Índice de Confiança do Comércio recuou em março. Consumidores estão reticentes.


O indicador de confiança do comércio, divulgado há pouco pela FGV, apresentou resultado semelhante ao de outras sondagens divulgadas anteriormente. 

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) recuou 3,2 pontos em março, para 96,8 pontos, voltando a ficar abaixo do nível neutro, de 100 pontos. O movimento foi explicado pela queda de 4,2 pontos do indicador de situação atual, que permaneceu abaixo do nível neutro, enquanto o componente de expectativas retraiu 2,2 pontos, mas ainda acima dos 100 pontos.

Por fim, ainda segundo a FGV, as leituras recentes dos indicadores de confiança do comércio sugerem um cenário de recuperação lenta do setor, influenciado pela incerteza e pela menor confiança dos consumidores.

2 comentários:

Anônimo disse...

Efeito Bolsonaro!!!

Anônimo disse...

Desempregados!