônimo disse...

Inadimplência de microempresas é recorde. E o Governo caça os pequenos:

FERNANDO BRITO · 28/10/2017 - O Tijolaço

Márcia De Chiara, no Estadão de hoje, mostra um retrato bem diferente do “fim da recessão” tão apregoado pelo Governo.

Em agosto, 4,8 milhões de micro e pequenas empresas estavam inadimplentes no País. É uma marca recorde. Em um ano, o número de companhias desse porte que não conseguiram pagar em dia as suas dívidas aumentou 14%. No período, 600 mil, em todo o País, engrossaram a lista de inadimplentes, aponta um estudo da Serasa Experian, consultoria especializada em informações econômicas e financeiras.

Em outra matéria, ela reproduz o drama do pequeno empresário Humberto Gonçalves, dono de uma pequena estamparia que nem “quer calcular o quanto deve de impostos, entre ICMS, Imposto de Renda, IPI, PIS/Cofins. Para o governo, ele explica que “está pagando só INSS e o FGTS dos funcionários”.

Tivemos, esta semana, mais três situações tributárias escandalosas.

O primeiro, um perdão de multas e juros enorme, num Refis “burro” como tantos, que dá descontos proporcionalmente iguais aos grandes e aos pequenos e não tem a lucidez de promover uma anistia de débitos dos pequenos condicionada aos recolhimentos subsequentes, eliminando esqueletos “incobráveis” e garantindo as contribuições futuras, por período significativo.

O segundo, a suspensão do registro (e do CNPJ) de quase de 1,5 milhão de microempreendedores individuais que não entregaram a Declaração Anual Simplificada referente aos anos de 2015 e 2016 ou não cumpriram com as contribuições mensais durante os anos de 2015, 2016 e 2017, não por acaso os anos da crise.

Finalmente, o corte do acesso de 100 mil micro e pequenas empresas ao programa do Simples por supostamente terem se valido de abatimentos irregulares para reduzir o imposto a pagar.São 1,6 milhão de declarações entregues nos últimos cinco anos, o que aponta para uma sonegação em torno de R$ 1 bilhão.

Veja só: 1,6 milhão de micro e pequenas em presas teriam (teriam, porque sempre podem ter abatido regularmente) sonegado R$ 1 bilhão. Mas o CARF perdoou, de uma única empresa, o Itaú, numa só tacada, R$ 25 bilhões em R$ 25 bilhões em Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) na fusão com o Unibanco, em 2008, num processo rumoroso onde houve casos de corrupção envolvendo alguns de seus responsáveis.

Estamos com a economia em frangalhos, o emprego em frangalhos e as cabeças tecnocráticas não conseguem pensar na importância desta multidão de pequenos e médios empreendedores, que respondem por mais de 90% dos postos de trabalho do país.

E o pior é que parte deles ainda pensa que a culpa é de quem os protegeu, permitiu que se regularizassem e os tornou membros de uma classe média masoquista.

Anônimo disse...

O Brasil na lanterna da democracia:

FERNANDO BRITO · 27/10/2017 - OTijolaço

Outro dia publicou-se aqui que Michel Temer era o campeão mundial da impopularidade.

Seria uma piada, apenas, se isso não influenciasse tanto na percepção do povo brasileiro sobre o que é o governo de seu país e a qualidade da (vá lá) democracia no Brasil.

Hoje foi divulgada a pesquisa do Latinobarómetro, um levantamento feito com 20 mil entrevistas em toda a América Latina.

Os resultados são devastadores.

Começo pelos “melhores”, se me perdoam a ironia: só 13% dos brasileiros estão satisfeitos ou muito satisfeitos com o funcionamento da democracia por estas bandas. O menor índice de todos. Menos da metade dos 30% que são a média desde o México até a Patagônia.

De zero a dez, que nota dá à democracia em seu país? De novo, o menor, 4,2.

Seu país é governado para o povo ou para os interesses de grupos poderosos? Oura vez o “pior da classe”: para o bem do povo, apenas 3%, um sétimo da média do continente ampliado, 21%, e menos da metade do penúltimo colocado, o Paraguai, com 7%.

1% dos brasileiros apenas classifica como “plena” a democracia em nosso país.

E pior, já somos os piores em matéria de confiança uns nos outros: apenas 7% dizem que se pode confiar na maioria das pessoas, de novo atrás do Paraguai.

Há muitos dados no relatório, que pode ser acessado aqui, quase nenhum animador.

Ou melhor, há um deste tipo.

Quando se pergunta se a democracia, mesmo com seus defeitos, é o melhor sistema de governo, saímos da “lanterninha” e vamos para o meio da tabela, com 62% de aprovação.

Ainda não somos adeptos do autoritarismo, ainda não.

Anônimo disse...

O falso moralismo da direita:

MIGUEL DO ROSÁRIO · 15/11/2014 - O Tijolaço

O antipetismo tem se vestido, há tempos, de um moralismo que se revela cada vez mais hipócrita.

Por exemplo, no Distrito Federal os mesmos moralistas que diziam não votar no PT por causa de denúncias de corrupção quase elegeram José Roberto Arruda, flagrado em vídeo enfiando dinheiro na meia.

Hoje, esbarro com a seguinte notinha na coluna do Ilimar Franco, no Globo:

Popstar – O fato de ser candidato a presidente da Câmara contra o PT está rendendo para o líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ). Ontem, no aeroporto de Congonhas (SP), ele era festejado e incentivado a derrotar o PT por passageiros e acompanhantes.

Não é preciso muita imaginação para visualizar a cena.

É a mesma turma que brande o argumento da corrupção como sua principal bandeira política.

E aí aplaude Eduardo Cunha, investigado em inúmeros processos de corrupção.

Claro que a Globo tem responsabilidade. A própria notinha já é, de certa maneira, uma maneira de blindar Cunha.

Fizeram o mesmo com Joaquim Barbosa. Notinhas quase diárias dizendo que fulano foi aplaudido em tal lugar, etc.

Quero ver Eduardo Cunha ser aplaudido fora do universo predominantemente reaça dos saguões de aeroporto.

Mais, eu quero ver chegar um tempo, que não deve demorar muito, em que os saguões de aeroporto não serão mais dominados por uma maioria reaça.

María Aparecida Vieira Souto disse...

Não pretendo discutir "Arte", pois não entendo nada desde assunto. Para mim é simples assim: eu gosto ou não gosto.Entretanto, especificamente sobre as exposições que estão gerando tantas discussões, eu posso dizer o seguinte: seus autores e apoiadores nada entendem de Educação Sexual.

Anônimo disse...

Enquanto isso.....

CORREGEDOR QUE ENTREGOU REITOR À PF JÁ FOI CONDENADO POR CALÚNIA E DIFAMAÇÃO

Apuração exclusiva do portal Jornalistas Livres descobriu que o corregedor geral da UFSC, Rodolfo Hickel do Prado, já respondia por inúmeras denúncias de calúnia, difamação, ameaças e intimidações quando fez acusações que devastaram a moral do reitor da universidade, Luiz Carlos Cancellier, que acabou cometendo suicídio há três semanas, aos 59 anos
30 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 19:39 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

JUSTIÇA DOS EUA BARRA PROIBIÇÃO DE TRUMP A PESSOAS TRANSGÊNERO NAS FORÇAS ARMADAS
UN Photo/Eskinder Debebe
Proibição havia sido anunciada em julho deste ano pelo presidente no Twitter; decisão foi barrada por uma corte da capital americana nesta segunda-feira 30
30 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 17:04 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Ultra 8 disse...

O COMUNISMO FOI CRIAÇÃO DOS JUDEUS,A GLOBO PERTENCE A JUDEUS,É LÓGICO QUE JUDEUS NÃO GOSTAM DE CRISTÃOS.

GEORGE SOROS É JUDEU E COLABORA COM MILHÕES DE DÓLARES,ONGS E OUTRAS TRALHAS ESQUERDISTAS,PARA DESTRUIR A SOCIEDADE OCIDENTAL CRISTÃ.

O PIOR DE TUDO QUE,"IDIOTAS ÚTEIS" CRISTÃOS,COM LAVAGEM CEREBRAL DENTRO DAS ESCOLAS E UNIVERSIDADES,COLABORAM COM A DESTRUIÇÃO DE SUA PRÓPRIA CULTURA E ECONOMIA...

PARABENS SIONISTAS,A NOVA ORDEM MUNDIAL EM BREVE VINGARÁ POR COMPLETO.