Curriola ministerial de Lula não vê "nada demais " em depor na Polícia Federal

O ex-ministro Gilberto Carvalho, tratado como "seminarista" pelas empreiteiras corruptoras do Lava Jato, disse hoje que não vê nada demais em sentar no banco da Polícia Federal para depor.

Ele também não viu nada demais quando ouviu do delegado Romeu Tuma Júnior a declaração de que seus amigos haviam assassinado Celso Daniel, em pleno gabinete do Palácio do Planalto.

Lula também foi convocado.

E mais vários ministros do governo do ex-presidente, além de Carvalho. Entre eles, estão Miguel Rosseto e Ideli Carvalho.

4 comentários:

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKK... CURRIOLA FAZIA HORAS QUE EU NÃO LIA!!!!MAS É MAIS DO QUE PERTINENTE... KKKKKKKKKKKKKKKK
ESSE PESSOAL PÃO-E-MORTADELA SÃO MUITO ESTÚPIDOS MESMO.

Anônimo disse...

Já virou rotina membros da quadrilha deporem na polícia federal, em qualquer outro país civilizado esses vagabundos colocariam o cargo a disposição.

Anônimo disse...

GAZETA DO POVO 11/09/2015

PF pede ao Supremo que Lula seja ouvido pela Operação Lava Jato:

Em relatório entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (10), o delegado da Polícia Federal Josélio Azevedo de Sousa solicitou que o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva seja ouvido em inquérito no STF que trata de parlamentares com foro privilegiado como desdobramento da Operação Lava Jato. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (11) pela revista Época e confirmada pela Folha de S.Paulo.

(...)

Em seu relatório, o delegado reconhece que não há provas do envolvimento direto de Lula, porém considera que a investigação “não pode se furtar à luz da apuração dos fatos” se o ex-presidente foi ou não beneficiado “pelo esquema em curso na Petrobras”, “obtendo vantagens para si, para seu partido, o PT, ou mesmo para seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidário sustentada à custa de negócios ilícitos na referida estatal”.

Ao citar eventuais indícios sobre o papel de Lula no esquema da Petrobras, o delegado reconheceu que o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa apenas “presumem que o ex-presidente da República tivesse conhecimento do esquema de corrupção”, tendo em vista “as características e a dimensão do mesmo”.

O delegado frisou que “os colaboradores, porém, não dispõem de elementos concretos que impliquem a participação direta do então presidente Lula nos fatos”.

.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.

REUTERS BRASIL 25 AGO 2015

Doleiro Youssef diz que Aécio recebeu dinheiro de corrupção de Furnas

BRASÍLIA (Reuters) - O doleiro Alberto Youssef afirmou nesta terça-feira durante depoimento à CPI da Petrobras que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) recebeu dinheiro de corrupção envolvendo Furnas, subsidiária da Eletrobras.

"Eu confirmo (que Aécio recebeu dinheiro de corrupção) por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador dele", disse o doleiro.

.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X

Xi, o Delegado da PF pede para ouvir lula porque Youssef e o Paulo Roberto Costa apenas “presumem que o ex-presidente da República tivesse conhecimento do esquema de corrupção”, tudo bem.
Já quando o doleiro s "confirma" que o atual Senador e candidato derrotada nas eleições de 2014, do PSDB recebeu dindin: "Eu confirmo (que Aécio recebeu dinheiro de corrupção) por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador dele", sequer a PF pede para ouvir o Senador.
Se aqui não é dois pesos e duas medidada, então eu to loco.

Anônimo disse...

Quero soltar foguetes quando o delegado da PF disser "teje preso" para cada um desses canalhas. O Brasil vai festejar como se fosse feriadão de carnaval. Aí quero ver elles acharem tudo normal, na PAPUDA (em Curitiba não tem mais lugar e não quero ver o ar empesteado).