Conheça o organograma da roubalheira petista nos empréstimos consignados.

Ao lado, o organograma da propina, tudo para roubar o dinheiro dos pobres servidores federais que tomavam empréstimos consignados. A obra saiu nos governos Lula e Dilma.

O blog Antagonista informou esta tarde que teve acesso exclusivo ao inquérito da Operação Custo Brasil, que prendeu o ex-ministro Paulo Bernardo, marido de Gleisi Hoffmann.

São várias as notas exclusivas publicadas.

Leia esta, que é a principal:

No relatório policial, a PF fez um organograma com base nas investigações. A estrelinha do PT aparece relacionada a PB e este ao advogado Guilherme Gonçalves, preso ontem ao desembarcar em voo de Portugal.

Carlos Gabas, o motoqueiro de Dilma, aparece vinculado à JD2 Consultoria, de Dércio Guedes de Souza, e os operadores Ana Lúcia e Josemir, e Valter Correia, ex-secretário de Fernando Haddad.
Diz o relatório:

"Como apontam os elementos de prova, os PARCEIROS da CONSIST no esquema relacionado ao ACT celebrado com o MPOG/ABBC-SINAPP eram intermediários de agentes políticos ou funcionários públicos que aluaram na aprovação e/ou manutenção do negócio."

"No decorrer do tempo, houve mudanças quanto aos PARCEIROS que atuavam junto à CONSIST, o que será melhor explicado cm tópico específico desta representação (LFNHA DO TEMPO). O quadro a seguir, porém, aponta de modo geral, independente da cronologia dos fatos, todos os "Parceiros CONSIST" (intermediários/lobistas) identificados ao menos 11 deles e a qual agente político/funcionário público cada um desses parceiros se vincula."

3 comentários:

Anônimo disse...

E os larápios ainda diziam que estavam cuidando dos trabalhadores. Calhordas.

Justiniano disse...

Flavio Tavares alega que o doleiro Youssef estava envolvido nesse caso, deve estar sofrendo de mal de alzheimer. Lendo a sua coluna para ver os seus disparates comunistas, esqueceu que toda essa roubalheira foi arquitetado dentro do governo do PT e não teve nenhuma participação do Youssef, mas da sua amiga Roussef com certeza.

Em nenhum momento a MPF colocou a participação desse doleiro nesse caso, que é um tremendo corrupto, mas colocando-o no seu artigo agiu de má fé incriminando, podendo ser processado por calunia e difamação.

Unknown disse...

good ...
you follow me , I'll following you
http://www.budakpaud.tk

here or here