Produção industrial cai no RS e setor estima mais demissões

A produção industrial do Rio Grande do Sul fechou novembro em queda com relação ao mês anterior, informou nesta segunda-feira, a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs). De acordo com a sondagem feita pela entidade, a atividade do setor somou 45,4 pontos numa escala que vai de 0 a 100. Em outubro, o resultado havia sido de 51,2.

. O levantamento mostrou que a variável que mede o emprego teve queda de 2,9 pontos, terminando novembro com 43,7 pontos. Segundo a Fiergs, 31,1% das empresas reportaram retração no número de empregados. "A indústria chega ao final do ano com a atividade em baixa e perspectivas cada vez mais desalentadoras. Diante disso, as expectativas dos empresários continuam se deteriorando, indicando que esse quadro tende a se manter, o que deprime os investimentos e o mercado de trabalho", afirmou o presidente da entidade, Heitor José Müller.

. A fragilidade do setor também ficou evidenciada nos estoques de produtos finais excessivamente acima do planejado em 32,9% das indústrias pesquisadas e na ociosidade da utilização da capacidade instalada em 40% das linhas de produção.

2 comentários:

Anônimo disse...

Triste Rio Grande do Sul, triste Brasil! Os petralhas estão destruindo este país, os empresários não estão mais afim de fazer investimentos, ninguém mais vende, ninguém mais compra, perderam totalmente a confiança na economia e neste governo ladrão! Venezuela é nóis daqui a pouco tempo!

fred oliveira disse...

resultado da ação da dupla Dilma Lula. Impressionante como os cidadãos parecem não perceber o estelionato eleitoral. E se percebe, não se posiciona. Que governo ruim...