Valor da cesta básica desaba em 13 capitais, diz Dieese

Após apresentar aumento nos primeiros meses do ano, em maio, o preço da cesta básica caiu em 13 capitais, mas Porto Alegre cobra o segundo preço mais alto do País, atrás apenas de SP.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), que acompanha os preços em 17 cidades, as quedas mais importantes foram anotadas em Campo Grande (-13,9%), Belo Horizonte (-7,0%), Goiânia (-4,4%) e Rio de Janeiro (-4,3%).

A capital com a cesta mais cara foi São Paulo (R$ 507,07), seguida por Porto Alegre (R$ 496,13) e Rio de Janeiro (R$ 492,93). Em 12 meses, entre maio de 2018 e o mesmo mês de 2019, todas as cidades acumularam alta.

CLIQUE AQUI para examinar os dados integrais da pesquisa do Dieese.

Um comentário:

Anônimo disse...

Houve queda na compra. Os pobres, desempregados ou aqueles que ganham pouco só sobrou economizar na comida.