Câmara ouve rumores sobre delação premiada no Caso André Carús, MDB

Crescem na Câmara de Porto Alegre os rumores de que envolvidos no Caso André Carús, MDB, já teriam iniciado acordo de delação premiada, o que explicaria as prisões, hoje, de diretrores da Multicred.

Mas há mais.

O advogado de André Carús  tenta levar o caso para o STF, alegando que o deputado federal Márcio Biolchi, citado nas investigações, possui foro privilegiado.

3 comentários:

Anônimo disse...


Como diria o Guri de Uruguaiana;
Mas que barbaridade.

Tem peixe maior envolvido, e este miúdo aí vai ficar um bom tempo preso.
Afinal de contas, alguém tem que pagar o pato.

Ariel disse...

BEM PENSADO POR PARTE DO ACUSADO; AFINAL, QUEREM CAIR NO COLINHO MACIO!!

Anônimo disse...

Está fácil roubar no Brasil. Se tudo der errado faz uma delação premiada, devolve um pouco do que roubou e sai livre, leve, solto para o próximo golpe.