Reunião na próxima quarta busca solução para produtores de leite da região noroeste do RS

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado (Fetag) vai se reunir, na próxima quarta-feira (25), a  com a Comissão Estadual do Leite para discutir a crise da cadeira leiteira no Rio Grande do Sul e uma solução para os Produtores de 20 municípios da região Noroeste do Estado, prejudicados após a falência da empresa Santa Rita Laticínios, com sede em Estrela, no Vale do Taquari.

O presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva, afirma que a situação é insustentável e a dívida com cerca de 800 produtores que entregavam leite à indústria pode chegar a R$ 3 milhões. Na tarde de hoje, 1,5 mil produtores de leite bloquearam  o  trevo que dá acesso à cidade de Guarani das Missões, na BR-392, pedindo providências.

2 comentários:

Anônimo disse...

Políbio, pra mim essa crise no setor leiteiro é o primeiro reflexo da queda do poder aquisitivo da população de um modo geral, os primeiros produtos que as pessoas deixam de consumir são os derivados do leite, os laticínios, e até mesmo o leite, que são considerados produtos de luxo! Por esse motivo é que eu sou contra a grana do Bolsa Família ser depositada em uma conta e que pode ser usado para comprar qualquer coisa, até calça jeans de mais 300 reais! O valor não poderia ser sacado em dinheiro, e o cartão só poderia ser usado para compra de alimentos em super mercados credenciados! Lembram do vale leite no tempo do FHC?! Haviam espertos que usavam para comprar cachaça e cigarro, mas pelo menos tinha-se mais controle!

Anônimo disse...

Agora é chorar pelo "leite derramado", votaram no LULA/DILMA aguentem as consequências!