Câmara estradula e aprova pacote de bondade para os Partidos


A Câmara faz farra com dinheiro público e está cada dia mais fisiológica.

Ao lado, gráfico do site Poder360, mostrando quem são os principais donos dos Partidos.

O plenário da Câmara aprovou nessa 4ª feira o  projeto de lei que diminui penalidades por infrações na legislação eleitoral e dá autonomia para que partidos políticos definam mandato de dirigentes.

De autoria do deputado Elmar Nascimento (DEM-BA) e relatada por Paulinho da Força (SD-SP), a proposta altera as prestações de contas e multas, isentando os dirigentes dos partidos de responderem por atos ilícitos cometidos por outros participantes desse mesmo partido. O projeto também permite que cada sigla passe a definir o prazo de mandato dos membros.

Com isso, fica ainda mais facilitada a eternização de dirigentes no comando das siglas. Atualmente, com reeleições infinitas, já há quem comande a sua legenda por mais de três décadas.

CLIQUE AQUI para ler o que foi aprovado.

7 comentários:

Anônimo disse...

Essa é a nova política?

Anônimo disse...

Vergonhoso! Mas foi aprovado!

Anônimo disse...

VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA!

Anônimo disse...

Essa dita Câmara caiu do céu?
Por QUEM a Câmara foi eleita?

Anônimo disse...

Com o Fundo Partidário a tendência e chegar em 17 mil Partidos como existiam Sindicatos por causa do Imposto Sindical.

Anônimo disse...



Estes são os partidos democráticos do Brasil. Todos não passam de babacas mentirosos. Morte aos políticos.

Anônimo disse...

Sem vergonhas....