Assembléia do RS reúne especialistas para discutir precatórios. Evento serviu para homenagear jornalistas, inclusive o editor desta página.

Os governos – federal, estaduais e municipais – devem R$ 100 bilhões em precatórios (dívidas com sentença judicial reconhecendo-as como líquidas, certas e para imediato pagamento).

. Apenas São Paulo deve R$ 50 bilhões.

. No RS, são R$ 18 bilhões.

. Governos caloteiros não pagam o que devem, tentam ir quitando os valores a conta-gotas e sem prazo, contrariando o que dispõe a Constituição e afrontando as decisões do Poder Judiciário.

. O assunto é o tema do II Seminário Estadual dos Precatoristas, reunido desde a manhã desta segunda-feira no Plenarinho da Assembléia, com a presença de especialistas, precatoristas e representantes do Judiciário e do Ministério Público. A iniciativa é da Assembléia. A proposição é do deputado Frederico Antunes.

. O editor foi homenageado como um dos jornalistas que mais defendem os credores e por isto foi homenageado pela Assembléia do RS. Veja e ouça o comentário abaixo para saber mais sobre o assunto.

7 comentários:

Anônimo disse...

para de reclamar do frio, homi!

aproveita esse tempinho pra fazer coisas boas, como poder andar bem vestido, tomar um cafezinho, um chocolate quente...

inferno eh esse calorão que anda fazendo aqui pelas zoropa...

nao vejo a hora do outono dar as caras logo...

Anônimo disse...

Parabéns, Políbio, não só pela homenagem, mas por seres uma das vozes mais corajosas e atuantes do jornalismo gaúcho.

bia disse...

parabens polibio es merecedor ..

Anônimo disse...

Grande Polibio!

DDD

Nádia disse...

Parabéns, Políbio.

Entendo que consideres, melhor seria não haver essa situação, mais do que receberes a homenagem.

Mas, já que existe, que bom que trabalhas em prol do direito dessas pessoas, ainda mais, num momento em que um populismo pata forte leva a fazer parecer que esse não é um tema relevante..




Anônimo disse...

Parabéns. Tu não és apenas lido; mas, MUITO BEM LIDO!

Anônimo disse...

Oi Políbio.

Parabéns.Uma justa e merecida homenagem.Estar a conclamar justiça àqueles que estão já no outono de suas esperanças, é derramar energia, fé,em que algum dia a justiça,se faça e nossa CONSTITUIÇAO SEJA RESPEITADA.Então se possa falar, finalmente, em democracia.