Correio do Povo insiste em atacar o governo Sartori e trabalhar na defesa das corporações públicas do RS

Em campanha francamente aberta contra o governo Sartori e na defesa do corporativismo do setor público,  o site do jornal Correio do Povo desta tarde, fez leitura enviesada do que disse o ministro Gilmar Mendes a respeito da liminar que mandou a Justiça do Trabalho tirar as mãos do caso da extinção das seis Fundações mantidas com dinheiro dos contribuintes do RS.

O que mancheteou o jornal da Igreja Universal:

- Gilmar desconversa sobre liminares que proíbgem demissões em Fundações.

Não foi nada disso.

O ministro do STF apenas usou de bom senso, avisando que o caso da extinção das seis Fundações não é o umbigo do mundo e que precisa inteirar-se das novas decisões da Justiça do Trabalho, da própria Justiça e do TCE:

- Precisamos ver se há descumprimentod a minha decisão.

Gilmar Mendes dirá se houve ou não houve no momento em que a PGE demandar no STF, o que a PGE já anunciou que fará.

35 comentários:

Anônimo disse...

o Correio do povo e rádio guaiba esta em guerra aberta para defender essas fundações, mal sabem eles que os jornalista da TVE ganham 70 X mais que eles, enquanto eles trabalham para cobrir estes fatos, os empregados da TVE estão coçando o saco e protestando a todo momento e ganhando polpudos salários para isso.

Anônimo disse...

Isso tem cara e nome : JUREMIR MACHADO , com vários amigos dele nestas fundações, ele esta comprando a briga, pois quer ver os amigos mamando e usando o Estado para se manterem bem e ideologizando o mundo.

Anônimo disse...

Não existe celetista estável depois de 1998, há entendimentos jurisdicionais pacíficos já sobre isso. O que os juízes do TRT querem fazer é colocar fogo cruzado nestes empregados, alimentando suas emoções para sitiar o TCE quarta-feira e tentar violentamente com bafo na nuca ganhar a garantia a mamada eterna. Se fosse o TCE fechada o plenário por motivo de segurança pública eminente.

Anônimo disse...

Não adianta, editor, a mídia bombachuda sempre estará ao lado funcionalismo corporativista, pois os veículos tem muito medo da reação dos sindicatos que gastam uma montanha de dinheiro em propaganda.

Por isso é que o RS é hoje essa coisa decadente e sem futuro: porque a mídia local se tornou irrelevante e parceira da esquerdalha sindical.

Ouçam as duas emissoras de maior audiência ( Gaúcha e Guaíba )ao meio-dia e ao final da tarde + noite: SÓ FUTEBOL !!!

Anônimo disse...

Larguei de mão o Correio o correio Há mais de 15 anos.
Era "guaibeiro" até uns 3 anos atras. Larguei, não dá pra aguentar.

Anônimo disse...

Assim que isso cair na mesa do STF, vai ser tudo derrubado, estas liminares estão sem fundamento legal, pois a interpretação estendida dos juízes não pode alcançar aqueles empregados públicos pós 1998. Há extensa referência sobre isso é só dar um google. O TRT desta maneira age contra o povo gaúcho e aumentando o sofrimento daqueles que perderam seu casulo protegido.

Anônimo disse...

o Sindicato Semapi paga pra veicular suas propagandas diárias e desta maneira o correio não quer perder sua fonte de receita, mesmo que isso seja péssimo para os gaúchos, pagando mais impostos para sustentar fundações sem cabimento, explicam mal as notícias, utilizam interpretações equivocadas da legislação e tentam colocar a opinião pública a favor destas nulidades. Só que o povo não quer saber dessas fundações mais, quer saber de saúde,segurança e educação.

Anônimo disse...

É vergonha essa atuação do correio do povo

Essas extinções estão atrasadas a uns 20 anos

todo mundo sabe que esse pessoal ganha salário altíssimos e não entrega nenhum serviço relevante. É hora de se cumprir a lei pela força da suprema corte.

Anônimo disse...

Até o ministro do supremo sendo pressionado pelo correio do povo.

Se gostam tanto das fundações obsoletas, por que o correio do povo e seus donos que aprovam estas publicações, não adotam e pagam o salário destes empregados públicos.

Anônimo disse...

Faz que nem eu.
Fui pra Bandeirantes.
Espetacular.

Anônimo disse...

Estabilidade é conferida apenas aos servidores públicos, entretanto, os empregados públicos somente podem ser exonerados mediante motivação, e cabe à justiça do trabalho aceitar ou não a motivação.

Anônimo disse...

Gilmar Mendes classifica divulgação de conversas com Aécio como "fofocagem":

23/10/2017 - Correio do Povo

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), classificou nesta segunda-feira como “fofocagem” e “assanhamento” a divulgação do relatório da Polícia Federal que apontou a realização de pelo menos 46 ligações entre ele e o senador Aécio Neves (PSDB/MG) por meio do WhatsApp entre 16 de março e 13 de maio deste ano.

Do total de chamadas, 22 foram completadas, uma delas em 25 de abril, dia em que o ministro suspendeu, a pedido da defesa do tucano, um depoimento que ele daria à PF. “Vamos reduzir isso ao plano em que realmente está. Isso é coisa de ‘fofocagem’ no plano das instituições. É um certo ‘assanhamento’, uma certa irresponsabilidade, só que feita não por ativistas, mas por gente que tem responsabilidade institucional: delegado, ministro, juiz. Isso não pode se fazer. É abuso de autoridade”, assinalou, durante rápida coletiva que concedeu no Palácio Piratini depois de almoçar com o governador José Ivo Sartori. O governador não participou da entrevista. (...)

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A "manchete" co Correio do Povo é essa: Gilmar Mendes classifica divulgação de conversas com Aécio como "fofocagem"

....apenas no meio da reportagem é escrito sobre a tal "desconversa sobre as liminares...."

Anônimo disse...

Aécio ligou para Gilmar Mendes mais de 40 vezes entre março e maio:
19/10/2017 - CBM

Um relatório da Polícia Federal sobre os itens apreendidos nas buscas contra o senador Aécio Neves mostra que o senador tucano ligou para o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, mais de 40 vezes entre março e maio deste ano. As ligações foram feitas pelo aplicativo WhatsApp e nem sempre foram completadas. Das mais de 40 chamadas, pelo menos 22 mostram um tempo de ligação. A PF lembra no relatório que Gilmar Mendes é o relator de quatro inquéritos que investigam o senador no Supremo. (...)



Anônimo disse...

Até que enfim um jornal comprometido com o país em vez de ser entreguista como os veículos da RBS afiliada Globo.

Anônimo disse...

Ainda bem que existem jornalistas sérios como Juremir!

Anônimo disse...

Ao contrário do editor que acha que só petistas roubam....

Alberto disse...

Anônimo das 17:35 = Jure'mala' não passa de um grande ESQUERDOPATA!

Anônimo disse...

Além disso, há sim vários empregados que ganharam estabilidade por via judicial e com coisa julgada. A situação do bolo de empregados públicos não é tão preto no branco como acontece nos manuais de direito. Cada caso é um caso, com todo um arcabouço histórico e jurídico.

Anônimo disse...

So não divulga que Itau ja esta com um pe no Banrisul, a maior empresa da regiso sul.

Anônimo disse...

Juremir o melhor jornalista do Brasil disparado.

Anônimo disse...

A gente critica muito o jornal Zero Bosta mas o Correio do Bisbo e o Jornal O Cul também são outras merdas infestados por esquerdopatas nas suas redações!

Anônimo disse...

Te decide Políbio! O problema é a RBS, o Correio ou o Sartori? Interesseiro

Ultra 8 disse...

ATÉ PARECE QUE ESTE CRIMINOSO,CHAMADO DE GOVERNADOR,TEM ALGUMA QUALIDADE SUPERIOR COMO ADMINISTRADOR DO ESTADO.

NINGUÉM PODE FALAR DO MAL QUE ESTE VERME FAZ AO ESTADO DO R.S.?..

CRIMINOSOS,TAMBÉM PODEM PERTENCER A QUALQUER PARTIDO POLÍTICO NESTE PAÍS.

Anônimo disse...

O que se pode esperar de um jornal que emprega este tal de Juremir? É merda com merda.

Anônimo disse...

É o jornal do Juremerda.

jorge.alves ribeiro disse...

Eu não ouço o Juremir nem a Taline, pois eles estão sempre afagando os PTralhas, entrevistando essas nulidades e batendo quando podem nos outros entrevistados.

Anônimo disse...

E só uma questão de tempo...tchau correio....

Anônimo disse...

Correio do Povo e a Rádio Guaíba transformaram-se na "assessoria de imprensa" do PSol, do PC do B e do PT (há jornalistas que tem o PT até eno nome - são tatuados), e agora fazem teoria da comunicação esquizofrênica -"transjornalismo"- onde não importa o "fato" mas o que eles querem que seja o fato, desde que seja amoldado aos delírios napoleônicos do Sr. Reitor (os outros são as "pupilas do senhor Reitor") elaborados na EHECCh (École des Hautes Études du Cerro Chato) de onde serão revistos com a "verdade verdadeira" todos os segmentos do pensamento humano (filosofia, história, economia, direito, sociologia, jornalismo, etc,etc.) Quem sabe de lá sairá o Frei Beto do Edir Macedo e a Teologia da Libertação da Igreja Universal. Usam o Rogério Mendelski como alibi da pseudo imparcialidade dos tais veículos.

Anônimo disse...

Tem uma penca de sindicatos que paga propaganda na Guaíba/Correio do Povo, onde está cheio de radialista/jornalista caviar. Só se escapa o Rogério Mendelski, mas troco de estação quando o esquerdento Juremir abre a boca. A Band AM 640 tá engolindo a audiência da Gaúcha e Guaíba, que se renderam às pautas do PT, Psol e PCdoB.

Anônimo disse...

Dá nojo e asco ler ou ouvir o que o Juremir escreve ou fala, sempre a favor das maracutaias dos esquerdistas e criticando as dos corruptos não esquerdistas, sempre pendendo para um lado e abominando o outro, sempre mostrando sua fúria ensaboada para quem derrubou a sua "querida e amada Dilma". Esses jornalecos aqui do RS não valem nada!!!

Anônimo disse...

Concordo

Anônimo disse...

Votou na Genro... Não quero o mundo dele aqui.

Anônimo disse...

Bem demonstrado

Anônimo disse...

No programa do Juremir, ao contrário do programa do faXista Diego Casagrande, "todos os lados são ouvidos".

Anônimo disse...

NASSIF DESMONTA ACUSAÇÃO DO CASO BNDES-CASINO

Jornalista Luis Nassif, do Jornal GGN, avalia que a acusação da Polícia Federal contra o governador Fernando Pimentel de ter beneficiado o grupo Casino, ao impedir que o BNDES financiasse a fusão entre o Pão de Açúcar não resiste à mínima análise mais detalhada; "Os fatos – na época, a mídia se vangloriou do feito de ter impedido a operação BNDES-Abílio Diniz. O maior responsável pelo fracasso da fusão foi a imprensa, mais especificamente as Organizações Globo, em editorial e através de seus colunistas. Mas a lógica midiática funciona assim: a mídia tem o mérito de ter impedido a fusão entre Pão de Açúcar-Carrefour, e Pimentel tem a culpa de ter impedido a fusão entre Pão de Açúcar e Carrefour", diz Nassif
24 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 14:56 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube