15 trens comprados no governo Dilma não funcionam. Estatal abriu mão até de testes prévios.

O jornal Zero Hora de hoje faz novas denúncias - estarrecedoras - sobre a compra de 15 trens pela Trensurb, comprados em 2012, no governo Dilma Roussef, PT, por R$ 244 milhões, caso que está sob investigação do MPF e da PF, mas que também já é objeto de ações em juizados federais. Os veículos comprados do Consórcio FrotaPoa (empresas Alstom e CAF) apresentam desde falhas nas rodas até infiltração nos rolamentos. E tudo parece ficar por isto mesmo.

O editor trata da questão de modo recorrente (leia nota a seguir).

A reportagem do jornal dneuncia que treze dias antes de assinar o contrato da compra de 15 novos trens, a Trensurb concordou em abrir mão de testes que poderiam ter identificado e evitado problemas que impedem, hoje, o uso da maior parte dessa frota. Os veículos, adquiridos em 2012 por R$ 244 milhões e recebidos em 2014, nunca funcionaram como deveriam: por problemas técnicos graves, apenas seis trens novos estão em operação.

6 comentários:

Anônimo disse...

Ahhhh, mas algum mistério deve ter....

Anônimo disse...

Eis a prova para aqueles idiotas e imbecis que teimam teimar em votar na organização criminosa petista.O que a Dilma fez que deu certo?Nenhuma.A compra da refinaria de Pasadena.A Dilma autorizou a compra de 1.179 bilhão de dólares.Sem precedentes na história do comércio uma compra tão mal feita e tanto dinheiro jogado fora.Nunca se viu tamanha incompetência de um governo como este.É histórico.A compra destes trens não poderia dar certo mesmo se foi no governo Dilma.Esta mulher deixou o maior rombo no governo de toda a história do Brasil e talvez mundial.E ainda posa de injustiçada,vai por todos os países falando de golpe,falando mal do Brasil que ela quebrou.A cara de pau destes petistas é sem noção.

Justiniano disse...


Quanta sucata foi empurrada no país, certamente os que venderam se desfizeram de projetos velhos e venderam junto com gordas propinas ao gestores.

Essa história de somente duas empresas é balela, tem mais de 8 empresas no mundo que fabricam e produzem para metrôs e trem de alta velocidade, ou seja, houve um favorecimento para essas sucatas serem vendidos por produto de primeira e entregaram produtos de segunda.

Anônimo disse...

Quem fez a compra ficou muito feliz!!!

ganhatudo disse...

No caso está configurado a existência de um crime permanente. Cabe prisão em flagrante de todos envolvidos e que se omitem na adoção de providências.

Anônimo disse...

Dilma nunca soube de nada.