Duplicação da BR-116, RS, já tem garantidos R$ 119 milhões para 2019

A duplicação envolve o trecho de 211,5 kms entre Guaíba e Pelotas. Porto Alegre-Guaíba já dispõe de duplicação há muitos e muitos anos. Só o trecho entre Guaíba e Barra do Ribeiro, 50 kms, em obras há 5 anos, custará R$ 190 milhões.

O deputado Afonso Hamm, PP do RS, mandou dizer ao editor que o governo federal confirmou que serão alocados R$ 85 milhões para a duplicação da BR-116 no Orçamento de 2019.

O deputado ouviu isto no próprio Palácio do Planalto. Ele é presidente da Frente Parlamentar em defesa da rodovia e  indicou junto à Bancada gaúcha emenda de R$ 30 milhões para a BR-116. Durante a reunião que aconteceu nesta terça-feira, houve entendimento dos parlamentares para que as obras da 116 sejam priorizadas e o recurso está garantido no Orçamento do próximo ano:

-  Para 2019 temos assegurado em torno de R$ 119 milhões para a duplicação, mais do que o dobro do que o governo vinha colocando nos últimos anos.

3 comentários:

JORGE LOEFFLER .'. disse...



Os problemas da BR-116 são fruto da Constituição dita cidadã


Não temos mais rodovias federais e mesmo estaduais em condições aceitáveis e no caso da BR-116 que une as regiões norte e sul de nosso Estado levando assim cargas ao Porto de Rio Grande.
Vergonha é o não uso de navegação pelo sistema fluvial em nosso Estado. Temos tudo e não nos importamos senão com RODOVIAS. As ferrovias quando do Governo FHC foram jogadas no lixo, infelizmente.
No caso da BR-116 precisamos de um mínimo de racionalidade, pois temos no Exército Brasileiro unidades que são os Batalhões de ENGENHARIA.
Se tal houvesse sido confiado ao Exército certamente essa rodovia já estaria duplicada faz muito tempo. E se alguém duvidar do que digo cito o exemplo do segundo MAIS ALTO VIADUTO FERROVIÁRIO de nosso continente, erguido aqui no Estado pela engenharia do Exército.
E vou mais longe ainda. Tenho na memória que no primeiro Governo da Presidente Dilma ela incumbiu um Batalhão de Engenharia do Exército a fazer em um aeroporto penso que em São Paulo uma reforma necessária e urgente.
Tal obra foi entregue no prazo previsto e ao final da mesma RETORNARAM AOS COFRES DA NAÇÃO mais de CEM MILHÕES DE REAIS que haviam sobrado.
Com nossos “empresários” teria sobrado algum CENTAVO? Eu mesmo respondo que não. E por certo teriam que ter suplementado o orçamento inicialmente previsto. Não são assim necessariamente os SERVIDORES PÚBLICOS os bandidos e EMPRESÁRIOS os mocinhos. Sorte dessa corja que tomou nosso país de assalto que esse povo é burro e assim pautado especialmente por esse lixo denominado de Rede Globo, antro de $onegação.


Anônimo disse...

Importante e urgente que se faça um levantamento dos trechos já quase concluídos da duplicação e se destine estes recursos para a sua conclusão, sinalização e liberação ao trânsito. Assim, serão beneficiados vários milhares de motoristas que transitam diariamente nesta importante estrada. Do contrário, seguirá toda ela inconclusa, caótica, precária e causando acidentes em toda a sua extensão inacabada.

Anônimo disse...

nova cuba?