Marcelo Odebrecht diz ao TSE que dinheiro sujo cobriu 4/5 das doações para campanha de Dilma

Em vez de ferir Michel Temer, como até os peemedebistas e petistas esperavam, MO disparou balas de prata nas testas de Dilma e de Lula. Veja (ao lado) já tinha dito que eles sabiam de tudo. Agora, falta enfiar na cadeia a dupla e proscrever o PT.


O empreiteiro Marcelo Odebrecht prestou depoimento de 4 horas para o ministro Herman Benjamin, TSE, relator da ação do PSDB que pede a impugnação da chapa Dilma-Temer. O blog O Antagonista desta noite, diz que obteve com exclusividade boa parte do conteúdo do depoimento de Marcelo Odebrecht ao ministro Herman Benjamin do TSE. 

O blog diz que o material é explosivo. Leia o texto:

Ele revelou que quatro quintos do total doado à campanha de Dilma Rousseff em 2014 foram no caixa dois. No total, a Odebrecht deu 150 milhões de reais ao PT. Cinquenta milhões de reais foram em pagamento à edição da medida provisória 470, em 2009, que beneficiava a empreiteira. Ou seja, propina para o governo Lula. Como o PT não precisava desse dinheiro em 2010, para a primeira campanha de Dilma, ele foi pago em 2014.

MO também disse ao relator do TSE que Dilma sempre soube de todo o esquema de propina:

- Em detalhes.

A MP 470 envolve diretamente estes integrantes do governo: Lula, Antonio Palocci e Gilberto Carvalho...

16 comentários:

sempre mais disse...

Kkkkkkkk......a comunistona deveria ir à Europa e falar em golpe agora. Golpe esta vaca nos deu!

Paulo Helmich disse...

Vejo muita gente comentando e afirmando que mais uma vez Lula não foi delatado!!! Ora, o processo que corre junto ao TSE refere-se à Impugnação da Chapa Dilma/Temer, de sorte que nada tem a ver com Lula, pelo menos diretamente!! Logo, MO não foi perguntado se Lula sabia ou não sabia do dinheiro arrecadado pela chapa, pois não é esse o foco da ação!!
É claro que, no momento oportuno, e no processo correto, MO será questionado acerca de RECEBIMENTO DE PROPINAS por políticos, inclusive Lula!! Aguardem, pois!!!

Anônimo disse...

Blog do Polibio Braga...

Odebrecht reafirma "doação" de R$ 10 milhões para o PMDB, a pedido de Temer:

Marcelo Odebrecht prestou novo depoimento nesta segunda e terça-feira em Curitiba. O ex-presidente da Odebrecht confirmou o episódio do jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, com a presença do então vice-presidente Temer e de Eliseu Padilha. Neste evento, segundo os delatores, foi acertado o pagamento de 10 milhões de reais para a campanha peemedebista.mDe acordo com Melo Filho, diretor da empreiteira, a entrega do dinheiro saiu do caixa 2 da empresa e foi repassada a Padilha. Marcelo Odebrecht não deu detalhes sobre os trâmites do caminho do dinheiro. O ex-executivo da Odebrecht delatou que o hoje ministro da Casa Civil pediu que parte dos recursos fosse entregue no escritório de José Yunes, assessor e amigo de Temer, em São Paulo. O relato atinge o presidente Temer, que pediu 10 milhões de reais a Marcelo Odebrecht em 2014. Segundo o delator, esse valor foi pago, em dinheiro vivo.

Também nesta quarta-feira, o jornal o Estado de S. Paulo noticia que o Palácio do Planalto está preocupado com o fato de Melo Filho ter dito à Lava Jato possuir elementos de prova, como ligações telefônicas, sobre suposto pedido de dinheiro por Temer. Melo Filho, ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, citou recursos repassados a diversos líderes peemedebistas em sua delação, de acordo com vazamentos do conteúdo.

VEJA teve acesso à íntegra dos anexos de Claudio Melo Filho. Em 82 páginas, ele conta como a maior empreiteira do país comprou, com propinas milionárias, integrantes da cúpula dos poderes Executivo e Legislativo. A clientela é suprapartidária.

PS: Em um dos depoimentos Marcelo Odbrech mentiu, ou em Curitiba ou para o TSE, vamos esperar se tem provas materiais. Se ele mentiu em Curitiba vai continuar preso.

Anônimo disse...

Temer quer anular delação de Odebrecht, diz Folha:

POR FERNANDO BRITO · 01/03/2017 - O Tijolaço

prontofalei

“A defesa do presidente Michel Temer estuda questionar a legalidade dos depoimentos de delatores da Odebrecht, incluindo o do ex-presidente da empreiteira Marcelo Odebrecht, ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral)”, diz a Folha.

O argumento é que tudo foi produto de “vazamentos”.

O que, até agora, não foi produto de vazamentos, atropelos, delações impostas na base do “ou dedura ou fica em cana”?

Os sites de extrema direita começam a divulgar versões que não se sabe o quanto são fantasiosas do depoimento de Marcelo Odebrecht.

Uma delas, inverossímil até o talo, de que a Odebrecht teria acertado uma ajuda de campanha em 2010 que teria sido paga em 2014.

Curioso é que nada sobre Temer aparece, embora isso seja o centro da questão, porque cassar Dilma, já cassada, é no mínimo um pleonasmo jurídico.

E que o conteúdo do depoimento em relação a Temer não “vaze”, embora já seja de conhecimento público.

Do que vazou, é difícil acreditar que possa ir além do “ela sabia” das contribuições de campanha. Dilma não é Temer e quem a conhece sabe que ela jamais trataria de pagamentos e valores, como fez o vice-presidência.

Mas é vergonhoso como, a esta altura, o sigilo das delações continue servindo a dois objetivos espúrios: o de permitir que se manipule o seu conteúdo e , como faz Temer, usar o segredo de Polichinelo para procurar anular ou protelar o processo até que, em outubro, ele possa ter nomeado três dos sete juízes que irão julgá-lo.

Faça a si mesmo uma pergunta: estivesse você no lugar de Marcelo Odebrecht , a quem você pouparia e sobre que você “descarregaria”?

Pois é.

Só, perdoem-me o palavreado gaúcho, só juristas “cabaçudos” podem acreditar que uma delação premiada seja uma confissão sincera e não um negócio friamente calculado....

PS: Perguntar não ofende: Se o depoimento de MO lirou "totalmente" o depoimento, porque o traíra quer anular o depoimento de MO?

Anônimo disse...

O ANTAGONISTA:

O pedido de Temer

01.03.17 14:59

Advogados consultados por O Antagonista não acreditam que Michel Temer tenha pedido a Marcelo Odebrecht dinheiro para a campanha presidencial.

Ele sabia que a chapa já estava garantida com os pagamentos de propina ao PT.

Michel Temer deve ter pedido dinheiro apenas para a sua corriola. Nesse caso, o depoimento de Marcelo Odebrecht pode salvá-lo no TSE.

PS: Pedir dinheiro para sua "curriola" dentro do Palácio do Jaburu, tá liberado?

Anônimo disse...

Sempre soube que a Medida Provisória não é de uso habitual do presidente, mas quando há necessidade. Agora vejo que Lula vendia as Medidas Provisórias. Mas a que ponto chegamos. Que horror o que fizeram com o Brasil. Dilma/ Lula sabiam de tudo e negaram até a morte. Esse é o Brasil. O que esperar dos jovens adolescentes após lerem essa notícia tão nociva a Democracia?

Anônimo disse...

Depoimento de Marcelo compromete Temer:

01/03/2017 - Luis Nassif

São inúteis as tentativas de se minimizar as declarações de Marcelo Odebrecht sobre Temer. Segundo as reportagens, Marcelo teria dito que almoçou no Palácio Jaburu com o vice-presidente Michel Temer, mas Temer não mencionou expressamente a quantia negociada, de R$ 10 milhões. O valor foi combinado previamente entre Eliseu Padilha e o diretor de relações institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho.

Ora, o convite para o almoço estava diretamente ligado ao pedido de ajuda à Odebrecht. Era Temer, usando o peso da vice-presidência, no próprio Palácio Jaburu, para influenciar a decisão de Marcelo. Segundo depoimento do empresário, o encontro no Jaburu serviria para selar o acordo de que R$ 6 milhões, dos R$ 10 milhões, seriam destinados à candidatura de Paulo Skaf ao governo de São Paulo (https://goo.gl/XNZta1).

Saliente-se que, de acordo com a delação de Cláudio Melo Filho, o encontro ocorreu dois meses após o início da Lava Jato (https://goo.gl/myUtXa).

Anônimo disse...


É lamentável que Luladrão e Dilmaléfica nunca são presos!!

Luladrão filho da putz, criminoso tem que ser punido, pra Justiça ser feita. Ele não é melhor do que ninguém, e é o maior traidor do povo brasileiro!

Dilmaléfica, aquela frígida da mandioca fedida, tem que pagar pelos assaltos que cometeu contra os cofres públicos.

Dilmala será presa pelo FBI.

A bruxa velha, Luladrão e o PT também roubaram os acionistas americanos, os fundos de pensão sócios da Petrobras.

Anônimo disse...

E AGORA JOSÉ ? E AGORA VOCÊS , LULA, DILMA, PALOCCI E GILBERTO CARVALHO ??? E AGORA , PT ???

Anônimo disse...

Sou da direita ideológica, não sou conservador formolizado, nem coxinha ou babacodireitista.

Anônimo disse...

E O ZÉ POVO BURRO,IDIOTA AINDA QUER ELEGER O LULA DE NOVO.O BRASILEIRO SE ACHA ESPERTO,MAS É O POVO MAIS IGNORANTE E COM PENSAMENTO RETARDADO DO PLANETA.DESDE QUE FOI DESCOBERTO PELO CABRAL O POVO SEMPRE QUIS E DESEJOU QUE ESTE PAÍS FOSSE SEMPRE ATRASADO E DE TERCEIRO MUNDO.UM PAÍS QUE TEVE A PRESIDÊNCIA MAIS CORRUPTA DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE,COMO LULA E DILMA,NÃO MERECE SER CHAMADO DE PAÍS.TODO MUNDO ERRA,MAS O POVO INSISTIR COM LADRÕES NO PODER,É DEMAIS,É PEDIR PARA O BRASIL SEMPRE FICAR NA VANGUARDA DO ATRASO.

Anônimo disse...

CADEIA NA DILMA LESA PATRIA, RECEBER DE CONTA DO EXTERIOR PRA CAMPANHA DÁ CADEIA- JAULA NELA, CHEGA DE A BLINDAREM- JANOT E STF A BLINDAM

ODEBRECHT ENTREGOU O PT E ENTREGOU DILMA DISSE QUE SE REUNIU VARIAS VEZES COM DILMA, FALOU TAMBEM DA MP DO DESGOVERNO LULA EM 2009-- QUEREMOS AGORA JAULA NO LULA E NA DILMA- CADE, ELE TAMBEM ENTREGOU O MANTEGA EX MINISTRO PETRALHA, HUM.... ONDE TEM ESTA SEITA TEM M.....- PALOCI, DIRCEU ,VACARI UM DOS TESOUREIROS, A AMANTE DO MOLUSCO , HUM... GENTALHA SAFADA SEM VERGONHA
ODEBRECHT JA DISSE HA TEMPO QUE ENTREGOU MAIS DE 22 MILHOES EM MAOS PRO LULA E OUTRO DELTOR AMBEM DISSE QUE ENTREGOU MAIS DE 22 MILHOES PRO LULA TAMBEM, MAS O MOLUSCO CONTINUA BLINDADO AFINAL COMO ELE DISSE EM SEUS TELEFONEMAS IMUNDOS O STF É ACOVARDADO E O JANOT PROCURADOR O DEVE...POIS É, VAI VER QUE O DEVEM MESMO POR ISTO ELE É BLINDADO ASSIM

Anônimo disse...

Vou resumir: NÃO TEM UMA MÍSERA PROVA DE TUDO ISSO!!!

Anônimo disse...

Resta saber se a MP 470 foi aprovada pelo Congresso Nacional. Se foi aprovada, como votaram os Senhores e Senhoras Dep Fed e Senadores do PMDB, PSDB, PP, PTB, PSC, PPS, PSC, PSB, PPS, PSD porque só com os votos dos Parlamentares do PT, PC do B e PDT, o governo lula não aprovaria a MP.

O editor, como jornalista investigativo, poderia fazer uma pesquisa no google e trazer o resultado, senão ele vai aparecer......

Anônimo disse...

Enforquem o último trouxa que acredita na Lava Jato com as tripas do último otário que confia na Globo:

02/03/2017 - O Cafézinho

Escrito por Miguel do Rosário...

A grande imprensa americana está em choque. Pela primeira vez em décadas, quiçá desde os anos 30 e 40, quando se opôs agressivamente às ações sociais de Roosevelt (gerar empregos sempre foi considerado “esquerdista” demais para os magnatas da imprensa), ela terá que fazer jornalismo de verdade.

Trump é o Mefistófeles da imprensa corporativa americana: “aquele que, fazendo o mal, engendra o bem”.

O slogan do Washington Post agora é “a democracia morre na escuridão”, e o New York Times lançou uma campanha em que afirma que “a verdade é difícil. Difícil de encontrar. Difícil de saber. A verdade é mais importante agora do que nunca”.

Há um lado muito cômico nisso tudo. A grande imprensa americana – assim como suas subsidiárias no terceiro mundo – sempre viveu de mentiras. A dobradinha da Casa Branca com New York Times, Washington Post, CNN e demais órgãos de jornalismo, sempre foi, para sermos delicados, diabólica. Quem pode negar a responsabilidade do New York Times pelas mentiras da CIA sobre a presença de “armas de destruição em massa” no Iraque?

Aquilo foi um crime jornalístico de proporções bíblicas, porque foi o pecado original que destruiu todo o Oriente Médio, matou milhões de pessoas e fez o terrorismo internacional crescer umas dez, vinte ou trinta vezes!

Antes das guerras que arrasaram o oriente médio, os terroristas tinham que se esconder em cavernas do Afeganistão, e não possuíam nenhum atrativo. Hoje eles formam um país à parte, em meio a uma região destruída pela guerra, e seduzem jovens no mundo inteiro.

A mídia americana, New York Times à frente, é a principal culpada, porque foi ela que deu aval para a Casa Branca levar adiante aquela guerra insana, contra a qual o mundo inteiro se ergueu, e que sequer contou com o aval da ONU, em geral sempre tão dócil aos caprichos do Tio Sam.

Sim, a verdade é muito difícil, New York Times!

No Brasil, no entanto, temos uma situação curiosamente invertida. A mídia brasileira hoje não pode sequer se arriscar a fazer uma campanha pela “verdade”, porque está tão atolada em suas próprias mentiras que, se o fizesse, seria imediatamente ridicularizada pelas redes sociais.

Além disso, o tempo de fazer jornalismo de oposição já terminou. Hoje, os grandes meios de comunicação apenas querem saber de partilhar o butim das verbas públicas e praticar o jornalismo mais chapa-branca possível.

E aí entra a “irritação” mencionada no título do post.

Eu fico realmente irritado com dois tipos de ingenuidade: acreditar na Globo e acreditar na Lava Jato. É uma irritação constante, e que me leva a uma posição contramajoritária, claro, porque o Brasil virou um país de trouxas, em que metade acredita na Globo e a outra metade na Lava Jato.

Bastou o Globo botar, no final do Carnaval, uns bloquinhos gritando “Fora Temer”, e aparecem analistas dizendo que a Globo “abandonou o barco”, ou não está mais apoiando o governo…

Francamente!

A Globo é o governo!

Se ela veicula alguma crítica à corrupção dentro do governo é porque ela precisa manter o controle da narrativa, que inclui justamente segurar para si o monopólio dos vazamentos da Lava Jato e das denúncias. Mas é tudo devidamente mastigado e filtrado de maneira a não atrapalhar o golpe.

Dei uma repassada na edição impressa do Jornal O Globo dos últimos dias, e aquilo já passou do estágio de chapa-branquismo. Não é mais sequer uma assessoria formal do governo. É o próprio Ministério da Comunicação!

Naturamente que, para enganar os trouxas de sempre, a Globo, assim como a Veja, precisa veicular algumas denúncias, fazer algumas críticas. Em alguns casos, precisa até mesmo arrumar um boi de piranha, para canalizar os ódios sociais, como é o caso de Eliseu Padilha...

Anônimo disse...

Aécio pediu R$ 15 milhões, diz Odebrecht:

2 de março de 2017 - Blog do esmael

O empreiteiro Marcelo Odebrecht, em seu depoimento nesta quarta (1º), afirmou que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) lhe pediu R$ 15 milhões em propina na eleição de 2014.

Por considerar o valor muito alto, Odebrecht diz que negou o pagamento da soma. Então, ainda segundo o depoente, o tucano sugeriu que o dinheiro fosse distribuído em contas de aliados políticos.

O valor do pedido confere com aquele descrito na planilha da Odebrecht apreendida pela Lava Jato.

No documento do “Departamento de Propinas” da Odebrecht está registrado que “Mineirinho” recebeu R$ 15 milhões.

Odebrecht prestou depoimento em Curitiba, ontem, na ação que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que pede a cassação da chapa Dilma-Temer por abuso de poder econômico.

PS: Se o vazamento de MO é verdadeiro o "mineirinho" e, por extensão o PSDB (FHC, Serra, Alkmin, Aluisio Ferreira Nunes, Dória, Marquesan, Yeda) estão perdidos (parafraseando o editor), já que o aécio (mineirinho) é Presidente Nacional do PSDB.