Valor do novo mínimo, que entra em vigor hoje, é 9% mais alto que o anterior, mas ainda longe do ideal, segundo cálculos do Dieese

O salário mínimo recebeu uma alta de 9% em relação ao valor de 2012 e passará para 678 reais a partir de hoje, dia 1º de janeiro de 2013. O valor foi anunciado no último dia 24 de dezembro pela Presidência da República e é um pouco maior do que o previsto anteriormente no relatório final do Orçamento, de 674,96 reais. O valor anterior, vigente durante 2012, era de 622 reais. Apesar do montante previsto para este ano apresentar alta, ainda está longe do ideal, segundo o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos( Dieese). De acordo com cálculos divulgados pelo departamento no início de dezembro, o valor deveria ser de 2.514,09 reais para cobrir as necessidades básicas. Esse salário mínimo teórico foi calculado com base nos preços da cesta básica durante o mês de novembro de 2012.

3 comentários:

Biriva do Cerro do Tigre disse...

E a dita correção do IMPOSTO DE RENDA nada!!!!

Será que não tem deputado Federal ou Senador que proponha amarrar essas correções anuais do salário mínimo com reajuste do I.R.

Estamos perdendo o poder de compra há anos e não há um reajuste da tabela do I.R. Hoje um trabalhador que recebe 3 salário mínimos paga imposto de renda, isto é espoliação e jamais será renda.

O pior é aposentado do INSS ter salário com desconto de imposto de renda, isto mostra a bosta de país que vivemos.

Luiz disse...

Não dá nem pra imaginar que quando os hiperinteligentes do PSDB/DEM entregaram o poder ao PT o salário mínimo não valia nem 100 dólares

Anônimo disse...

Estamos caminhando na busca da igualdade. Igualdade na pobreza.