Só a alienação e a burrice ideológica impediu-nos de ser Charlie no domingo

Alguns, como Tarso Genro, fizeram críticas oblíquas, outros, como Maria do Rosário e Manuela D'Ávila e Luciana Genro, calaram. Ao lado,montagem que rola na Web, mostrando o que muitos cidadãos acham que a troika comunistas gaúcha pode estar pensando. 



Na sua coluna de hoje na Folha de S. Paulo, o jornalista Clóvis Rossi reclama da alienação política brasileira – da presidente para baixo – que não moveu um dedo para ir às ruas em favor das liberdades pública e privada no caso do atentado de Paris. A reclamação de Rossi, geralmente alinhado com aquilo que se chama de esquerda no Brasil, é um tapa de luva na cara de gente como Tarso Genro, Túlio Milman e Moisés Mendes, para ficar nos exemplares mais conhecidos. A seguir, trechos editados e no link o texto completo:

Afinal, quem tem um dedo de visão diplomática sabe que "as grandes manifestações nas ruas legitimam uma luta redobrada contra um terrorismo reduzido à delinquência, e não portador de valores políticos e religiosos", como escreveu Joaquín Prieto em sua coluna para "El País".
Mas a crítica não pode se limitar ao andar de cima. A rua também se omitiu. Não vale dizer que a França é longe. Hoje em dia, nem a China, do outro lado do mundo, é tão distante.
Buenos Aires é ainda mais distante de Paris, o que não impediu cerca de mil pessoas, segundo o jornal "Clarín", de se manifestarem domingo diante da embaixada francesa.
Já na avenida Paulista, na sexta-feira, dia em que também houve manifestações na Europa toda, ninguém se lembrou de parar um minuto o protesto contra o aumento dos transportes para repudiar o terrorismo.

Tudo o que diz respeito à vida humana deveria interessar aos brasileiros. Mas parece que estamos fora do Universo.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

OFERTA ESPECIAL PARA SUA EMPRESA:
SERVIDOR DE REDE HP PROLIANT ML310E-G8
INTEL XEON 4 CORE E3-1220 | 8 GB ECC | 02 X HD 1 TB | RAID | TORRE
DE R$ 3.755,00 POR R$ 3.379,00
CLIQUE AQUI PARA VER DETALHES E MAIS OFERTAS
GETMAX HARDWARE E SOFTWARE CORPORATIVO

25 comentários:

Anônimo disse...

Vc é leitor de Charlie? Garanto que a maioria dos brazucas que diz que é Charlie, nunca leu e nem sabia quem era Charlie.

Anônimo disse...

eu como nunca li e nem saboia que existia não posso afirmar que sou o que não sou.

Anônimo disse...


Eu sou a favor da liberdade de imprensa, mesmo que seja chapa branca e comprometida com ideologias totalitárias, pois podemos estabelecer o contraditório. Sou contra a regulação da mídia, instrumento a serviço do totalitarismo bolivariano.

Anônimo disse...

Putz... os anônimos das 12h13 e 12h14 parecem-se com petralhas.
Gente... seguinte: não precisa ler o Charlie Hebdo para ser contra ou à favor dele. O mote é a liberdade de imprensa, caras!
Lembrem-se de Voltaire (por sua biógrafa, Evelyn Hall): "Não concordo em nada com o que dizes, mas lutarei até a morte pelo direito de dize-lo!"
Não importa o que os cartunistas disseram, mas sim, o direito de dize-lo, coisa que um bando de amebas e canalhas pretendem impedir no Brasil... a começar pela ameba maior e governAnta "destepaíz".
Geraldo K G

Anônimo disse...

uau, se o Rossi anda reclamando da esquerda jurássica é o porque a coisa esta realmente feia para o lado da petezada e seu rebanho...

Anônimo disse...

individuo das 12:13

ha inume-as coisas no mundo de que não se sabe...

o chato é ficar sabendo e ficar na pasmaceira de sempre...

Anônimo disse...

Que fascinação vocês têm pela Maria do Rosário... Deve ser algo freudiano... Tipo paixão recolhida...
Don Sandeman

Anônimo disse...

A charge diz tudo.

Anônimo disse...

Esquerdalha porca. Aposto que colocariam em seus facebooks "Je Suis Marciano" se estes estivessem invadindo os Estados Unidos ou a Europa.

Anônimo disse...

Depois de tudo o que foi divulgado, se vc não sabe o que é, só pode ser eleitor da DilmANTA

Anônimo disse...

Enquanto isso, na Nigéria... 2 mil pessoas de um vilarejo foram assassinadas também por extremistas, e ninguém "foi elas". Triste mundo. Mas que ao menos alguma reação se espalhe.

Anônimo disse...

o mote é a liberdade de imprensa mas desde que ela não seja petralha,pq se for,dai não vale lutar ate a morte pelo direito de dize-lo.
se Charlie fosse petralha eu queria ver como seria o discurso e argumentos do Geraldo K G B

Anônimo disse...

Quanta ignorancia numa frase. Tem idiota quem nem imagina quem e' Maome. Nao sabem o que e' LIBERDADE DE EXPRESSAO e votam sem imaginar que a Democracia sem alternancia no Poder nao e' Democracia. Ninguem merece.

Anônimo disse...

preparem bons advogados...

Anônimo disse...

Este Geraldo K G B ve o fantasma dos petralhas em tudo que ele discorda.Cada a liberdade de expressão que tu estas querendo pregar cara-pálida?liçao de moral de cuecas,rei nu.

Anônimo disse...

MARIA CHORONA,É OUTRA HIPÓCRITA...PEGUEI NOJO DE TUDO QUE É PETISTA

Anônimo disse...

Anônimo das 14:11 acho que todos amam a Maria do Rosário só que não são correspondidos,pois ela ama o Jair Bolsonaro.

Anônimo disse...

A Grande preocupação dos incompetentes lá de Brasilia, é a ocupação de 22.000 cc's que precisam ser loteados entre os partidos políticos.
é preciso empregar e pagar salários para 22.000 novos vagabundos.

Anônimo disse...

O Brasil não foi para as ruas devido ao analfabetismo político.A maioria não sabe onde fica a França!

Analfabeto funcional disse...

charges e manifestações são defendidas à luz da liberdade de expressão. Contra os judeus, viram demonstração de antissemitismo.

Anônimo disse...

Anônimo das 14:11

Tenho tanta paixão por ela que acho que até a estupraria, mesmo ela não merecendo.

Anônimo disse...

Quem tem de se pronunciar contra estas barbáries e o propio Islamismo do mundo todo inclusive do Brasil que ficam calados vendo estas atrocidades acontecerem dia apos dia.E mais todos sabem que o terror e patrocinado pelos príncipes do Petróleo que vivem no luxo e a população na mais completa miséria na mão de fundamentalistas bancados pelo petrodólares.O terror tem de ser eliminado e é pela força que se combate.

Manoel Francisco Gomes disse...

Não tem a menor importância se as pessoas aqui no Brasil nunca leram Charlie ou nem sabiam que existia, como reclama um sujeito que só pode ser um delinquente moral, como são todos os que tentam arranjar justificativas para as ações dos terroristas islâmicos em Paris.

Anônimo disse...

A charge espelha bem a que ponto chegou a "chinelagem"!

Anônimo disse...

cuidado com este Manoel Francisco, hai de quem pensar diferente dele,vai pro paredão como delinquente, ele defende a liberdade de pensamento e expressão,desde que sejam as mesmas dele.congruente ele.