Entrevista, Gilso Gotardo, São Leopoldo - Vamos triplicar o tamanho do atual Hospital Centenário

O editor passou uma hora inteira deste final de manhã no Hospital Centenário, São Leopoldo. Ele é mantido pelo município - o único hospital de grande proporção administrado por qualquer município do RS. Ele consomiu R$ 96 milhões no ano passado, 70% de tudo o que a prefeitura gasta por ano em saúde pública. São 1.500 profissionais atendendo 24 horas por dia. A entrevista a seguir é com o presidente da Fundação Hospital Centenário, Gilso Gotardo.

O senhor foi até há pouco o secretário da Fazenda do prefeito Aníbal Moacir.
Vim para cá com a finalidade de colocar as contas em dia, melhorar o hospital e implementar mudanças de grande porte, como será o caso do novo complexo hospitalar, que exigirá investimentos de R$ 215 milhões e consumirá dois anos de obras.

Vi com meus olhos que ocorreram ampliações, há muito pessoal atendendo, bons equipamentos e limpeza invulgar. Qual é o peso de um hospital deste porte para a prefeitura ?
São Leopoldo gasta 38,8% dos seus próprios recursos com saúde pública. O TCE fez um estudo e constatou que não há caso igual no Estado. Municípios do nosso porte, como Novo hamburgo, Pelotas e Passo Fundo, gastam 15%.

Onde está o furo da bala ?
No hospital. Aqui são alocados R$ 96 milhões dos R$ 159,6 milhões gastos por ano com saúde pública por ano.

Por que os outros gastam menos ?
Aqui só temos um hospital, o Centenário. Nos outros municípios citados, existem pelo menos três hospitais.

Esse novo complexo hospitalar de que o senhor fala, sairá aqui ?
Sim, pela modernização e ampliação, envolvendo até mesmo a Escola de Saúde da Unisinos, que a partir do ano que vem terá ´provavelmente seu curso de medicina. É um acordo que temos com a Unisinos e o Hospital Mãe de Deus. O projeto e a modelagem do emprendimento será apresentada em maio pelo prefeito Aníbal Moacir. O novo complexo terá que ser sustentável. Serão 23 mil m2 a mais de área construída sobre os 12 mil m2 atuais.



6 comentários:

Anônimo disse...

Bah..se o Moacir conseguir mexer na estrutura do hospital já terá sido o maior prefeito que São Leo já teve!!!

Anônimo disse...

PRIMEIRO TRIPLICA DEPOIS CONVIDA PARA MOSTRAR.

ESSE QUEREMOS VER.

FALAR E MOSTRAR "ISSO" OU "AQUILO" NO PAPEL/COMPUTADOR OU OUTRA MÍDIA, ATÉ O VACCARI FEZ, E ...

indio capile disse...

polibio...chapa branca do protegido da yeda casanova.

beiço toruca disse...

Po índio...tu naovquer im hospital melhor, pelo jeito.... Não quer reformulação da prefeitura inchada...não quer consulta de saúde no mesmo dia...bah...e ser muito do contra!

Anônimo disse...

O povo do SL já se contentaria com a coleta do lixo em dia.

Anônimo disse...

Bem se vê que a petezada anda desfazendo as conquistas do atual governo. Antes de fazer uma grande obra,é necessário um projeto,com cálculo de custos. Cada coisa a seu tempo.Pelo menos este governo pensa em fazer e quer fazer,o que não aconteceu no governo Vanazzi.