Presidente do Peru intervém no STF e dissolve o Congresso

Depois de ter afastado membros corruptos do STF, o presidente do Peru, Martín Vizcarra, anunciou nesta segunda-feira que dissolveu constitucionalmente o Congresso, dominado pela oposição, após o Legislativo se recusar a suspender a polêmica nomeação de novos membros do Tribunal Constitucional. O que ele disse:

- Decidi dissolver o Congresso e convocar eleições parlamentares. Está claro que a obstrução e a blindagem (do Congresso) não cessam e não haverá acordo possível

O conflito entre os poderes começou há três anos.

22 comentários:

Anônimo disse...

E AQUI? QUANDO VAI ACONTECER?
JÁ PASSOU DA HORA.....

Anônimo disse...

Antes que vire uma Venezuela que aparelhou Congresso e Suprema corte. Em alguns aspectos muito parecido com 'nosotros'!

Anônimo disse...

Cabra bom, eu queria ter um filho assim.

Anônimo disse...

Dissolveu constitucionalmente, kkkkk. Esse blogue é cômico.

Anônimo disse...

Mas isso não é o que a Venezuela faz? Nesse caso o senhor defende?

Unknown disse...

Taí um exemplo a ser seguido pelo Brasil. Faça uma fachina no Brasil Bolsonaro. Fechem as porcarias de Senado, Camara Federal e a mais vergonhasa corte, o STF.

Anônimo disse...

Aqui a solução terá que passar pela indignaçao popular e transformar a forma de votação. Os partidos escolhem quem eles querem e os elegem. O povo só referenda formalmente.

Anônimo disse...

Quando isso acontecerá aqui??? Não aguentamos mais!

Mordaz disse...

Fujimore já havia feito no passado. Os criminosos voltaram todos depois da sua queda.

Anônimo disse...

Aí que inveja do Peru!
Lá elegeram um presidente que honra as calças e não tem filho bandalho para ser chantageado!
Eu quero um presidente assim.
Votei num Doberman elegi um chihuahua!
Não queremos o fechamento do STF e CONGRESSO. Queremos eleger gente decente para compor essas casas. Gente que não atrapalhe.
E o covarde do capitã de Mimimi "se falar do supremo vou preso, ui, ui"

Anônimo disse...

O MESMO ESTÁ ACONTECENDO COM O CONGRESSO BRASILEIRO,CONTRA OS INTERESSES DA POPULAÇÃO. SE BOLSONARO PUDESSE DEVERIA FECHAR ESSA CASA INÚTIL.

Anônimo disse...

Alô, dona onça, precisamos disso aqui tmb.

Anônimo disse...

Os bons exemplos nem sempre são seguidos.

Gaudêncio disse...

EFEITO ORLOFF

Tal qual a piada dos dois irmãos, um pessimista e o outro otimista, e diante do que se passa no Peru e continua acontecendo na Argentina, agora seremos:

- OTIMISTAS: "Brasil, o Peru amanhã",

- ou, PESSIMISTAS: "O Brasil é a Argentina amanhã"?

Anônimo disse...

Não é possível que a PARTE HONESTA DO POVO aceitemos que CORRUPTOS IGUAIS A LULA destruam a esperança de dias melhores neste país!

Qualquer FILHO DE UMA PUTA que aceitar essa condição de LACAIO DE SAFADOS CORRUPTOS não merece viver num país decente!

Com o STF NAS MÃOS SUJAS DO CORRUPTO CHEFE DA ORCRIM LULOPETISTA, não temos mais a quem recorrer, pois as FFAA estão acuadas e minadas com a NEFASTA IDEOLOGIA ESQUERDONAZISTA!!!!

QUEM PUDER, QUE SAIA DESSA MERDA DE PAÍS INVIÁVEL!!!!

Anônimo disse...

Sr Martín Vizcarra, "que sirvam vossas façanhas de modelo a toda terra(Brasil)", e não como aqui que é só retórica. "PERU ACIMA DE TUDO"

Anônimo disse...

Bom dia meu Presidente Bolsonaro, taí uma grande ideia. Fecha hoje mesmo estas instituições podres e corruptas que somente servem ao crime organizado.

Anônimo disse...

Que inveja do Peru. Primeiro, defenestraram a suprema corte corrupta e agora promovem a dissoluçao do Congresso. O combate a corrupção exige medidas exttemas. O Brasil não avançará com esse STF e esse CN.

Ricardo disse...

Deveria ter, antes, consultado o senhor, xpecialixta em Constituição da Republica do Peru.

Unknown disse...

Sabemosnquenno brasna cultura ia indeprndencia entre os poderes alimenta a dependencia da presudencia dos deputados e senadores. Bolsonaro depende do cobgresso pqea a0rovar os projetos mas deseharia ele vommmais pulso perabte esse triste congresso. Olha o que o presidentw pwruano fez. Nosso stf e tao ruim e nao confiavel quanto o peruano

AHT disse...

EFEITO ORLOFF

Tal qual a piada dos dois irmãos, um pessimista e o outro otimista, e diante do que se passa no Peru e continua acontecendo na Argentina, agora seremos:

- OTIMISTAS: "Brasil, o Peru amanhã",

- ou, PESSIMISTAS: "O Brasil é a Argentina amanhã"?

Ultra 8 disse...

Alerta ao povo burro e adormecido pela criação do estado laico maniqueísta maçônico anticristão!

O "foro de São Paulo" não é coisa do PT, para alcançar "a pátria grande", foi lançada por Michel Temer em 1988 na "constituição cidadã".

Leiam texto abaixo, e depois, busquem mais inforamações.

Temer, não foi vice da Dilma por acaso...

realidade política prevista na Constituição Federal de 1988, cujo conceito foi criado no século XIX fundamentada nas propostas dos movimentos revolucionários e do qual o Foro é ramo terciário e não o tronco principal.
A criação da Pátria Grande está prevista na Constituição de 1988 no parágrafo único do Artigo 4:
"Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios:
Parágrafo único. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações."
Traduzindo em miúdos, a "formação de uma comunidade latino-americana de nações" é a Pátria Grande. É consabido que a inserção deste Artigo deve-se ao então deputado Michel Temer/PMDB, ex-presidente da República, e não ao PT. Sobre a Pátria Grande, Michel Temer na 15ª edição da Conferência do MIT sobre América Latina afirmou:
O processo de integração latino-americano decorre, para o Brasil, portanto, de determinação constitucional. Nascida da vontade popular, a integração é plasmada no Texto Magno como imperativo para o governante. Assim como o Povo brasileiro se decidiu pelo caminho da integração regional, a mesma opção poderia também estar refletida no mandamento constituidor das regras máximas da ordem nos países latino-americanos. Mais ainda, os próprios instrumentos internacionais decorrentes das relações entre as Nações do hemisfério poderiam refletir sempre esse anseio dos povos latino-americanos [2].
Isto posto, a bravata falaciosa da "neodireita" e do governo de Jair Bolsonaro é tremenda, pois, combater o Foro não extingue a Pátria Grande e ela, por determinação constitucional, como bem disse Temer, será executada sendo muito improvável que Jair Bolsonaro suprima este parágrafo único da Constituição de 1988. Aliás, dentro deste escopo, à guisa de exemplo, as placas dos veículos brasileiros já estão adaptadas para o "padrão" do processo de integração latino-americano.