Trump anunciará Jerusalém como capital de Israel. Anúncio produzirá conflitos armados na região.

O presidente dos EUA, Donald Trump, comunicou nesta terça-feira ao líder da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, e ao rei da Jordânia, Abdullah II, sua intenção de transferir a embaixada americana em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. 

Segundo fontes do governo americano, o presidente deve reconhecer nesta quarta-feira Jerusalém como capital de Israel.

O anúncio produzirá forte reação armada na região.

21 comentários:

Justiniano disse...

Os comunistas aliados dos muçulmanos (Kremlin criou grupos de agentes muçulmanos visando insuflar revoltas e atos terroristas), vão se rasgar todos de raiva, porque acaba com aquela história de politicamente correto.

Jerusalém historicamente é e sempre foi capital de Israel.

Anônimo disse...

Esse tarado adora criar confusão com reflexos no mundo todo. É uma provocação desnecessária ao mundo árabe.

Anônimo disse...

Reação armada por aquelas bandas significa muitos muçulmanos a menos no mundo.

Anônimo disse...

estava indo bem, mas, agora fez bobagem, isso não vai ajudar nem a Israel, como também a Palestina.

Anônimo disse...

8 anos de obamismo e hillarismo dementes colocaram Israel, a nação mais prospera e desenvolvida da regiao, sem falar que é a unica democracia, sempre numa posição de desvantagem e de desfavorecimento...

Trump esta resgatando a importancia do país para a regiao, para os EUA e para o mundo...

acabou a era do rabo abanar o cachorro...

Anônimo disse...

Am Yisrael Chai!

Anônimo disse...

Deixa eu ver se entendi, a palestina poderia, naturalmente, declarar uma parte da cidade sua capital, mas Israel não..

Difícil, né?

Anônimo disse...

Até agora, sabe o que o Trump mostrou? Que sabe o que faz.
Primeiro destruiu os adversários republicanos, depois destruiu o Obama e a Hillary, destruiu os movimentos esquerdistas americanos, destruiu o acordo de Paris, destruiu o acordo TP, destruiu os esquerdinhas da ONU, destruiu a Merkel e por extensão, o Macron da França. Coreia do Norte, Cuba e Venezuela podem esperar!
Obviamente reconhecer Jerusalém como capital de Israel tem alguma forte motivação política que o editor poderia pesquisar.

Anônimo disse...

É um saco mesmo, todos querem dar palpites e dizer o que Israel pode ou não fazer. Até quando este bando de invejosos irão infernizar a vida de um país próspero e democrático como Israel!

Anônimo disse...

💚💛💙

VIVA TRUMP!!
VAI ACABAR COM OS ESPÍRITOS DE POUCA LUZ, BANDIDOS 😈😈😈😈😈😈😈
QUE FINGEM SER IDEÓLOGOS!

👍GOD SAVE THE "HUNTER" D.T.👍

Anônimo disse...


💚💛💙

Mr. Trump, Donald

Please, help the brasilian democracy, damaged by Mr. Lula - the big-boss - and anothers bad-uncles around him!!

Anônimo disse...

Trump não tem direito de reconhecer?

TRUMP OU QUALQUER PRESIDENTE DO MUNDO PODE RECONHECER O QUE QUISER

SERÁ QUE O PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS TEM QUE PEDIR LICENÇA PARA O PT,OU PSOL DAQUELAS BANDAS?

Unknown disse...

A indústria bélica agradece!!!

Anônimo disse...

Ué, alguém não sabia que Jerusalém é a capital de Israel.
Faz séculos, milênios.

Anônimo disse...

Aqui no bananão, São Paulo deveria ser a capital. Brasília é refúgio pra sacanagem.

Anônimo disse...

Qualquer coisa que Israel faça para agradar esses muçulmanos de uma figa resulta em insatisfação, portanto, não faz diferença colocar a embaixada americana em Jerusalém.

Anônimo disse...

A esquerda e os muçulmanos são muito parecidos em suas crenças(por isso andam agora de mãos dadas),o que eles não gostam botam o terror e ameaçam.

Anônimo disse...

Trunp acerta em sua decisão...

Anônimo disse...

Muito bom, parabens ao seu Tump

NEWTON disse...

Jerusalém nunca foi definitivamente dos romanos, nunca foi definitivamente dos cruzados, nunca foi definitivamente de Saladino, nunca foi definitivamente do Império Otomano, nunca foi definitivamente dos britânicos, desde os tempos bíblicos é a capital definitiva do povo de Israel. Trump apenas acabou com a frescura da neo história. Quanto ao mimimi de aumentar a belicosidade da região, ao contrário, com Trump, diferentemente do Obama sabonetão, mostrando claramente que se importa com Israel, o Irã e parceiros é que terão que ser bem mais “cuidadosos” em suas próximas ações contra os judeus.

Anônimo disse...

TODOS SABEMOS QUE JERUSALEM É A CIDADE ESCOLIDA POR DEUS É E SEMPRE SERA A CAPITAL= PONTO FINAL PODE HAVER CONFLITO MAS NADA VAI MUDAR O PLANO DE DEUS - SHALOM