Produção industrial recua 5,8% no mês de abril

A produção industrial brasileira caiu 0,3% em abril em relação a março, e recuou 5,8% na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A produção industrial tem caído mês após mês, revelando perda enorme de produção e produtividade, além de empregos e renda. É um cenário desolador. O governo não parece entender o que ocorre e não toma medidas para reverter o cenário. 

. Em março, a atividade do setor também caiu em ambas as comparações, 0,5% ante fevereiro e 0,9% em relação a março do ano passado. 

. Com os novos dados, no ano o indicador acumula queda de 1,2% no primeiro quadrimestre, mas, nos últimos doze meses até abril, a produção industrial subiu 0,8%. 

. O desempenho de abril do setor foi influenciado sobretudo pelo segmento de bens de capital, medida de investimento, com recuo de 0,5% ante março e de 14,4% sobre o ano anterior. Entre os ramos de atividade, o IBGE informou ainda que 12 dos 24 pesquisados tiveram queda mensal em abril, com destaque para metalurgia (queda de 2,7%), produtos de minerais não-metálicos (recuo de 1,5%) e confecção de artigos do vestuário e acessórios(1,6%).

-  A indústria brasileira vem passando por momentos difíceis, com altos e baixos, sem demonstrar recuperação mais consistente e refletindo na confiança. Segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV), o Índice de Confiança da Indústria recuou 5,1% em maio sobre abril, passando de 95,6 para 90,7 pontos. Esta foi a maior variação negativa desde dezembro de 2008.
Na pesquisa semanal Focus, do Banco Central, a expectativa de economistas é que a indústria cresça 1,24% em 2014, abaixo da economia como um todo para o período, com crescimento de 1,50%. Para 2015, a estimativa é de expansão de 2,20% ante 1,85% do PIB. 

CLIQUE AQUI para ler reportagem da Folha de hoje sobre o diagnóstico de Lula sobre a queda do PIB. Ele atribui tudo ao mau humor dos empresários com o governo. Lula deve se referir aos industriais de SP, porque no RS a Fiergs continua demonstrando enorme bom humor com o governo Dilma, enquanto seus associados caem precipício adiante.

32 torneiras de chopes artesanais de várias partes do mundo
no Bier Markt Von Fass.
Veja carta e cardápio das duas casas em
www.biermarkt.com.br

4 comentários:

Unknown disse...

E aqle CAOS que vc antecipou, la pelo ano 2002, lembra? Agora so nos resta e chamar o FHC, o Arminio (O Malan nao da pra cmar porque ele esta tratando daqle processo em que e acusado de FARUDE, FALSIFICACAO, ETC...) e outros ÇABIOS DA TUCANALHA pra gerir o CAOS. Eu, inclusive, nao sei porque nao se INICIA, agora, o movimento VOLTA FHC!

Unknown disse...

E aqle CAOS que vc antecipou, la pelo ano 2002, lembra? Agora so nos resta e chamar o FHC, o Arminio (O Malan nao da pra cmar porque ele esta tratando daqle processo em que e acusado de FARUDE, FALSIFICACAO, ETC...) e outros ÇABIOS DA TUCANALHA pra gerir o CAOS. Eu, inclusive, nao sei porque nao se INICIA, agora, o movimento VOLTA FHC!

Anônimo disse...

Eu desafio o editor a informar apenas um lugar do mundo onde a indústria cresceu. A indústria caiu no mundo inteiros. O setor que mais cresce é o de serviços.

NEWTON disse...

Não faltava mais nada, agora até o IBGE esta fomentado o caos econômico no Brasil, NÉ SGARBI?