Projeto de Jean Wyllys limita ensino religioso em escolas públicas

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL/RJ) propôs um projeto de lei que, segundo ele, pretende impedir a doutrinação religiosa nas disciplinas de ensino religioso nas escolas públicas do país.

O PL 9208/2017, apresentado na última quarta-feira, inclui a expressão “não-confessional” na lei que trata do ensino religioso, e também define que o conteúdo será ministrado “sem qualquer tipo de proselitismo ou imposição de uma determinada religião ou doutrina em particular.”

A justificativa do projeto afirma que a intenção é  “regulamentar o ensino religioso de modo a assegurar o respeito à diversidade de crenças dos alunos e impedir que eles sejam vítimas de qualquer tipo de imposição autoritária das doutrinas do professor”.

24 comentários:

Anônimo disse...

Este sem vergonha DO PSOL é global pois era do BBB sim é um ex BBB FOI ELEITO COMO SUPLENTE ASSUMIU O CARGO CAIU DE PARAQUEDAS POIS ERA SUPLENTE APENAS e NO FIM CONSEGUIU A BOQUINHA É ERA SUPLENTE E SE TORNOU DEPUta-DO hahahhahahahhahhahahHHAHA UM INUTIL Q NADA FAZ UM TRASTE QUE APOIA O ESTADO ISLAMICO ME AJuda AI - ESTE CABRA NAO VAI SER REELEITO QUE SE MUDE PRA COREIA DO NORTE ou algum lugar onde possa lamber as botas do estado islamico seus idolos

Anônimo disse...

Que absurdo! Agora não posso mais tratar sobre umbanda com os meus alunos? Que Oxalá nos salve da hipocrisia. Saravá!

Anônimo disse...

PEDERASTA COMUNISTA.

Anônimo disse...

Este cara é um debochado/anarquista/não sabe se é gente ou um animal, ainda bem bem que os militares estão chegando para acabar com estes inuteis e também para os que aceitam suas imbecilidades.

Anônimo disse...

Tá certo. Estado laico... nada de perder tempo com bobagem. Importam as implicações históricas das religiões, o rsesto é retórica

Anônimo disse...

Ele que cuide do nariz dele, nós cuidamos do nosso e a liberdade dele vai até onde começa a dos outros aos quais mostra claramente o quanto são desprezados por este ainda deputado.

Anônimo disse...

Quanto à doutrinação política nas escolas o meliante cafajeste hipócrita nada fala.
Esther

Carlos Mota disse...

Este deputadozinho de merda, um filho da puta homenageado pela surucucu Manuela da Vila, quer que ensine os meninos a serem viados e as meninas a serem putas; mas não quer que ensine a ter familia e comportamento social condizente com pessoas de bom comportamento.
Este cara merece ser empalado e ser um tiradentes pela bunda; expor o traseiro sujo dele em praça pública para servir de exemplo.

Anônimo disse...

Estado islâmico com Coréia do Norte???? Por acaso o Senhor é eleitor do Bolsonaro? Não precisa responder. Percebe-se!

Anônimo disse...

Expor as crianças aos ensinamentos religiosos, com ênfase na moral, bons costumes, valores ocidentais não pode. Só será admissível a propaganda de gênero, ressaltando os benefícios do gaysismo, a liberdade de abortar, a liberação das drogas e assemelhados. O povo foi chamado a opinar?

Anônimo disse...

Ensino religioso deveria ser ministrado somente em igrejas e para os interessados. Em escolas somente fatos COMPROVADOS CIENTIFICAMENTE, e não ficção!

Mordaz disse...

Depois na longa história do cristianismo ensinando religião e os 1500 anos de trevas se quer repetir a dose. Lamentável. Não chegou de maldade ainda?

Anônimo disse...

Políbio...
Sou totalmente a favor da ideia dele... Tão a favor que creio que deveria ser por analogia utilizada em termos de educação sexual, educação política, história etc...

Anônimo disse...

Como adepto do vodu, empalarei um bonequinho desse macho

Anônimo disse...

no Brasil, na verdade, o que deveria ser proibido é a escola em si...

o nivel é de ultima...

Anônimo disse...

Artur Nogueira diz:
Puro marxismo cultural.
Nas escolas(centro do saber), a religião, a história, a filosofia, as artes são saberes com intuito de apropriarmos os conhecimentos e valores e não mera doutrinação ideológica.
Chega de tentar confundir e difundir a nefasta ideologia marxista/gramsciana.

Anônimo disse...

A Família e a Religião são os principais desafetos desse Deputado .!!!

Anônimo disse...

Religião não pode, tudo bem, mas aí história pode? A história, com algumas honrosas exceções é ensinada de acordo com a crença ideológica do professor. Crenças não pode, pois o estado é laico.

Anônimo disse...

Bolsonaro vai dar um jeito nisso.

Anônimo disse...

Jean Willis é uma triste herança da Rede Globo... com o seu BBB!!! 😡

Anônimo disse...

para mim tinha é que proibir mesmo o ensino de religião quer aprender religião vai na igreja ou no diabo que carregue escola é para dar educação e não babaquice de religião

Anônimo disse...

Esse pederasta também deve ser bastardo.

Anônimo disse...

Até concordo que não se tenha a prevalência dessa ou daquela religião. Concordo com ele mas o que tamb em não deve prevalecer e o autoritarismo da ideologia de esquerda faz Endo a cab eca das nossas crianças e jovens.

Anônimo disse...

O Bolsonaro tem razão !!!