Artigo, Tito Guarniere - Estruturas parasitárias

O Brasil tem 5.570 municípios. São portanto, 5.570 prefeitos e vice-prefeitos. São mais de 57 mil vereadores e mais de 8 milhões de funcionários municipais. 

Em mais da metade deles, as receitas não chegam a 10% do orçamento. 

Em 10% dos municípios brasileiros, 80% dos empregos é de funcionários municipais. 

Entre 70 e 80%, talvez mais, as receitas não cobrem as despesas: se fossem empresas, seriam empresas deficitárias, quebrariam.

A estrutura disfuncional, parasitária e ineficiente, os (escassos) recursos que se perdem nos muitos ralos de desperdício e corrupção, começam lá longe, nos municípios. Os recursos que vêm do Fundo de participação dos Municípios-FPM , da União, e dos 25% do ICMS dos estados é que sustentam a esmagadora maioria das municipalidades do país.

CLIQUE AQUI para ler mais.


11 comentários:

Anônimo disse...


Nem vou perder meu tempo em ler. Todo artigo que começa generalizando é burro por excelência.

Magno disse...

BASTA PARAREM COM OS CONCURSOS.

Anônimo disse...

EU queria que este tito guarnieri escolhesse um municipio miseravel qualquer do pais, e fique sentado na cadeira de prefeito durante 1 semana, nada mais que uma semana conhecendo as contas municipais e como elas funcionam.

Anônimo disse...

Por aí dá para ver o abismo que os nossos políticos criaram para satisfazer seus desejos eleitorais - uma máquina pública altamente deficitária que produz apenas 10% do que consome. Imaginemos se tivéssemos um automóvel com essa proporção de consumo - melhor seria vende-lo para o ferro velho, porque mesmo parado nos daria prejuízo.
Coisa parecida ocorre com a previdência social, onde "castas" como judiciário e militares se aposentam com salário integral. Como reformar isso aí agora? Respondam excelências! Na próxima eleição não vou votar em ninguém!

Anônimo disse...

No RS devemos fazer uma análise cuidadosa desses dados. Em vinte anos, entre 1980 e 2000, passamos de 282 para 497 municípios, com a consequente multiplicação do número de prefeitos, vice-secretário, secretários, vereadores, assessores etc. Quantos desses municípios são viáveis? Quantos desses agentes políticos são realmente necessário? Qual a influência na crise sue o Estado atravessa?

Anônimo disse...

Anônimo das 17:14, Com a capacidade de reflexão que tiveste, com esse raciocínio lógico, não votar seria um desperdício do seu voto. Aprendi que as pessoas que pensam, essas nunca poderiam deixar de votar, caso contrário votariam somente aquelas compradas com cestas básicas ou outros artifícios já conhecidos pela sociedade. Devemos votar sim para impedirmos que aqueles que não pensam coloquem mais nulidades para nos representar. Melhor refletir no que você escreveu e votar sempre.

Anônimo disse...

Acho a crítica uma tremenda injustiça com os prefeitos e só quem não conhece a amargura e sofrimento desses gestores poderia fazer um comentário desses.
Os prefeitos estão 24 hs por dia na corda
bamba sendo vigiados, fiscalizados e auditados.
Hoje precisa muita coragem para ser gestor e acho que o comentário foi infeliz.

Anônimo disse...

...
CONCURSOS???

QUANDO FOI A ÚLTIMA VEZ QUE FOI FEITO CONCURSO PÚBLICO??

HÁ MUITOS ANOS QUE NÃO SE FAZ MAIS CONCURSO PÚBLICO PARA NADA, COM O FIRME PROPÓSITO DE TROCAR AS VAGAS EM CARGOS DE CONFIANÇA PARA INCOMPETENTES PARENTES E AMANTES DE POLÍTICOS LADRÕES E BANDIDOS!!!

PODE ME RESPONDER, DIZENDO OS CONCURSOS QUE FORAM FEITOS NOS ÚLTIMOS 10 ANOS????????

Anônimo disse...

Qual o problema do Brasil ter 5. 570 municipios? deveria ter mais ainda, o Prefeito está mais próximo da comunidade, tem mais controle dos munícipes.


A frança, que é uma caixa de fósforo, comparada ao Brasil, tem 36.683 municípios....

Anônimo disse...

Arrume uma forma de administrar os serviços públicos. Vamos ver... vá a um hospital particular e faça uma cirurgia qualquer, coloque seu filho em uma escola particular e paguem com o salário mínimo que o empresário lhe paga, depois conversamos.

Anônimo disse...

Por gentileza, gostaria que fosse informado a quantidade de funcionários públicos em relação a população nos EUA. De verdade tá. E vamos parar de falar besteiras.