Para Financial Times, Brasil é o ‘perdedor’ de Davos

O jornal Valor de hoje repercute reportagem do jornal inglês Financial Times, que aponta o Brasil como o grande “perdedor” do encontro de Davos, a despeito das tentativas da presidente Dilma Rousseff de resgatar a imagem do país entre investidores estrangeiros. Leia mais:

Já o México seria o grande “vencedor” entre as nações participantes. A avaliação foi feita pelo blog “Beyond Brics”, do jornal britânico “Financial Times”. De acordo com a publicação, “não era fácil ouvir algo de positivo sobre o Brasil” em Davos. A falta de investimentos estruturais e o excesso da participação do consumo no crescimento do país foram os fatores citados para o pessimismo dos presentes com a economia brasileira. Na ponta oposta, o FT elegeu o México como o “vencedor” de Davos. Para o diário econômico, a confiança de investidores na presidência do país se reflete nos investimentos de companhias internacionais anunciados ao longo do evento. Entre eles estão a Cisco, que investirá US$ 1,3 bilhão, a Nestlé, com US$ 1 bilhão e a PepsiCo, com outros US$ 5,3 bilhões. O FT também elegeu países africanos em crescimento, como a Nigéria, Tanzânia e Quênia, como os que chegaram mais próximos de competir com o México pela preferência dos presentes. As percepções sobre China foram consideradas “neutras”, embora pendessem mais para o otimismo. Já a Índia despertou pouco entusiasmo entre os presentes e foi classificada como “de neutra a negativa” em termos de percepção.

10 comentários:

Anônimo disse...

É, não vai ser fácil colocar a casa em ordem.

Antes disto, a LIMPEZA é primeira e imperativa.

Na casa foram colocados mais de 50.000 ratos.

Anônimo disse...

E alguém tinha dúvida de que o Brasil é um perdedor ? Com essa politicagem rastaquera e políticos fisiologistas e incapazes o que queriam do Brasil/Banânia ?

Anônimo disse...

Para quem duvida vejam o crescimento do Pib dos países no Index Mundo no Google.O Paraguai cresceu em 2013 14% e ficou em 3º lugar no mundo,outros países tem crescido taxas elevadas enquanto o Brasil fica derrapando na lama e não sai do lugar.Vejam o crescimento de Angola.

Anônimo disse...

O pt só enganou enquanto a herança do plano real deu pro gasto. Quando foi preciso mostrar competência administrativa a coisa começou a desandar. Se não souberam administrar quando a balança estava equilibrada, imaginem só o que vem agora.

Anônimo disse...

Muita calma nessa hora anonimo das 16:21 a economia da Argentina cresceu mais que a do Brasil e a Argentina está numa M. mesmo assim a Argentina é 50 vezes mais forte que o Paraguai.Compare o Paraguai com o Estado do Ceara, mesmo assim o Ceará é mais forte que o Paraguai.

Comparar o Brasil com o Paraguai está fora de questão, o Brasil sozinho é mais forte que todos os paises do méxico para baixo.

Mal comparando, na crise de 2009 o Brasil cresceu mais que os EUA, nem por isso os americanos deixaram de ser mais fortes que o Brasil.

Anônimo disse...

TEM COISAS DIFÍCEIS DE ENTENDER, O BRASIL NÃO PODE SER ENCARADO COMO PAÍS DEMOCRÁTICO E CAPITALISTA POIS SÓ DÁ PREJUÍZO, TAMBÉM NÃO PODE SER ENCARADO COMO COMUNISTA POIS A CHINA DÁ UM LUCRO EXTRAORDINÁRIO.




EDUARDO MENEZES

Anônimo disse...

ué mas não é a 6ª maior economia do mundo...vai ter copa, carnaval, tem BBB14, tudo funciona.
CADÊ OS MARKETEIROS DO PT ??????

Anônimo disse...

O Paraguai só começou a melhorar depois do golpe

Anônimo disse...

Como tem gente burra, se um país tá numa forte crise, quando ele começa a se recuperar é evidente que na comparação com ele mesmo ele vai ter um crescimento bem maior do que aquele que teve uma crise bem menor, as comparações de vocês são ridiculas.

Anônimo disse...

O Brasil só parou de crescer porque a demanda do povo diminuiu! As pessoas já compraram tudo que podiam, a classe pobre virou classe média com o Bolsa Esmola, a classe média virou classe rica (quem possui um milhão em bens no Brasil é considerado rico), e a classe rica está sendo financiada pelo BNDES! Esse é o país da Fantasia! Viva Cuba!!!!KKKKKKKK!!!!!