Eis a Lista da Odebrecht: os políticos e seus respectivos cargos e partidos

Saiba quem são os cerca de 300 nomes mencionados nos documentos apreendidos pela Polícia Federal durante a 23ª fase da Operação Lava Jato. A lista é de 28 de março, mas diante da iminência da divulgação da delação premiada da Odebrecht, ela voltou a rolar pelas redes sociais.

NOMES CITADOS  -  PARTIDO  -  UF - CARGO
Antônio Carlos Magalhães Neto DEM   BA    Prefeito de Salvador
Carlo Caiado, o Caiadinho    DEM   RJ    Vereador do Rio de Janeiro (RJ)
César Maia  DEM   RJ    Vereador do Rio de Janeiro
Demóstenes Torres DEM   GO    Ex-senador
Jefferson Morais  DEM   AL    Ex-candidato a deputado estadual
João Alves  DEM   SE    Prefeito de Aracaju (SE)

CLIQUE AQUI para conhecer todos os nomes.

A lista não significa que todos receberam propinas, mas representa o total de doações feitas pela Odebrecht.

As explicações de cada político foram prestadas ao blog Congresso em Foco e podem ser lidas AQUI. 

8 comentários:

Anônimo disse...

Meu sonho é que estas pessoas pudessem ser inelegíveis.
Seria uma GRANDE LIMPA, UMA GRANDE SELEÇÃO.
Aí eu acredito que o Brasil poderia melhorar

Emmanuel disse...

Pela lista, percebe-se claramente que a Odecrecht não é uma empreiteira, construtora, ou seja lá o nome que se dá; na verdade, a Odebrecht é apenas um arranjo para emitir notas e tirar o dinheiro do caixa ... nada mais do que isso.
É bem por isso que continuo a defender a criminalização da pessoa jurídica.
Nada melhor do que, como bom exemplo, liquidar todo o patrimônio da empresa, alienar todos os seus bens, liquidar todo o ativo e perdoar toda e qualquer dívida de que seja titular.
É preciso que os bandidos entendam que acabou o tempo das vigarices! O Brasil e os brasileiros precisam de liberdade, e o fim das sanguessugas.

Anônimo disse...

OU SEJA, LULA ESTÁ LIMPO!!! LULA 2018!!! O ÚNICO HONESTO!!! IMBATÍVEL!!!

Anônimo disse...

Licitações aprovadas, doações feitas. Ou seja mesmo legal é imoral.

Fagundes disse...

http://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2016/11/noticias/regiao/2034839-ministerio-da-justica-aprova-r-250-mil-para-videomonitoramento-na-cidade.html

Novo Hamburgo já havia recebido verba para isso anteriormente.

Anônimo disse...

VEJA DETONA TUCANOS E O NÚCLEO DURO DE TEMER

Revista Veja que chega às bancas neste final de semana parte para cima do presidente Michel Temer e do núcleo duro; a capa intitulada "Era Uma Vez Três Ministros" repercute a demissão de Geddel Vieira Lima e diz que a delação da Odebrecht pode derrubar os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco; mas a Veja não para por aí: no alto da capa, duas chamadas envolvem tucanos - uma sobre José Serra e outra sobre Geraldo Alckmin, intituladas "Chegou Neles"; "Como a Odebrecht operava a propina de Serra na Suiça", em referência ao chanceler José Serra" e "O santo nas planilhas da empreiteira é ele mesmo: Alckmin", sobre o governador de SP.

25 DE NOVEMBRO DE 2016

247 - Revista Veja que chega às bancas neste final de semana parte para cima do presidente Michel Temer e do núcleo duro. A capa intitulada "Era Uma Vez Três Ministros" repercute a demissão de Geddel Vieira Lima e diz que a delação da Odebrecht pode derrubar os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. Mas a Veja não para por aí. No alto da capa, duas chamadas envolvem tucanos - uma sobre José Serra e outra sobre Geraldo Alckmin, intituladas "Chegou Neles".

"Como a Odebrecht operava a propina de Serra na Suiça", em referência ao chanceler José Serra" e "O santo nas planilhas da empreiteira é ele mesmo: Alckmin", sobre o governador de São Paulo.

No site da publicação, o texto abaixo dá sinais do que trata a matéria principal:

"A queda do ministro Geddel Vieira Lima foi a quinta de um titular da Esplanada de Michel Temer em seis meses de mandato — uma média de uma a cada quarenta dias. Mas a demissão de Geddel, que usou todo o peso de seu cargo para tentar liberar a construção de um prédio no qual tinha comprado um apartamento, está longe de representar o fim dos problemas do governo. A delação da Odebrecht e denúncias de tráfico de influência prometem novas turbulências para o governo Temer, como mostra a reportagem de capa de VEJA desta semana".


HOJE REALMENTE foi um Black Friday para os coxinhas, só noticias ruins, 9 delatores negam a participação do Lula no esquema da Petrobras, e para encerrar a noite a capa da Veja!

Anônimo disse...

Tem muito bagrinho na lista geral. Onde que estes Zê Ruela poderiam inteferir para benificiar a Odebrecht? Esta lista é um despiste.

ALMANAKUT BRASIL disse...

Não vão pagar aqui?

Então, Fidel já foi preparar as vossas acomodações!