BB continua com força-tarefa em Santa Cruz do Sul. Investigação dos empréstimos do Pronaf prosseguirão em janeiro.

A força-tarefa montada pelo Banco do Brasil para reexaminar todos os contratos concedidos no âmbito do Pronaf na região de Santa Cruz do Sul só terminará no final de janeiro.

. O escãndalo é objeto da Operação Colono, desfechada pela Polícia Federal e MPF, mas interrompida por ordem do ministro Teori Zavascki, atendendo pedido do chefe do MPF, Rodrigo Janot. Ambos não gostaram de ver investigações sobre o deputado Elvino Bohn Gass, que possui foro privilegiado.

. Colonos da região gaúcha suicidaram-se por não pagar empréstimos que não tomaram, forjados por lideranças do PT que usaram o dinheiro para campanhas eleitorais e desfrute pessoal.

6 comentários:

Anônimo disse...

É o estilo Robin Hood do PT. Tirar dos colonos trabalhadores para dar ao MST !

Anônimo disse...

esse é o país das investigações...

que geralmente não chegam a lugar algum...

Anônimo disse...

SÓ COM MUITO EMPENHO DA POLÍCIA FEDERAL PODE DAR ALGUMA PUNIÇÃO AOS CULPADOS.
MAS, NÃO DEVOLVERÁ A VIDA AOS INOCENTES.

ACREDITO QUE OS DEPUTADOS ENVOLVIDOS NÃO SERÃO PUNIDOS PORQUE FAZEM PARTE DO EIXO DO MAL: PT-STF-EXECUTIVO BOLIVARIANO.

Anônimo disse...

E ainda assim, Dirrma ganhô entre os colono tabaiadô!!! Burro tem que pastar!!!!

Anônimo disse...

Também gostaria de ver investigado o Bendini - o presidente do BB, aquele que esconde dinheiro em malas no seu apartamento, conforme denunciou seu motorista. Será que o dito não confia no banco que preside, ou será que essa grana tem origem ilícita? Vejam só que marginais o Pt põe à frente das instituições mais importantes do Brasil!

Anônimo disse...

Esse "bom gás" além de foro possui "faro privilegiado". Sabe onde está a grana!kkkkkk