Jânio Freitas abre alguns véus sobre o assassinato do "companheiro" Toninho do PT, Campinas

Jânio de Freitas, colunista da Folha de S. Paulo, quase sempre reverberando as posições do PT ou de qualquer outro Partido e grupo de esquerda, escreveu no domingo o artigo “Corrupção, que alívio...”, onde narra denúncias que fez durante o governo Quércia a respeito da tentativa de implementar um metrô em Campinas. O caso foi muito parecido com este da Siemens em São Paulo.

. O que mais chama a atenção no artigo de Jânio nem foi a narração das suas batalhas judiciais contra Quércia, mas o que ele conta sobre as razões da morte do ex-prefeito do PT de Campinas, Toninho, assassinado em plena luz do dia.

. Da mesma forma que Celso Daniel, muita gente aposta que Toninho foi assassinado por companheiros.

. Leia o trecho final da coluna de Jânio de Freitas. Jacob Bittar, citado a seguir, era prefeito de Campinas e integrou o grupo de corruptos. Ele era prefeito do PT. Leia:
(...)
Lula disse à Folha, dias depois, em defesa de Jacob Bittar, que a publicação da fraude "foi feita para prejudicar eleitoralmente o PT". Jacob Bittar não tardou muito a dar as costas a Lula e ao PT, e aderir integral e explicitamente a Quércia, bandeando-se para o PDT. Fui processado por Orestes Quércia, que perdeu em quantas instâncias judiciais desejou.

Toninho Costa Santos, então vice-prefeito petista, foi dado por muitos dos envolvidos, e por muitos outros, como origem da revelação de fraude. Mais tarde eleito prefeito, foi assassinado, sem que a polícia paulista fosse capaz, ou por algum outro motivo, de dizer algo convincente sobre autor ou mandante do crime. Às vezes me ocorre a suspeita de que o íntegro Toninho começou a morrer na época daquela fraude, quando muitos passaram a vê-lo como incorruptível, e portanto perigoso, na sua carreira de ético entre interesses e interessados de todos os tipos.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

7 comentários:

Anônimo disse...

....e tudo foi investigado pela Policia Civil do governo do PSDB e pelo MP do governo do PSDB e não encontraram nenhum politico do PT envolvido.

Anônimo disse...

È no minimo muito estranho esta morte, que digam seus familiares, assim como o Pastor aqui em porto alegre o caso Daniel em brasília, neste país está ficando ou já ficou muito perigoso pensar diferente do governo. Só falta porem a culpa nos militares da reverva.


Eduardo Menezes

Unknown disse...

E o MPSP estava aonde, neste episodio? Se mataram o tal "companheiro", como comenta o Janio, que se investigue e puna-se. O resto e a velha babaquice de quem nao tem o que fazer.

Unknown disse...

Esqueci de dizer: o Janio, que nesta vez vc reproduz, tambem disse que a TUCANALHA rouba a decadas dinheiro do Metro SP. Reproduza esta coluna, do Janio, tambem. Assim os asnos simpatizantes entenderao como e que o povo da TUCANALHA consegue comprar imoveis em bairros nobres paulistanos.

Anônimo disse...

Todos são de esquerda e a esquerda é muito solidária não somente dentro do Brasil , mas entre países. O caso Battisti é emblemático, trouxeram para terreno seguro um crápula condenado na Itália.

Anônimo disse...

Esse blogueiro é mesmo um fanfarrão. Quem sabe tu não escreve outro livro pra esclarecer pro Brasil o que aconteceu? Abraços.

Anônimo disse...

Continuo espantado com essa gente que defende as esquerdas do Brasil. Companheirada Petralha, leiam os livro da biografia do Zé Dirceu, à venda nas melhores livrarias do País. Leiam amigos, leiam! Deixem de ser burros e débeis mentais! Assim poderão discutir alguma coisa que preste neste forum. Vocês primeiro tem que saber quem são Zé Dirceu, Lula e Cia, e o no que querem transformar o Brasil.