Após duas altas consecutivas, confiança da indústria recuou em abril.

O índice de Confiança da Indústria (ICI) recuou 0,7 ponto entre março e abril, alcançando 101,0 pontos na leitura prévia divulgada há pouco pela FGV. Essa queda – a primeira desde junho passado – veio após duas altas consecutivas, de 1,0% em fevereiro e de 1,3% em março. O resultado negativo foi explicado pela queda de 1,6 ponto do componente de expectativas (segunda queda seguida), que recuou para 101,2 pontos, enquanto o índice de situação atual subiu 0,1 ponto, para 100,7 pontos (segundo avanço consecutivo). O nível de utilização da capacidade instalada, por sua vez, ficou estável em 76,1% na série dessazonalizada.

Apesar do recuo da confiança na margem, a tendência do indicador ainda é de alta, compatível com um quadro de recuperação gradual da indústria, segundo informaram esta manhã os economistas do Bradesco, conforme sua newsletter diária.

Nenhum comentário: