Sebastião Melo avança com sua proposta de cancelamento do aumento de 16,38% para TJ, TCE, Defensoria e MPE

A mais improvável proposta do deputado Sebastião Melo, MDB, que autoriza a edição de decreto legislativo cancelando aumento salarial de 16,38% para TJ, TCE, Defensoria e MPE, parece, agora, cada vez mais provável.

É que a proposta passou por resistências da Mesa e desde ontem está com um relator da oposição, o deputado lulopetista Pepe Vargas.

TJ, TCE, Defensoria e MPE concederam-se aumento sem autorização da Assembleia. Como se sabe, Executivo e Legislativo não terão aumento salarial algum.

7 comentários:

Anônimo disse...

E a mão grande dos procuradores de estado que se apropriaram dos honorários do estado sem aprovação da assembléia, como fica?

Anônimo disse...

Relator do PT não enfrenta corporações, afinal, são a favor dos 'pobres'.

ganhatudo disse...

São os príncipes da Répública. Eles se autoconcedem aumentos. Pode isto Arnaldo? É uma vergonha que juízes façam parte disso.

Rafael disse...

Favor esclarecer que esse aumento foi somente para juizes e não para servidores. Não coloque todos no mesmo balaio, por favor.

Anônimo disse...

A gentalha não se arremeda...sempre de olho no seu proprio pirão...não ficam nem vermelhos...cambada.

Anônimo disse...

F.d.p. Na coluna da Rosane diz que o Leite vai arrochar tudo o que dá e haverá choro e ranger de dentes nos servidores.E os patifes querem 16% com o baita salário que ganham.Isso é para manter o vidão.Mercedes na garagem,mansão,apto de luxo,viagens internacionais. Ganham uma grana federal e querem 16%. Mello,parabéns por esta atitude.Que tu seja o nosso prefeito.

Cap Caverna disse...

Rafael das 13:19, são tudo do mesmo balaio sim, porque se concederem este aumento descabido aos procuradores e juízes, funciona como efeito cascata, todos ganham. Já está na hora de frear o Judiciário, que se julga acima das leis e dos homens, e legislam em causa própria , desavergonhadamente.