Banqueiro de Eike e Cabral é alvo de nova operação da Lava Jato no Rio

É a operação Hashtag.

A Polícia Federal está de novo nas ruas do Rio de Janeiro, desta vez tendo por alvo o banqueiro Eduardo Plass, do TAG Bank e sócio da corretora Opus Participações.

O banco de Plass foi usado por Eike Batista para pagar US$ 16,5 milhões em propina ao ex-governador Sérgio Cabral, preso em Bangu. Offshores de Plass garantiram a compra de joias pelo ex-governador, no valor de US$ 40 milhões.

Joalherias de luxo também são alvo da operação.

Nenhum comentário: