Agora é lei: RS receberá dez vezes mais pelos royalties do petróleo

Agora já é lei, porque a presidente Dilma Rousseff sancionou nesta quinta-feira a noite a nova Lei de Distribuição dos Royalties do Petróleo.

. Estados como o RS, que recebiam R$ 92 milhões por ano, passarão a ganhar R$ 700 milhões.

. SP, Rio e Espírito Santo, Estados produtores, vão ao Judiciário. As 23h33min, no seu Twitter, o governador do Rio, Sérgio Cabral, avisou que nesta sexta-feira ajuizará ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a lei.

- Embora beneficiado de maneira extraordinária pela nova lei, o RS ainda não se deu conta de que dois parlamentares gaúchos foram diretamente responsáveis pela mudança, no caso o autor do projeto adotado como definitivo, Ibsen Pinheiro, e o presidente da Frente Parlamentar do Pré-Sal, Alceu Moreira. Os dois deputados são do PMDB. O governador do RS, Tarso Genro, PT, ficou o tempo todo em cima do muro. 

5 comentários:

Anônimo disse...

Espero que o governador tenha coerencia recuse a parte do estado doando aos municipios, mas duvido que isso ocorra. esse cara não cumpre a palavra.

Eduardo Menezes

Ivo Leo Hammes disse...

Bom...nosso minúsculo governante é Atraso Genro e com ele tudo é tardio.

Anônimo disse...

"estados produtores"? Tira essa Polibio!

Anônimo disse...

A lei foi sancionada pela Presdente Dilma, do PT.

Obviamente que o governo federal sabia que RJ e ES perderiam no congresso, ou seja, que o veto seria cassado. Agora restou sancionar.

Mas Dilma manteve a palavra dada ao Governador do RJ até onde foi possível.

Anônimo disse...

A lei foi sancionada pela Presdente Dilma, do PT.

Obviamente que o governo federal sabia que RJ e ES perderiam no congresso, ou seja, que o veto seria cassado. Agora restou sancionar.

Mas Dilma manteve a palavra dada ao Governador do RJ até onde foi possível.