MPE tentará anular concurso para Defensoria Pública do RS

O Ministério Público do RS anunciou que ajuizará ação própria para anular o concurso público para a Defensoria Pública, realizada ontem e em prosseguimento neste domingo.

O MPE tentou evitar o concurso, mas perdeu a ação no Tribunal de Justiça.

O MPE discorda dos critérios adotados para o preenchimento das quotas de negros e pardos.

3 comentários:

Anônimo disse...

Catação de dinheiro.

Anônimo disse...

E branco pobre não tem cota mesmo que seja infinitamente mais competente que os outros cotistas? Você prefere um médico cotista branco pobre e muito competente ou um cotista que entrou fundamentalmente por razões ideológico-partidárias?

julio prates disse...

Tem que acabar com essas DP Estaduais, que só servem para defender bandidos e anular o excelente trabalhado do MP.