Macron e seus aliados quinta-colunas brasileiros já estão marcados na paleta

5 comentários:

Anônimo disse...

O que é preciso agora é silêncio sobre o assunto. E que a Polícia Federal investigue a atuação desse pessoal (espionagem), principalmente aqueles com acesso a informações privilegiadas do governo.

Anônimo disse...

Quinta Coluna? É muito difícil, eu diria impossível pra um bronco simplório como o Bolsonaro manter um país a mercê de suas lacrações idiotas e infantis, o tempo todo. Rápido, mais depressa que a encomenda, desfaz-se em vento essa aventura que o Brasil embarcou. E espero que sirva de lição, principalmente ao andar de cima.

Anônimo disse...

O que é a permissão de viagem que a Europa exigirá de brasileiros a partir de 2021:

24 AGO 2019 - Portal Terra

Os brasileiros que fizerem uma viagem de turismo, negócios, para cuidados médicos ou simplesmente precisarem de uma conexão na Europa vão precisar de uma nova permissão da União Europeia (UE).

A partir de 2021, alguns países da Europa passarão a exigir permissão de viagem para brasileiros

Além do Brasil, outros 14 países da América Latina estão na lista deste novo requisito, que o bloco europeu insiste em dizer que não é um visto, e que entrará em vigor no final de 2021, após ter sido aprovado pelo Parlamento e pelo Conselho Europeu.

Ele é chamado de Sistema Europeu de Informações e Autorização de Viagem (Etias, na sigla em inglês), uma autorização que os viajantes devem processar eletronicamente ao fazer seus planos de viagem para o chamado Espaço Schengen.

São 26 países entre os quais estão os destinos europeus mais populares, como Espanha, França, Itália, Alemanha, Holanda, Bélgica e Grécia.

Até o momento, o Reino Unido continua a fazer parte da União Europeia, mas não do espaço Schengen, e tem suas próprias regras de visto para visitantes estrangeiros.

Hoje, os cidadãos de países da América Latina que não precisam de visto para viajar para o Espaço Schengen podem viajar livremente entre esses países.

A entrada em vigor do Etias não altera o trânsito livre, mas será um requisito obrigatório para entrar neste espaço.

Já os cidadãos de países latino-americanos que atualmente precisam pedir visto - como Bolívia, Cuba, República Dominicana e Equador - continuarão a ter de cumprir a mesma exigência....

Anônimo disse...

New York Times vê reputação ambiental do Brasil “desmoronando” sob Bolsonaro:

24 ago 2019

Da Gazeta do Povo:

Em reportagem publicada neste sábado, o jornal The New York Times destacou que o tamanho das queimadas neste ano na Amazônia é o maior desde 2010. “O número de incêndios na Amazônia até o momento neste ano, 40.341, é o maior desde 2010 e cerca de 35% maior que a média dos oito primeiros meses do ano”, informa o jornal.

A reportagem aponta ainda que o “desastre ecológico da Amazônia” se transformou em uma crise política global. O NYT relata que a atenção internacional está voltada ao Brasil, também pelo fato do País ser líder em aliar proteção ambiental às florestas tropicais e desenvolvimento econômico. “Essa reputação suada vem desmoronando na era de Bolsonaro”, pontua a reportagem.

Para o periódico norte-americano, é “improvável” que o plano do governo federal possa resolver a “crise subjacente sem uma mudança em suas políticas ambientais”. O artigo afirma que as políticas da atual gestão federal “encorajam mineradores, madeireiros e agricultores a desmatar e queimar áreas protegidas com um senso de impunidade”.

(…)

Anônimo disse...

Esquerdismo é fracasso histórico desde o século 19, mas tem gente que ama fracassar por milênios.