Abecip/FGV apontou queda dos preços de imóveis nos dez primeiros meses do ano

O índice geral do mercado imobiliário residencial (IGMI-R) apontou queda acumulada de 2,3% em termos nominais nos primeiros dez meses deste ano, em comparação ao mesmo período de 2015, conforme divulgado ontem pela Abecip em parceria com a FGV.  

O indicador, que foi apresentado ontem pela primeira vez, mede o preço médio do imóvel com base nos laudos de avaliação de imóveis financiados pelos bancos em todo o território nacional. Sua desagregação permite identificar recuo dos preços neste ano em sete das nove capitais do Brasil, com destaque negativo para o Rio de Janeiro (-3,7%) e Belo Horizonte (-3,5%). No lado positivo estão Goiânia (0,6%) e Fortaleza (1,6%). Além disso, em São Paulo, o índice recua 2,5% no ano. 

Os preços deverão manter a trajetória de queda nos próximos meses, retomando a estabilidade ao longo de 2017.

Um comentário:

Anônimo disse...

Aumento de 30% e depois queda de 2,5% ?

Antes colava, agora não cola mais.