Paulo Rabello pode estar de saída do BNDES

O presideente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, pode ser demitido do cargo a qualquer momento.

9 comentários:

Anônimo disse...

Bastou ele falar que o dinheiro do BNDES não deveria ser usado para o governo pagar juros da dívida (banqueiros) e demais gastos do Temer (compra de deputados e senadores para salvar o seu mandato) que o sujeito vai pra Rua, ou seja, quem decide falar a verdade vai pro olho da Rua!!!!

Anônimo disse...

http://www.jornalvs.com.br/_conteudo/2017/10/noticias/rio_grande_do_sul/2187107-tribunal-de-contas-identifica-pagamento-de-pensao-no-rs-a-106-pessoas-mortas.html

Anônimo disse...

Pela entrevista na Radio Jovem Pan, não senti firmeza nesse cidadão.Já vai tarde, nem deveria ter entrado.

jorge.alves ribeiro disse...

Esse Paulo Rabelo foi indicado pelos empresários, e onde preconizava juros baixíssimos e a perder de vista os pagamentos.

Anônimo disse...

Porquê hem! Os novos Servidores do BNDES também não o quiseram?

Anônimo disse...

Seria a segunda baixa no BNDES. Algo de muito podre está acontecendo lá. Alguma coisa está sendo abafada.

Anônimo disse...

Esse Paulo Rabello já vai tarde, o genro dele está preso pela Lava Jato, por ser lobista do PMDB.
Além disso, o Paulo Rabello queria manter as benesses aos empresários, era a favor da TJLP.
No entanto, o motivo da saída, é que o Temer quer agradar o Rodrigo Maia. O Rodrigo Maia irá indicar o novo presidente do BNDES. Ele já queria quando Rabello foi indicado. Na época o Luciano Snel da Icatu era o preferido de Maia.

Anônimo disse...

Já vai tarde.

Anônimo disse...

Comunista, esquerdista "juramentado e sacramentado", como dizia o Odorico Paraguassu. Que vá e, de preferência, para o inferno.