Aceleração dos preços agropecuários explicou o avanço do IGP-10 em outubro

O IGP-10 subiu 0,49% em outubro, de acordo com os dados divulgados há pouco pela FGV, em linha com a mediana das expectativas do mercado (0,52%). 

A aceleração em relação a agosto, quando o índice avançou 0,39%, foi explicado principalmente pela alta dos produtos agrícolas no atacado, que passaram de uma deflação de 0,94% para uma alta de 0,88% nessa divulgação. Em contrapartida, o IPA industrial desacelerou de 1,05% para 0,61% neste mês, refletindo o alívio do preço do minério de ferro. O IPC, por sua vez, subiu 0,18% no período, após mostrar estabilidade no mês passado. Por fim, o INCC passou de uma elevação de 0,35% para outra de 0,11%. 

Com esse resultado, o IGP-10 acumulou deflação de 1,3% nos últimos doze meses, ante recuo de 1,7% na leitura anterior.

Um comentário:

Anônimo disse...

Putz. Nós não chegamos ainda ao fundo do poço. Que merda.