Novo ministro do Desenvolvimento Agrário recrudesce com índice de produtividade da terra

O novo ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, PT, avisou que quer rever os índices de produtividade da terra.

. No governo Lula, o MDR aterrorizou agricultores do RS com medições esotéricas para impor a reforma agrária na marra.

3 comentários:

Anônimo disse...

Tem que ver os indices de produtividade dos assentados e ver aqueles que locam suas propriedades para outros produzirem.
Parece que a presidanta adora criar conflitos.Na legislatura passada foi o caos com as quilombolas e terras indígenas.gora volta com essa papagaiada da funcão social da terra.
Justo no setor que tem segurado as pontas do governo:o agropecuario.Parece mesmo que ela quer o quanto pior,melhor.

Anônimo disse...

Prezado Políbio,

Taí um assunto que poderias colocar em debate no teu blog.
Esta "reforma agrária" é bandeira esquerdista do início do século passado.
Na atualidade o que precisamos buscar é produtividade e escala de produção. Este modelo arcaico que a esquerda e a Igreja católica defendem é um mero instrumento de manipulação das massas que não traz ou trará quase nenhum benefício à sociedade. A produção do campo só se torna eficaz, independente da cultura ou atividade, se tiver tecnologia e mecanização, tendo como retorno qualidade e produtividade.
Pelo que vemos nos assentamentos já efetivados em nome desta "bandeira" esquerdista o sistema produtivo implementado pouco difere do que se fazia na época do Brasil colônia, sem contar com os subsídios necessários para manter os assentados e compensar a falta de produtividade pois nem o próprio sustento conseguem obter.
Tá lançado o desafio.

Abraço,

Rogério

Anônimo disse...

Este ministro salafrário que nunca plantou um pé de alface está se lixando para a produtividade da terra, que ele
nem sabe do que se trata.
O que ele sabe é que produtividade
pode servir de desculpa para invadir a propriedade privada,
isto sim, importante para os comunistas, para transformar o pessoal do campos em miseráveis
que é no que são reduzidos no comunismo. Reforma agrária para ocupar a terra, plantar e produzir, com credito rural e assistência técnica?
NADA! Só tirar os proprietários da terra, sem ao menos pagar o valor dela aos proprietários:COISA DE LADRÕES!!!