Ex-governador Sérgio Cabral começou sua jornada de delações

O ex-governador Sérgio Cabral começou a delatar, ontem, em depoimento na Justiça Federal do Rio.

Ele foi ouvido pelo juiz Marcelo Bretas.

O jornal O Globo diz que Cabral mudou de atitude e resolveu colaborar com a Justiça.

Ele implicará gente graúda.

Será um Deus nos acuda.

7 comentários:

Anônimo disse...

Com aquele STF em Brasilia, não há qualquer problema, desde que o acusado seja Bandido com Pedigree.

Anônimo disse...

Tem até bispo envolvido. Tem de tudo. Políticos padres pastores tudo pilantras.

Anônimo disse...

DELAÇÃO DE UM CABEÇA! DE UM CAPO? DE UM GOVERNADOR? VAI DELATAR QUEM? O PAPA? A ONU? O FALECIDO CHAVEZ? O OCTA PROCESSADO LULADRÃO?


ISSO SE CHAMA DELITO DE MENTIROSO! POR NÃO TER CONTADO A VERDADE DESDE O INÍCIO E TER SIDO AGRESSIVO, MENTIROSO E SARCÁTICO, DEVERIA TER SUAS PENAS AUMENTADAS!


NADA DE DELAÇÃO! AGORA É PRISÃO EM CASA DE CORREIÇÃO!

Rogerio Mendelski disse...

Estou esperando a confissão (não é delação)do Lula.

Anônimo disse...

Caro Políbio
Quero só ver se o Lula entrará na delação de Cabral. Pensei que não fosse delação, que ele estava falando pq queria. Já que é delação, aguardemos as barbaridades.
Esther

Anônimo disse...

Diz a Constituição Federal que se o ladrão se arrepender e devolver o produto do roubou, não é crime. Só que teria que ser antes da denúncia ser registrada. Agora é tarde.

Anônimo disse...

O Cabral está certo, pois após a delação êle estará mais protegido contra
a queima de arquivo.