Saiba, aqui, de que forma juízes e procuradores querem torpedear a nova lei trabalhista

Os juízes e procuradores do Trabalho decidiram reagir contra a reforma trabalhista, conforme o editor já informou durante a semana, o que provocou reação irada de muitos deputados que votaram a proposta e que agora estão dispostos a acabar com a própria JKustiça do Trabalho.

Os juízes e procuradores n~´ao ficaram apenas na ameaça.

O editor conseguiu cópia dos enunciados já publicados pela Anamatra, todos no link abaixo, e que nortearão a conduta de muitos juízes a partir de novembro. 

Vale a pena consultar as súmulas aprovadas pela ANAMATRA sobre a (não) aplicação da reforma trabalhista.

CLIQUE AQUI para ler tudo.
CLIQUE AQUI para conhecer, ponto por ponto, como é a reforma trabalhista.

22 comentários:

Unknown disse...

Ou o Brasil acaba com esta corja ou esta corja acaba com o Brasil!!!

Anônimo disse...

Ao menos vejo que a justiça não é toda podre, existem magistrados coerentes e que pensam no bem público, não são vendidos. Parabéns a estes juizes. Políbio,és um irresponsável!

Anônimo disse...

Logo, logo, não haverá mais justiça do trabalho - que do trabalho nunca foi.

Anônimo disse...

Chegamos ao ponto neste pais que só a decretação de estado de sitio, e imediata convocação de uma nova assembléia constituinte para conseguirmos ver alguma luz no fim do túnel. Vivemos a ditadura do setor publico / politico. A população só serve para pagar a conta desta orgia.

Anônimo disse...

Jussara Soares, do insuspeito O Globo , revela sinais de que a história da “ração para pobre” anunciada (e já “desanunciada“) pelo prefeito João Doria Jr. pode ter, em sua composição, coisas mais podres do que se imaginava.

Primeiro, que o rol de instituições que a tal Plataforma Sinergia apresenta como “parceiros” não conhece a chefa da tal ONG senão “de vista”, em eventos para os quais foram convidadas.

Depois, o mais intrigante: o site da Sinergia está registrado pelo senhor Ivan Baldini, diretor do Sindicato dos Hotéis e Restaurantes de São Paulo (Sinhores-SP). Baldini, um motorista prudente, escapou de dizer qual é sua relação e a do sindicato com a Sinergia alegando que estava dirigindo e não poderia falar ao volante.

Há uma semana, este modesto blog carioca está sugerindo pauta aos seus coleguinhas paulistanos.

Onde foram feitos os “biscoitos caninos” servidos por Doria? Surgiram de geração espontânea?

Em que fábrica, já que a Sinergia não tem uma, apesar de dizer que teve? Se teve, onde era? Tinha registro, ou tem?

Qual foi o equipamento usado na liofilização das “prendas”? Não foi “caseiro”, porque nunca vi um anúncio das Casas Bahia dizendo: “Promoção: Liofilizador caseiro por 12 de R$ 19,90 sem juros“.

Liofilizar não é só esquentar e congelar. É uma técnica cara e de rígido controle.

De onde vieram os alimentos perto da validade vencer usados na produção dos potinhos decorados, coitada, com a imagem de N.S. Aparecida?

Agora que apareceu o sindicato dos hotéis e restaurantes na história, não se culpe se alguém estiver sentindo o gosto de restos de comida.

Anônimo disse...

ONU manifesta “profunda preocupação” com portaria do trabalho escravo.

Anônimo disse...

Juízes tem que cumprir as leis honestamente, com bom senso e sem ideologias subjacentes que não passam de preconceitos que desonram e afrontam o espírito do que é a justiça. Justiça sem partido, já!

Anônimo disse...

Temer exonera dez ministros para ganhar votos contra denúncia

Anônimo disse...

Clarín: 'Será necessário ter algemas e ser espancado para que a escravidão seja criminalizada'

https://www.clarin.com/mundo/polemica-decreto-gobierno-temer-favorece-trabajo-esclavo_0_BJCqi58aZ.html

Anônimo disse...

PETROBRAS VENDE PRÉ-SAL A PREÇO DE BANANA, APONTA ESPECIALISTA

Mais uma vergonha internacional para o Brasil. Uma reportagem especial da BNAmericas, plataforma de relatórios e reportagens especiais para investidores, denuncia que Michel Temer e Pedro Parente estão entregando o pré-sal a preço de banana para os estrangeiros.

Confira abaixo trechos traduzidos da reportagem:

"A empresa de energia estatal brasileira, Petrobras, cometeu um erro grave ao passar seu direito de prioridade para a área de Carcará Norte, que é rica em petróleo, de acordo com um dos mais importantes geólogos do país.

Carcará Norte é uma das oito acumulações de pré-sal disponíveis para os licitantes em dois leilões para direitos de exploração e produção em 27 de outubro.

Em maio, a Petrobras disse que exercerá seu direito de preferência para operar três áreas: Sapinhoá, Peroba e Alto de Cabo Frio Central, deixando a área adjacente ao venerado campo de Carcará.

'[A Petrobras] criou um tremendo dilema', disse à BNamericas Luciano Seixas Chagas, coordenador de petróleo e gás da associação brasileira de geólogos, Febrageo.

'Se decidir licitar, tornará evidente a sua estupidez ao considerar a venda da Carcará pelo preço de uma banana. Se não, isso desperdiçará os ativos da Petrobras'.

A Petrobras recusou-se a responder aos comentários de Chagas quando contactados na sexta-feira.

(...)

Chagas, ex-funcionário da Petrobras e veterano de 43 anos da indústria petrolífera do Brasil, estima as reservas combinadas do Carcará e do Carcará Norte no 15Bboe.

"As áreas unificadas irão atrair a licitação mais agressiva", disse ele sobre os leilões pré-sal. "Eu diria que Carcará Norte se destaca.

"A Petrobras foi estúpida em vender a acumulação, porque tem a mais alta qualidade em termos de ausência de contaminantes, as maiores pressões do reservatório e conseqüentemente terá a o maior fluxo de óleo pré-sal ", acrescentou.

Unknown disse...

CAMPANHA DE REDUÇÃO DE CUSTO DO JUDICIÁRIO MAIS CARO DO MUNDO:
- Fim da Justiça do Trabalho
- Fim da Justiça Eleitoral
- Fim da Justiça Militar

Anônimo disse...

Bando de marxistas inúteis.

Travam a economia do Brasil, pois é suicídio contratar um trabalhador com o manifesto de Lênin que são as CLTs.

Anônimo disse...

Peraí!

A JUSTIÇA é deles, a OAB é dos advogados, logo, o Brasil é desta classe que detém Artigo exclusivo e feriado nacional pelo seu dia.

QUEM NÃO é advogado no Brasil NÃO É NADA!

Façanha, o advogado do povo disse...

Só o TST ou STF podem atacar a Nova Lei Trabalhista. Fora disso, é sonho dos miúdos da primeira instância.

LUIS disse...

O POVO TEM FAZER UMA REAÇÃO CONTRÁRIA , NÃO INDO MAIS EM AUDIÊNCIAS E NÃO ACATANDO MAIS OS MANDOS DESTA GENTALHA , CUMPREM A LEI OU GUERRA VAI SER GUERRA......CHEGA DE POSTE QUERER MIJAR EM CACHORRO.

Pedro disse...

Tem que acabar com esta classe de gente que se acham acima da lei , o congresso ia fazer um grande favor pra nação fechando este cabide de emprego , só o que sabem fazer é exigir mordomias as custas do povo.......

Anônimo disse...

É uma grande briga. Torço pelo fim desta safadeza.

Anônimo disse...

A que ponto chegou o corporativismo que domina a maioria dos setores do país. Naturalmente, são decisões que visam resguardar e defender os privilégios de classe que possam ser ameaçados. A defesa do hipossuficiente é conversa pra boi dormir.

Anônimo disse...

Oportunistas,.. Para ser do trabalho devem dar o exemplo, abrir mão de trabalhar só á tarde, abrir mão de 90 dias de férias, abrir mão dos pinduricalhos agregados áo salario......abrir mão de distribuir a renda dos empresários........

Anônimo disse...

Sr. Polibio ta na hora de remover comentários que não tem nada a ver com o assunto postado.
Sem meias palavras ou imaginar censura.
Quem quiser fazer seus comentários sobre outros assuntos que crie seu blog e tenha seus próprios leitores......se conseguir.

Justiniano disse...

Essa justiça do trabalho é um atraso do tempo da monarquia.

Isso é próprio de país atrasado, veja o caso dos EUA onde não existe esse aparato estatal de justiça trabalhista, os sindicatos fazem acordos e vira lei, não tem nada de salário mínimo outro atraso dos brasileiros, lá se paga por hora e no final de semana recebe os honorários. Quer se aposentar pague previdência privada, quer ganhar dinheiro invista em ações.

Aqui qualquer salário acima de 2.000,00 paga imposto de renda isso é o maior absurdo, nos EUA somente salários acima de 19 mil dólares anuais para casados isso equivale a um salário de 1583 dólares mensais (aqui seria de 4.986,45 com câmbio a 3,15). Aqui o limite de isenção é de R$ 28.123,91 enquanto lá é de R$ 59.850,00, aqui há uma bitributação sobre bens de consumo (ICMS, IPI, ISSN e segue uma lista), trabalhamos 5 meses para pagar impostos e, manter esse aparato da justiça do trabalho.

Erson Leal Ramos disse...

Justiça do Trabalho e sua "mãe" CLT s]ao excrescências do Estado Novo de Getúlio Vargas de viés fascista. Manter estas imbecilidades em plena segunda década do Século XXI é relegar o país a uma eterna republiqueta de bananas. Há de se manter direitos mínimos do trabalhador e o resto que fique a mercê do mercado já que de "bobinhos" os empregados celetistas não tem nada. Esta legislação anacrônica ao lado desta justiça vesga e ideologizada premiam os imprestáveis das relações laborais sejam eles empregados ou empregadores.