Fogo interrompe produção na plataforma P-20 desde quinta. Dois trabalhadores resultaram feridos.

A Petrobras informou esta noite ao editor que a produção da plataforma P-20, localizada na concessão de Marlim, na Bacia de Campos, permanece interrompida após incêndio ocorrido no final da tarde desta quinta-feira. No mês de novembro esta unidade operacional produziu 22 mil barris de petróleo por dia.

. Imediatamente após o ocorrido, a Petrobras instaurou uma comissão de investigação formada por gerentes, representantes da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e dos empregados. Esta equipe encontra-se a bordo da unidade com o objetivo de apurar as causas do incidente. Ao mesmo tempo, outra equipe de engenharia foi deslocada para a P-20 para preparar, no menor tempo possível, um cronograma com todas as ações necessárias para o pleno retorno à operação.

. A Petrobras reitera que os dois trabalhadores, atendidos ontem na enfermaria, passam bem. O trabalhador que sofreu torção no pé encontra-se em Macaé para melhor avaliação médica.Informa também que todos os sistemas e procedimentos de segurança funcionaram conforme previsto durante a emergência e a habitabilidade da unidade de produção está plenamente preservada. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Segundo o podre, digo,Maduro a culpa é da oposição.