STF, como se esperava, protege Mantega na CPI do BNDES

O ministro Marco Aurélio, conforme previsão do editor, concedeu habeas corpus concedendo ao ex-ministro Guido Mantega, PT, os seguintes direitos, quando comparecer para depor na CPI do BNDES:

- Calar diante de qualquer pergunta, como costumam fazer os marginais diante da autoridade policial, sempre orientados por seus advogados.

- Escapar da prisão, como costuma acontecer com condenados em primeira instância.

Este é o STF.

6 comentários:

Anônimo disse...

Bom, todos sabemos que quem cala consente, se eu fosse o ministro da educação faria o mesmo, só pra ver o circo pegar fogo hahahahah 💪.

Emmanuel disse...

Hora de trocar toda a formação ... esses lutam contra o povo brasileiro.

Anônimo disse...

Concordo que o STF esteja, realmente, na fase mais lamentável da sua existência, mas esse HC não tem nada de mais. O investigado (ou a pessoa que é arrolada formalmente como testemunha mas na verdade é investigada) tem direito de permanecer calado, e isso sempre foi assim.

Anônimo disse...

Fase mais lamentável, o STF???
Está no chão, e nem perceberam. Acabou, triste verdade.

Anônimo disse...

MANTEGA está blindado pelos amigos da Suprema Corte, pois se abrir a boca será um Deus nos acuda .!!!

Anônimo disse...

O judiciário do Brasil é cúmplice do crime.