PSC lança Paulo Rabello de Castro para a presidência do Brasil

Em Salvador, na Bahia, neste final de semana, o economista Paulo Rabello de Castro, presidente do BNDES, anunciou sua candidatura pelo Partido Social Cristão (PSC).

Rabello de Castro é autor do livro O Mito do Governo Grátis. Neste sábado, prometeu crédito para as empresas pequenas e crescimento econômico. “Precisamos retomar o crescimento e elevar o PIB de pelo menos 16% para 18%”, disse.

Também falou em defesa da iniciativa privada.

4 comentários:

Anônimo disse...

Este Rabelo de Castro de CRISTÃO não tem nada, está mais para FARISEU, levando em conta o seu SILÊNCIO SEPULCRAL quando ocupou a presidência do BNDES lotado
de roubalheiras bilionárias e frustrou as espectativas dos brasileiros honestos que acreditaram que ele iria desbaratar o quadrilhão de saqueadores
daquele banco! Diante do silêncio dele quando presidente do BNDES, é justo pensar que ele tirou proveito,muito proveito,que levou vantagens para não revelar quem foram os criminosos protegidos pelo seu acumpliciado silêncio!

Anônimo disse...

Será que foi a facilidade da roubalheira bilionária do BNDES que ele constatou quando presidente do banco e não denunciou que o "INCENTIVARAM" a meter os peitos para ficar de dono do campinho como presidente da república e replicar na presidência TUDO DE BOM que ele viu e praticou no BNDES??? Tem GRANDE CHANCE da coisa SR POR AÍ!!!!!

Anônimo disse...

Partido que nao honra acordos nao merece ser votado, depois do que fizeram com o Bolsonaro o PSC nao leva um unico voto meu.

Carlo Germani disse...

Só aparece socialista/comunista à presidência da República.

Quando terá um candidato com verdadeiro perfil de Estadista,conservador,forte economia liberal (*),equipe de notáveis e com verdadeiro projeto de nação?

(*) O Brasil e toda a América Latina ainda não tiveram,na prática,o capitalismo verdadeiro.