Gaúcha assume presidência da Organização Internacional da Vinha e do Vinho, Paris

Pela primeira vez na história, uma brasileira assume a presidência da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV). Regina Vanderlinde, professora de biotecnologia da Universidade de Caxias do Sul, foi eleita nesta sexta-feira, em Paris, capital francesa, para suceder a alemã Monika Christmann pelos próximos três anos no comando da principal entidade vitivinícola do mundo. Ela é a terceira mulher a presidir a OIV de forma consecutiva.

A eleição aconteceu na Assembleia Geral Extraordinária da OIV (foto ao lado), com 36 dos 45 votos dos países membros favoráveis à candidata brasileira e 99,2 votos ponderados. 

A OIV é quem define os padrões internacionais para a produção de vinhos e derivados da uva. 

CLIQUE AQUI para saber mais, inclusive a respeito da repercussão do evento.

3 comentários:

Anônimo disse...

Sabe porque o Canada e os USA não fazem parte?

Anônimo disse...

Importante.

Anônimo disse...

Importante.