Recessão de Dilma ceifou 432 mil empregos em 2015 e 2015, diz IBGE


A recessão provocada pelo governo Dilma Roussef foi a pior de toda a história do Brasil, ceifando riquezas, renda e empregos.

A recessão econômica produzida pelo governo Dilma, PT,  que atingiu o país de modo devastador nos anos de 2015 e 2016, fulminou 432 mil empregos formais entre 2015 e 2016 somente na indústria da construção civil.

Foi uma retração de 19%. Ela aconteceu em todos os segmentos, principalmente na infraestrutura, onde o recuo foi de 15%. 

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, a Pesquisa Anual da Indústria da Construção 2016 (Paic). O estudo indica que, naquele ano, a atividade da construção somou R$ 318,7 bilhões em incorporações, obras e serviços da construção.