PP vai ao PSB para oferecer palanque para Campos e vaga de senador para Beto Albuquerque

Neste momento a direção do PP do RS reúne-se com a direção do PSB. O pedido foi do PP. O Partido quer o apoio dos socialistas à candidatura de Ana Amélia e para isto estão dispostos a ceder palanque para o governador Eduardo Campos, além da vaga de senador para o deputado Beto Albuquerque.  

8 comentários:

Anônimo disse...

O PP se aliando com os seus algozes!

Esse PP guasca não tem jeito mesmo! Esse PP gaudério não se emenda mesmo!

Parece-me que só nos resta, como conservadores, de direita e cristãos (católicos e protestantes/evangélicos), darmos o nosso voto de protesto, mandando esses traidores para os quintos do Inferno, não votando em ninguém, já que não temos sequer um mísero partido de direita pera receber nosso voto!

Triste! Lamentável! Vergonhoso!


Almirante Kirk

Jaco do Morro Belo disse...

O PP acreditar nesta turma do PSB, são todos bajuladores dos petistas. Na hora H viram o cocho e ainda querem palmas, Ana Amélia cuida com quem andas. Esta turma não é confiável.

Aquiles disse...

O Almirante Kirk esta correto, como de hábito.

Estes oportunistas sem visão de partidos como PP, PMDB, DEM e outras diarréias tem uma visão estreitíssima e de curtíssimo prazo.

Procuram se aliar com estercos como PSB e PCdoB sabendo de antemão que estes partidos lhes destruiriam se pudessem.

Não dá para entender.

Anônimo disse...

STF condena senador Ivo Cassol por fraude em licitação:

Crime ocorreu quando parlamentar era prefeito de Rolim de Moura (RO), entre 1998 e 2002:

O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta quinta o senador Ivo Cassol (PP-RO) por crime de fraude em licitação. Ele foi considerado culpado por todos os dez ministros que participaram do julgamento. Os fatos ocorreram na época em que ele era prefeito de Rolim de Moura (RO), entre 1998 e 2002.

Segundo denúncia do Ministério Público, o esquema criminoso consistia no fracionamento ilegal de licitação em obras e serviços de engenharia para permitir a aplicação da modalidade convite. Com o método, apenas as empresas envolvidas na fraude disputavam a licitação, prejudicando o processo competitivo.

O julgamento foi retomado nesta tarde com o voto do revisor, ministro Antonio Dias Toffoli. Nessa quarta, a relatora Cármen Lúcia condenou três dos nove réus. Além de Cassol, a ministra considerou culpados o então presidente da Comissão de Licitação do município, Salomão da Silveira, e o vice-presidente da mesma comissão, Erodi Matt.

(...)




Luiz Vargas disse...

Incrível!
No estado dos botocudos os trastes caem para cima!

Anônimo disse...

A senadora Ana Amélia parece gostar de coligações inviáveis e sem nenhum rastro ideológico.
Não voto nela nem com sua turma original(latifundiários e mídia oligárquica) nem com essas alianças para constar.

Anônimo disse...

A Senadora Ana Amélia deve se ligar porque esse PSB fica no governo 3 anos, depois se tiver mal eles pulam fora, ou seja, gostam dos cargos e CCs, mas não gostam dos onus.

Anônimo disse...

Grato, caríssimo "Aquiles", às 18:36!
E parabéns pelo seu comentário, cujo teor subscrevo!

Almirante Kirk