Danilo Ucha revela que cargas argentinas começam a sair pelo Tecom de Rio Grande

Na sua página de hoje do Jornal do Comércio, o jornalista Danilo Ucha faz uma revelação bastante desconhecida em todo o Brasil, relacionada com o volume de transbordo no Tecon Rio Grande, que  aumentou 275% em março deste ano, em relação ao mesmo período do ano anterior.

. O aumento é espetacular, mas as razões são ainda mais espetaculares, porque revelam uma mudança de mão surpreendente. Leia a nota:

Esse forte incremento se deu em função de cargas oriundas da Argentina, que chegaram ao terminal em embarcações menores, em fevereiro, e estão sendo transferidas para grandes navios, com destino a países da Europa e Extremo Oriente. As cargas, contendo frutas, totalizam 8 mil contêineres, que serão transbordados até  maio. Destes, mais de 2,5 mil já passaram pelo Tecon Rio Grande. Para dar suporte a essa demanda, o terminal ampliou sua estrutura para armazenamento de carga refrigerada. Os investimentos compreendem o aluguel de 14 geradores — olha o medo dos cortes de energia — e a adequação da área, no pátio do terminal, para receber este volume. O Tecon Rio Grande, que tem hoje um sistema com 2 mil tomadas elétricas, aumentou sua capacidade em mais 800 pontos, com monitoramento 24 horas por dia, garantindo as condições de temperatura ideais, qualidade, agilidade e segurança permanentes das cargas. 

. O jornalista Danilo Ucha também revela outra informação surpreendente:

- Este tipo de carga, os portos do Sul poderão perder, futuramente, se o Brasil financiar a construção de um porto em Rocha, no Uruguai.

2 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

O Danilo lembrou muito bem este devaneio esquerdista governamental.

Financiar porto no Uruguay para quebrar o TECON?? Só um PT para ter esta ideia!!

JulioK

Anônimo disse...

para o tecon essas cargas e otimo pois os portos de montevideo e de buenos aires nao recebem navios com grande calado , com relaçao ao porto de rocha a populacao da regiao e completamente contra qualquer ampliacao ou construçao de um porto no distrito de rocha ( estado ) o porto existente em la paloma e pequeno e sua ampliacao mexeria na paisagem da regiao , tem um projeto de mineraçao nos campos onde se cria gado e um porto maritimo que pelo projeto ficaria um pouca adiante de punta del diblo em uma praia que nao tem nenhuma infraestrutura e completamenta virgem com relaçao a algum tipo de construçao a populacao e completamente contra qualquer impreendimento que destrua a natureza da regiao que por sinal e lindissima