Fluxo pedagiado e vendas de papelão ondulado indicam estabilidade da produção industrial em novembro

Dois indicadores coincidentes divulgados ontem apontam para estabilidade da produção industrial de novembro:

Fluxo pedagiado de veículos - Cresceu 1,6% na passagem de outubro para novembro, na série livre de efeitos sazonais, conforme divulgado pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). Esse resultado veio após o recuo de 0,7% registrado na leitura anterior e foi influenciado pelos aumentos nos fluxos de veículos pesados e, principalmente, de leves. Na comparação com o mesmo período de 2017, porém, o fluxo pedagiado ficou estável. 
Papelão - O volume de vendas de papelão ondulado, cujos dados preliminares foram divulgados pela Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO), alcançou 310.941 toneladas em novembro. O resultado reflete um recuo de 0,7% na margem, já descontados os efeitos sazonais, mais do que devolvendo a alta de 0,4% observada na leitura anterior. Por outro lado, na comparação interanual, as vendas de papelão ondulado avançaram 0,8%. 

Assim, a partir desses resultados e de outros indicadores do período já conhecidos, esperamos que a produção industrial registre estabilidade em novembro, o que é condizente com a expectativa de crescimento de 0,1% para o PIB do quarto trimestre.

2 comentários:

Anônimo disse...

papelão mesmo fez Roza Webér ontem num discursinho digno de DCE

Anônimo disse...

Kkkkkk verdade nossos supremos sao muito fracos